Kepler coleciona gêmeas solares

Salvador Nogueira

Um grupo internacional de astrônomos liderado por um brasileiro usou os dados do telescópio espacial Kepler para identificar, numa tacada só, nada menos que 22 possíveis estrelas gêmeas do Sol.

Cientistas buscam estrelas gêmeas do Sol para compreender como se formam planetas como a Terra.
Cientistas buscam estrelas gêmeas do Sol para compreender como se formam planetas como a Terra.

Na real, esse é o único jeito seguro de estudar o passado, o presente e o futuro da nossa própria estrela-mãe. De quebra, pode ajudar a explicar como se formam sistemas planetários com uma arquitetura parecida com a do nosso, com planetas rochosos nas órbitas mais internas e gigantes gasosos nas mais externas.

A essa altura, já temos uma boa noção teórica de como um astro como o Sol evolui, mas a única maneira de confirmar por observações essas expectativas é estudar estrelas essencialmente iguais, só que em épocas diferentes de suas vidas.

Daí a motivação para caçar gêmeas solares. E encontrá-las é mais difícil do que parece. Embora saibamos que estrelas de tipo G, anãs amarelas, como o Sol sejam relativamente comuns (cerca de 8% de todas as estrelas na galáxia são desse tipo), é preciso mais para ser uma gêmea solar. A massa tem de ser a mesma do Sol, com uma flutuação de apenas 5% para mais ou para menos. O período de rotação tem que ser de 14 dias ou mais (a do Sol é de 25 dias). E a análise da assinatura de luz da estrela, que permite identificar sua composição, também tem que ser igualzinha à solar.

LISTA SELETA
Com todas essas coincidências, o negócio fica bem mais difícil. E nada demonstra mais essa dificuldade toda que o pequeno número de astros já descobertos que podem ser classificados como gêmeas solares. “Dez ou doze, dependendo do critério”, afirma José Dias do Nascimento Júnior, pesquisador do Centro Harvard-Smithsonian para Astrofísica, nos EUA, e primeiro autor do novo trabalho.

José Dias do Nascimento Júnior faz apresentação sobre o satélite Kepler.
José Dias do Nascimento Júnior faz apresentação sobre o satélite Kepler.

Com a adição de 22 novos candidatos, a pesquisa representa um avanço considerável. O sucesso veio graças ao esquema de observação do Kepler, que passou quatro anos monitorando de forma ininterrupta cerca de 150 mil estrelas numa mesma região do céu, na constelação de Cisne.

Agora o astrônomo brasileiro e seus colegas trabalham para analisar um por um os espectros das estrelas candidatas e ver quais são de fato gêmeas.

ROTAÇÃO E IDADE
Um dos aspectos mais interessantes do trabalho, publicado hoje no periódico “Astrophysical Journal Letters”, é a consolidação de um método capaz de estimar a idade aproximada das diversas gêmeas solares. Chamado de girocronologia, ele parte do pressuposto de que estrelas similares ao Sol nascem com uma certa velocidade de rotação e vão lentamente freando ao longo de suas vidas.

Portanto, ao comparar a rotação de estrelas de mesmo porte, é possível estimar em que momento de suas vidas elas estão. O Sol, com rotação equatorial de 25 dias, tem cerca de 4,6 bilhões de anos. As 22 possíveis gêmeas têm rotação média de 21 dias, o que significa dizer que a idade média da amostra é um pouco menor que a solar. Mas, claro, individualmente, há aquelas que são mais velhas, outras que são bem mais novas e ainda as que têm virtualmente a mesma idade da nossa estrela-mãe.

Além de compreender a trajetória de vida do Sol, esses estudos podem iluminar uma questão central da astronomia moderna: há uma correlação entre a composição da estrela e a arquitetura de seu sistema planetário?

Há quem pense que sim. O astrônomo peruano Jorge Meléndez, da Universidade de São Paulo, trabalha no momento tentando demonstrar que a ausência de certos elementos no Sol tem correlação com a formação de planetas rochosos na chamada zona habitável do sistema, onde a temperatura é adequada para a manutenção de água em estado líquido na superfície.

A identificação de gêmeas solares ajuda a focar a busca por planetas em torno delas, de forma a confirmar ou refutar essa hipótese. Além disso, claro, astros que sejam similares ao Sol são alvos naturais para a busca por sinais de vida extraterrestre, que está na pauta dos astrônomos já para o fim desta década.

