A Terra vista do espaço, ao vivo

Uma das coisas mais bacanas que já vi serem feitas na Estação Espacial Internacional (ISS). Instalaram quatro câmeras HD comerciais no exterior do complexo orbital (acoplado ao módulo europeu Columbus), protegidas por um invólucro pressurizado com controle de temperatura. Elas ficam o tempo todo filmando a Terra e transmitindo as imagens de volta, ao vivo, para quem quiser ver.

Imagem captada pelo experimento HDEV e transmitida ao vivo pela internet
Imagem captada pelo experimento HDEV e transmitida ao vivo pela internet

Quanto tempo vai durar, ninguém sabe. Teremos de ver qual o tempo de funcionamento das câmeras no ambiente espacial — esse é, inclusive, um dos objetivos do projeto: guiar a escolha de câmeras comerciais que possam ter desempenho adequado no espaço para futuras missões. O sistema já está operando desde 30 de abril, sem problemas. A imagem transmitida ao vivo se alterna entre as quatro câmeras. Durante períodos de perda de sinal ou quando o experimento, chamado HDEV (High Definition Earth Viewing), não estiver ligado, uma tela cinza aparecerá na transmissão.

Confira aqui e veja se não é bacana. Lembrando sempre que a ISS completa uma volta em torno da Terra a cada 90 minutos, e metade desse tempo ela está do lado noturno, onde não vai dar pra ver nada lá embaixo. Ou melhor, aqui embaixo.

Acompanhe o Mensageiro Sideral no Facebook

Comentários

  1. Muito bom!
    Obviamente o foco das missões espaciais é a pesquisa científica, mas às vezes faz falta este tipo de iniciativa que dê um retorno mais “mundano” e inspirador para os verdadeiros financiadores: os contribuintes.

    Só senti falta de um mapa (na mesma página) que mostre sobre onde ela está passando.

  2. Nossa! É muito impressionante essas imagens! Fico parecendo uma criança de novo!
    Obrigado pelas informações Salvador!

    1. Eu vi. Saiu na Nature ontem. Ia blogar, mas me faltaram forças. Quem sabe até amanhã consigo. rs

    2. Legal mesmo, Eu! Li os dois artigos, confesso que fiquei um pouco assustado.
      Muita hora nessa calma! 🙂

  3. Olá Salvador, já escrevi aqui que sou totalmente cego e coisas como esta poderia não ter nenhum interesse. Porque afinal de contas ele é totalmente visual.
    Bom , “vi” sua postagem, achei interessante e chamei a minha filha. Ela tem 13 anos. Quando ela viu as imagens e expliquei do que se tratava, ela exclamou.
    ” Muito legal, é lindo. Nunca imaginei que isso fosse possível!”.
    Achei que você merecia saber o tipo de reação que seu trabalho pode causar em algumas pessoas. E claro o alcance que ele tem.
    Muito, muito bom!

  4. Não conseguí ver (ainda). No momento que acessei o link a contagem era de 23000 expectadores – não há sistema que aguente este tráfego. Vou tentar outro dia.
    Entretanto, fiquei boquiaberto com o “footage” feito pelo competente Leo Caldas – ví várias vezes.

    E aí Leo Caldas, parabéns, show de câmera!

    1. Já vi com mais de 26000 de boa. Se você se refere à tela cinza, ou à tela preta, saiba que são “normais”.

      A cinza aparece durante a troca de câmeras, ou queda no link da ISS com a Terra;
      A preta, quando a ISS está do lado escuro. Portanto, não dá pra ver nada.

      😉

  5. baixem um APP para android que se chama “ISS detector”, da pra ver em tempo real a localização da ISS e de mais diversos satélites. O app ainda manda um alerta de quando vai ficar visível a olho nu…..muito legal…

  6. Salvador, voce esta de parabéns meu amigo!
    Materia fantástica e uma ótima oportunidade para fazermos com que mais pessoas se interessam pela ciencia espacial.
    Nem sempre comento, mas entro toda semana no blog.
    abração..

  7. Divulgou o site para brasileiros e agora está cheio de gente escrevendo besteiras lá no espaço de live stream. Que gente mal educada !!!

  8. O COMETA JÁ DEU UM MONTE DE VOLTA EM TORNO DA TERRA E SÓ DEU PRA VER QUANDO PASSOU EM BRASÍLIA. MODE QUE OS QUADRILHEIROS TAVAM REUNIDOS.

  9. Salvador Nogueira, muito bom o seu trabalho de divulgar as novidades da ciência espacial, em uma linguagem mais acessível a todos os que se interessam pela matéria.

    valeu até a próxima.
    Nailson.

  10. Caraca, valeu por compartilhar Salvador.
    A ISS passou aqui quase agora onde eu moro , no começo da noite, deu pra vê-la perfeitamente aqui debaixo, agora, com este novo achado, vou ver dos dois modos.
    Apesar que, como já explicado por ti, quando estiver à noite aqui, ela não irá captar nada, mas, quando a passagem for pela manhã, deve dar pra ver belas imagens.
    Obrigado!

  11. Assim diz o Senhor: “O céu é o meu trono; e a terra, o estrado dos meus pés. Que espécie de casa vocês me edificarão? É este o meu lugar de descanso?” (Isaías 66:1)

      1. Ora ora, sempre que aparece algum religioso o trollateu “Eu” vomita seu ódio. Será que 100% de seus amigos e parentes são da raça ateia? Ou é só mais um da escória que se enconde atrás do teclado. Mostra a cara abutre.