Acompanhe o Mensageiro Sideral no Facebook

Comentários

  1. Ora, se Deus criou os homens, nos deu a inteligência, a lei do progresso, a lei do amor, criou o universo com algum fim, me parece justo estudar e ir além do nosso graozinho de areia, chamada Terra. Isso é progresso, isso é Deus também.

  2. Parabéns prof. Nogueira pela divulgação dos estudos e descobertas científicas.
    E principalmente ainda por ter que suportar os “profetas” e “professores de Deus” que já tem todas as respostas sobre o universo. Mas vamos em frente. Pelo menos não estão queimando ninguém vivo em fogueiras.

  3. Caro Apolinário
    Segundo a Bíblia, quando questionado por Pilatos, sobre o seu reino, Jesus responde de forma clara e direta : Meu reino não é deste mundo! Não sendo deste mundo obviamente só pode ser de outro mundo e sendo de outro mundo podemos deduzir que Jesus é um ET. Portanto meu amigo os ETs visitam a nossa terrinha a milhares de anos.
    Caro Salvador
    Parabéns pelo seu trabalho esclarecedor.

  4. Não me surpreendo com o baixo nível de religiosidade existente nos comentários. Isso é coisa de quem foi abduzido pelo cientificismo pagão inconsequente. Para esses infiéis, relembro que a Bíblia continua sendo o Livro mais lido em toda a história da Humanidade. É o livro mais vendido de todos os tempos, com 6 bilhões de cópias. Já foi traduzido para milhares de idiomas e dialetos. Literalmente, moldou o mundo em que vivemos. Sem este livro, boa parte dos acontecimentos que marcaram nossa civilização nunca teriam ocorrido.

    Por fim, desejo aos que acreditam em ET’s com suas naves tripuladas pelo pensamento que tenham boa sorte nessa inglória jornada pelo inexistente. O máximo que vão achar serão algumas rochas, gases e talvez alguns míseros seres unicelulares. Jamais encontrarão um ser com capacidade de pensamento, pois essa dádiva ELE forneceu apenas aos homens, seus semelhantes. Fiquem com Deus.

    “Quem dera fossem sábios
    e entendessem;
    e compreendessem qual será o seu fim!”

    (Deuteronômio 32:29)

    1. Apolinário,

      Se você não for um Troll, e está realmente falando sério, desculpe…

      …mas você será “julgado” mais do que qualquer um aqui. Você está sendo uma BLASFÊMIA.

      Este local é um local de debate científico e não religioso. O que você está fazendo é tornando as pessoas mais irritadas com Deus do que já estão.

      Você e esta tralha de gente religiosa são os culpados e, baseado nas escrituras, vocês serão muito mais culpados porque “teoricamente” sabem mais.

      Cara, eu acredito em Deus, mas ficar tentando convencer as pessoas que Deus existe em debate científico é muito errado…

      Faça um blog e discuta as ideias religiosas em outro lugar, sacou?

    2. Puxa Salvador! Comparar a BÍBLIA com os escritos desse escriba de quinta categoria é algo que pode ser quase classificado como pecado! Três Pais-Nosso e Duas Ave-Marias para você se purificar depois de tamanho disparate!

      :'(

      1. Não comparei. Só demonstrei que o fato de ser mais lido não significa ser bom. 😉

  5. “A maravilhosa disposição e harmonia do universo só pode ter tido origem segundo o plano de um Ser que tudo sabe e tudo pode. Isto fica sendo a minha última e mais elevada descoberta.” Isaac Newton

    1. “Coincidência é a maneira que Deus encontrou para permanecer no anonimato.“ Albert Einstein

      1. “Deus está morto: mas, considerando o estado em que se encontra a espécie humana, talvez ainda por um milénio existirão grutas em que se mostrará a sua sombra.” – Friedrich Nietzsche

    2. “As leis da Natureza nada mais são que pensamentos matemáticos de Deus.”
      Johannes Kepler

    3. “Estou ciente de que as idéias de um filósofo não estão sujeitos ao julgamento de pessoas comuns, porque é o seu esforço de procurar a verdade em tudo, até o limite permitido para a razão humana por Deus.”
      Nicolau Copérnico

    4. Eu também quero participar deste debates de frases feitas…

      Lembrei de uma piada…

      No avião, sentados lado a lado, um brasileiro e um inglês, num vôo que já durava horas…
      O brasileiro, sonolento, volta e meia deitava a cabeça no ombro do inglês, que o empurrava pro lado…
      Até que o inglês, com sua impacividade britânica, diz ao brasileiro:

      “O sono é o prelúdio da morte” – Willian Shakespeare

      O brasileiro, babando, responde:

      “Foda-se” – Nelson Rodrigues

  6. Salvador Nogueira!

    Sou um apaixonado pela ciência, especilamente atronomia e astrofísica. Ainda sou leigo, apenas um leitor curioso rs. Poderia me indicar um livro sobre astronomia para não especilista na área (para iniciantes)?

    abraço, e quem ainda mais noticias como estas.

    1. Alisson, o “Cosmos”, do Carl Sagan, é excelente. Meu “Rumo ao infinito” também é um começo bacana, modestamente falando. 😉

  7. Prezados senhores mediadores: Gostaria de solicitar, encarecidamente, que não pubiquem textos ligados à religião, pois não contribuem em nada com as matérias do “MENSAGEIRO SIDERAL”, servem somente para atrapalhar comentários que possam acrescentar alguma coisa à matéria.

    1. José, quem aprova os comentários sou eu. E dou plena liberdade de expressão aos religiosos, embora ache que seus comentários muitas vezes fogem ao escopo do tema.

      1. A sua intenção é nobre, Salvador, afinal de contas todo debate deve ser democrático sobre certas regras de civilidade e convívio, mas os religiosos mal intencionados e desonestos se aproveitam disto para confundir quem não tem informações suficientes para entender a ciência e seus métodos, cooptando indiretamente estas pessoas para as suas seitas. Nunca me esqueci de um comentarista religioso fanático do seu blog que afirmou literalmente que o aumento da inteligência do ser humano colabora para aumentar também a violência e as guerras e pregou afirmativamente que o ser humano deveria apenas estudar a Bíblia e rejeitar todo outro tipo de conhecimento para que a “paz” seja alcançada. Para provar que eles estão errados, cito dois exemplos: O Boko Haram é apenas uma variante de outra religião que prega a mesma coisa e sabemos o quanto violentos eles são. E lendo a história podemos saber o quanto houveram guerras religiosas entre aqueles que mal liam a Bíblia, mas matavam somente por divergências em sua interpretação, nas doutrinas e nos dogmas religiosos. Deste povo eu tenho medo, pois eles são inconsequentes e ignorantes e não deveriam poder se expressar tal como os nazistas não podem ficar por ai pregando sua ideologia.

        1. Geraldo, mas se não dermos a eles a chance de se expressar, estamos permitindo que os visitantes do blog sejam privados das contestações necessárias a esse tipo de postura. O discurso fanático eles vão acabar encontrando em outros lugares. Mas aqui podemos trazer um pouquinho de luz e, quem sabe, aclarar as ideias para quem possa ainda não compreender como a ciência procede e como seu valor é universal.

          1. Concordo,

            Qualquer tipo de censura parte do princípio que quem está censurando está mais próximo da verdade do que o censurado. E qualquer ideia que não resista a um debate deve ser revista. Eu já coloquei anteriormente aqui, que uma das coisas que percebi com o Mensageiro Sideral é justamente a força deste embate entre religião e ciências.
            Mas sou mais radical que o Salvador….não acho que esta religião defendida aqui vigorosamente por alguns, tenha qualquer fundamento. Isto não quer dizer que não possa existir uma inteligência superior (eu não acredito) que controle os destinos do universo e que se confunde com o Deus dos religiosos. Se este Deus existe é uma pergunta científica relevante.

  8. Gostei da matéria, acho interessante esses estudos. Na verdade, não vai mudar muito minha vida, mas acredito que tem que ter pessoas fazendo esses estudos. Só lamento é o quanto tem gente intolerante, primiero querem misturar relgigião com ciência, segundo, não respeitam ideias diferentes… Só penso que ciência tem seguir com seus estudos e Religião é FÉ, e FÉ não se precisa ver e nem provar, pois ou se acredita ou não.

  9. É por isto que a NASA está procurando vida inteligente fora de nosso planeta, é porque ela não consegue encontrar aqui.