          1. Carniça de crentelho é o que mais tem aqui. É cada um que fede mais do que o outro.

            Clique aqui embaixo pra ver minha cara:

            _/|\_

            Amém

          1. Pois é, né Guilherme? E ainda vêm cheios de razão criticar quem pensa contra eles. OPA! Não é esse o argumento que eles usam contra os ateus? Pimenta no cu dos outros é refresco, né crentalhada?

        1. Douglas, esse tipo de gente está no Blog mais para caçar religiosos do que participar do debate científico ou assunto relacionado. Este está sempre de “butuca”. Mas duvido, como vc disse bem, que na família dele ou na turma dele todos sejam “racionais” sem envolvimento com qualquer tipo de religião. A inclusão digital foi um BigBang para o surgimento destes.

          1. Quase isso, Luciano.

            Agora me diz, o que os crentelhos bibliostras vem fazer aqui num blog sobre ciências? Deveriam estar em sites sobre ficção e histórias fantasiosas, que é onde se encaixa a literatura “bíbrica”.

            E eu não tenho família, eu fui criado do barro com um peido divino, não é assim a historinha???

  12. Quando passa pelo Brasil dizem que aparece um monstro dentuço em Brasília…é verdade??? Alguém viu???

  13. Em espaço de tempo relativamente curto, algo entre 10 e 15 anos no máximo, o Google Earth ou Google Maps irá exibir imagens em alta resolução ao vivo ao invés das fotos algumas vezes de péssima qualidade que ainda são exibidas. Na prática essa tecnologia já existe, só que ainda é cara e se restringe a uso militar

    1. Skybolt, na verdade, transmitir imagens ao vivo é complicado se você quer escolher o lugar a observar. Porque os satélites que estão apontados o tempo todo pro mesmo lugar estão muito distantes (órbita geoestacionária, 36 mil km), e os que são bons espiões (órbitas baixas, até 1 mil km) passam rapidinho por cima dos lugares. É o caso dessas imagens da ISS aí. O aparente giro do planeta na verdade é ela girando muito depressa sobre ele. Então transmitir imagens ao vivo do mesmo lugar, com a resolução no estilo Google Earth, exigiria uma frota de satélites imensa, e ainda assim teríamos “cortes” e “mudanças de ângulo”, quando passássemos de um satélite ao outro. E com essa pergunta você respondeu a todos que já vieram aqui e perguntaram: “Como eles podem achar PREENCHA-AQUI-SEU-OBJETO-ESPACIAL-FAVORITO se não conseguem achar o avião da Malásia que caiu no mar?”

  14. MUITO BACANA A IDEIA DE FILAMAREM A NOSSA TERRA ,PENA QUE O NOSSO POVO ESTA MUITO VIOLENTO ,E QUERENDO DESTRUIR ESTA MARAVILHA ,SERIA MELHOE QUE TODOS ,QUE A MAIORIA ,NAÕ PARTISSEM PARA A VIOLENCIA ,E ABRISSEM OS BRAÇOS PARA A TERRA ,E VIVEREM EM PAZ ,SÓ EM FESTA ,E DIVISAÕ DE BENS COM TODOS,NADA DE GANACIA ,JÁ QUE UM DIA IREMOS DESTA TERRA PARTIRMOS ,SÓ DEIXANDO A CARNE E O OSSO,O ESPIRITO PRA DEUS .VAMOS VIVERMOS EM PAZ ,E RESPEITARMOS UNS AOS OUTROS ,COMO A TERRA NOS RESPEITA.UM ABRAÇO A TODOS DA TERRA .

  15. O QUE SERÁ QUE VAI DAR, SE UM DIA
    (SEI LÁ QUE DIA) NUM BLECAUTE UNIVERSAL
    O MUNDO INTEIRO ACORDAR?

  16. E não que já tem gente que viu a imagem do lado escuro e já saiu “trollando” o PT? Um tal de Luís Felipe Cavalcante. Porra, que completa falta de assunto!

      1. Não censurei ninguém, apenas estou dizendo que aquele espaço para comentários não é o mais adequado para manifestações políticas. Elas se tornam inúteis e irritantes lá, pois somente nós brasileiros entenderemos e seriam sumariamente excluídas em listas de discussões organizadas. É pura “trollagem” mal-educada.

  17. Não vi nada no site da iss. Acho que está naquele período do dark side…rsrsrs. Vou tentar novamente mais tarde. Parabéns aos vídeos do Leo Caldas. Vi alguns.

  18. Salvador, você conhece o Orbitron (http://www.stoff.pl/)? Programinha bacana que permite rastrear a ISS, acho que é um bom complemento pra sabermos quando as câmeras estarão disponíveis para visualização.

      1. Salvador, mas é muito legal essas passagens.
        Meu projeto agora é registrar o Hubble, mas o danado é arisco…abs 🙂

    1. Fico bao memo Leo. Uma coisa q oce pode di faze q um cumpade meu feiz aqui no sitio, eh coloca seu telecopi numa montage equatorial e sincroniza ca velocidade de passage da istacao. Si oce tive numa localisazao di baxa puluicao visuar eh melhor. Ce utiliza uma isposicao bem rapida 1/800 por alguns sigundos e dispois istakeia as image com um pograminha. Fica muito bao tambem. Oce consegui di ate ve us detali da istacao.

    2. Leo parabéns pelas imagens! As placas fotovoltaicas estavam bem visíveis. Apesar de noites até limpas, não consegui ver a entrada dos “farelos do Harley”.

Comments are closed.