    1. Colega, com todo o respeito, você precisa estudar um pouco mais a bíblia para entender a figura de Adão antes de falar qualquer coisa.

    2. A arqueologia prova o contrário. Fico com as provas materiais de civilizações antigas que comprovam a autenticidade da Bíblia do que com sua opinião baseada em suposições.
      Agora, o que seu comentário tem haver com a matéria?

  10. Diante de tanta besteira sou forçada a revelar: (tentem decifrar)
    ISTUK ARMOPH LEPRAME
    LEPRAMU PELATRO TUMUS ETIP OTIP MUNDIS

    1. Nossa, como você é sábia!!!! E generosa também, por descer ao nível dos meros mortais para nos brindar com sua sapiência e erudição! Parabéns! Desculpe qualquer coisa aí! Ah, as duas pessoas que eu mais gosto na vida: a primeira, é você. A segunda é quem você indicar, ok? E se você espirrar, saúde, viu?

  11. Aos senhores (somente) religiosos: Criem um espaço que discuta bíblia, torá, alcorão etc. etc. e deixem quem quer discutir ciência sossegado. Vão encher o saco do Edir Macedo e seus assemelhados.

    1. Sou teólogo, aficcionado por ciência e não vejo incoerência entre teologia e conhecimento científico. Pena que muitas pessoas desinformadas insistam em colocar os dois ramos do conhecimento humano em conflito.

      1. Teólogo é aquele que estuda as suas fantasias e tenta provar que existem. Cada teólogo é profundamente conhecedor de um conto de fadas diferente.

        Não há conciliação possível entre fé e Ciência.

        Fé é acreditar em estorinhas criadas pelos mais espertos para dominar e controlar suas ovelhas e naturalmente tosquiá-las e depois devorá-las ( ou ao dinheiro e ao voto delas).

        Ciência é a REALIDADE.

        1. É uma pena que você (que deve ter conhecimento muito limitado de teologia e de ciência), alguns teólogos (que tem discriminação contra a ciência por desconhecimento) e alguns cientistas (que tem discriminação contra a teologia por desconhecimento) estejam se privando da verdadeira reflexão. Qualquer pessoa que discrimina alguma área do conhecimento humano está perdendo a oportunidade de ser verdadeiramente humana. Afinal, quem conhece ciência de verdade sabe que o conhecimento científico não se arroga de ser dono da verdade, mas sim da dúvida, das hipóteses e das teorias.

          1. E além de tudo, você é arrogante, julgando o meu conhecimento e desprezando-o. A arrogância é o início da estupidez. Não aceito a tua argumentação. Ela, a argumentação, é muito infantil e falaciosa. Procure crescer e respeitar quem você não conhece.

            “Não julguem, para que vocês não sejam julgados.
            Pois da mesma forma que julgarem, vocês serão julgados; e a medida que usarem, também será usada para medir vocês.

            Mateus 7:1-2

            E aí, você que arrogou-se de meu juiz – e condenou-me como ignorante,- foi pego em flagrante, desobedecendo ao Mestre!! Queimará no inferno para sempre, com suas idéias falaciosas. Como é fácil inventar, acusar, propor-se de superior e nem sabe comportar-se como um verdadeiro Cristão.

            Diz que tem conhecimento e nem sabe praticar o menor gesto digno quando é confrontado. Apela para a desqualificação dos outros e inventa bobagens.

            A religião é FÉ. Entenda isto. Abra a sua mente estreita e cresça. Existem milhares de crenças diferentes e cada Fé arroga-se como a única verdade! Para cada crença uma verdade diferente e uma total rejeição aos outros.

            E confirmo e repito cada palavra que escrevi no meu comentário anterior, que aliás, você nem leu ou então não teve inteligência para entender.

  12. Todas as ponderações são viáveis, mas, ainda, vamos continuar repetindo, por longa data, de que há mais mistério entre o ceu e terra, do que sonha nossa vã filosofia!
    Willian Shakespeare ?

  13. A instrução biblica atual, não é a que diz” e formou o Senhor Deus o homem do pó da terra e soprou nas suas narinas, tornado-o um ser vivente” essa orientação confirma o homem com um ser em vida terrestre!
    A grande verdade está na afirmação de Cristo aos seus discipulos “na casa de meu pai há muitas moradas, vou prepará-los lugar” está afirmação é a prova da existencia de vida em outros planetas, dentro da compsiçao organica de cada planeta. não fiquem presos a afirmações antigas e não entende-las em seu propósito.

  14. É inacreditável, ainda hoje, existirem pessoas que acreditam ser a nossa velha terra o único planeta que habita vida inteligente. Chega às raias da ignorância.
    São pessoas como esta que reforça a ideia de que , seremos vida inteligente mesmo?

    1. Acho engraçado como as pessoas afirmam com tanta certeza que existe vida inteligente fora da terra sendo que até hoje não encontramos nenhuma evidencia disso. Claro que deve haver vida inteligente em algum canto do universo, mas provavelmente jamais entraremos em contato com eles. Além, o modelo evolutivo ao qual temos acesso (o nosso próprio planeta) nos aponta numa direção de que a vida é a exceção da exceção, e não a regra. Vejamos:
      – vivemos numa galaxia com bilhões de estrelas, mas quantas estrelas com planetas dito habitáveis encontramos?
      – olhemos o Sol. tem apenas 8 (ou 9 ) planetas dos quais apenas 1 tem condições de abrigar a vida.
      – Na terra, quantas espécies de seres vivos existem? Aqui um ponto importante. Ter vida é uma coisa, e mesmo assim (até onde sabemos) é raro no nosso canto do universo. Outra coisa é vida inteligente… Por isso a pergunta/afirmação… entre tantas especieis, apenas uma é inteligente. E mesmo assim, fomos na soleira da porta de casa (a lua) e não voltamos mais. Enviamos sinais de rádio e satéliema Solar perdem (para nós) após sair do sistema Solar… Enfim…….

      Meu ponto é que a vida não é a regra. Vida inteligente então menos ainda. Pelo tamanho do universo, uma viagem (ou mesmo a comunicação por rádio) que torne possível que nos comuniquemos com seres extraterrestres inteligentes (por que achar vida, até uma bactéria seria achar vida…) demandaria tanta tecnologia, tanto tempo e tanta energia que o dia que conseguirmos chegar a este ponto nossa civilização já terá desaparecido.
      Devemos continuar procurando, por tudo isto que escrevi pode estar errado. Mas diante de tudo o que eu escrevi aqui, sinceramente, acho que é necessário muito fanatismos para afirmar que existem seres inteligentes por ai (e capazes de falar conosco) do que para acreditar que existe um deus que criou tudo. Até porque, a idéia de deus pode ter sido a forma como pessoas do passado acharam para expressar seres extraterrestres que vieram até aqui, mas ai já é outra discussão que, obviamente, só faz sentido se primeiro resolvermos as questões estatísticas que anotei aqui.

      1. Não encontrou vida inteligente ainda, Adriano, por uma unica e simples razão:

        A distancia interestelar é estupidamente grande!

        A nossa tecnologia precisa desenvolver mais para podermos ter acesso a esta prova; informação esta quase que evidente.

        1. Somewhere Someone, concordo com você.. e se você souber ler o que eu escrevi, eu falo exatamente das distancias e da tecnologia e da dificuldade que teremos para encontrar vida lá fora.

          A minha critica é às pessoas que se acham genias, super cientistas e que menosprezam quem diz que não existe vida fora da terra. Meu argumento é que enquanto não encontrarmos evidencia de que existe vida, temos a obrigação de continuar procurando e o direito de achar que não vamos encontrar. Simples assim….

          Argumentar que: ” o universo é muito grande e por isso é impossível não ter vida em outro lugar ” na minha opinião é tanto fanatismo quanto dizer ” o universo é muito grande e por isso é impossível que tenha surgido do nada “… este é o ponto… é o cara chamar outro de idiota e agir de forma mais idiota ainda…

          Eu particularmente acredito que exite vida em outros pontos do universo. Acredito que vida inteligente talvez tenha…. por tudo que eu disse lá no outro comentário.

          Mas tenho consciência de que isto é apenas achismo e que certeza só teremos o dia que encontrarmos evidencias concretas de vida em outros pontos e de vida inteligente… Veja, deixo bem claro que para mim são duas coisas diferentes. Porque a quantos milhões de anos a terra está por aqui para só agora surgir uma raça capaz de chegar na lua??? Não é fácil… e lembre-se que se existe vida inteligente em outro ponto do universo, eles também estão tentando chegar aqui (se não se destruíram antes… vejamos nosso exemplo… qual nossa capacidade de atuo-destruição mesmo??? e nem chegamos em marte ainda, que em termos de universo e o quintal de casa….).

          Até lá, por tudo isto, eu digo o outro fulano que chama de ignorante quem acha que não tem vida lá fora é um hipócrita, pois se apóia no mesmo tipo de fé sem evidencias (apenas achismo) que ele está criticando…

  15. A instrução biblica atual, não é a que diz” e formou o Senhor Deus o homem do pó da terra e soprou nas suas narinas, tornado-o ser vivente” essa orientação confirma o homem com um ser em vida terrestre!
    Agrande verdade está na afirmação de Cristo aos seus discipulos “na casa de meu pai há muitas moradas, vou prepará-los lugar” está é a prova da existencia de vida em outros planetas, dentro da compsiçao organica decada planeta. não fiquem preços a afirmações antigas e não entende-las em seu propósito.

  16. Para os que se apegam à Religião deixo-lhes essa passagem bíblica para meditação: João 14:3,4 “Na casa de meu Pai há muitas moradas; se não fosse assim, eu vo-lo teria dito.”

    1. Ah???
      Ah!!! Entendi, tentando achar significado neste livro de conto de fadas pra tentar revalida-lo com o que e realmente real.
      Beleza, boa sorte.

      1. Concordar ou discordar é direito de todos .. Desrespeitar a opinião de alguém não .. REFLITA

    2. Cada vez que um cristão cita a frase das moradas na Bíblia, um panda astrônomo morre de fome na China.

  17. Salvador, apenas um comentário. Segundo seu texto acima a velocidade de rotação das estrelas vão lentamente freando no decorrer de suas vidas. Portanto média de idade da amostra é superior a idade de nosso sol (e não inferior conforme sua afirmação) pois a rotação média da amostra (21 dias) é menor que a de nosso sol (25 dias), correto?

    1. Quanto menor o tempo de rotação, mais depressa estão girando. Quanto mais depressa giram, mais jovens são. 😉

      1. Aloco Salvador, “seu ridículo”. Pensou que ganhar R$ 50 mil por mês pra falar de astronomia seria fácil? Salvador, ontem acompanhando um painel da NASA sobre a nova geração de telescópios, eles vieram com um conceito de pétalas para ofuscar o brilho das estrelas estudadas e facilitar a busca, seria legal algum adulto explicar pra gente qualquer hora como funciona aquele trem. Segue uma referência: http://planetquest.jpl.nasa.gov/video/15

        1. Huahuahua, R$ 50 mil por mês? Se eu ganhasse isso, com certeza seria fácil! 😛
          Sugestão anotada!

        1. Piada explicada não tem graça, mas vamos lá.

          Quis dizer que quando os ETs forem encontrados, o ânus do rapaz ali em cima vai ser o primeiro a ser penetrado por eles.

          Em outras palavras, se os ETs forem hostis e vierem acabar com o planeta, o cu dele vai ser o primeiro a ser destruído.

          😉

          1. “EU” os ETs são limpinhos. Eles vão passar longe dessa sujeira indescritível. Eles só se relacionarão com o 1% da humanidade que pensa. Ou será 0,001% ?

    1. Ridículos e retardados verdadeiros são aqueles que aceitam tudo o que outros dizem para atacar quem realmente pensa usando os motivos mais sem sentido que existem. Estes vão sempre baixar o nível de qualquer discussão mostrando toda a sua ignorância.

    2. Chamar aos outros de retardado é uma prova da sua bestial capacidade intelectual e do seu respeito incomensurável ao próximo. Parabéns.

    3. A todos falsos religiosos que postam a “palavra” mas não a seguem com atos verdadeiros. O atual braço direito do Papa, antes ocupado pelo Ratiznguer na era João Paulo II, chefe da área de astronomia e arqueologia do Vaticano, declarou “oficialmente” no início de 2013, que hj eles estão se dedicando a levar o “evangelho” aos estra terrrestres, alegando que eles são avançados tecnologicamente, mas atrasados “espiritualmente”. Então façam o favor de esquecer a religião ultrapassada, vão estudar os Sumérios, Indus e os Nórdicos, para depois falarem algo.

    4. Engraçado que vcs religiosos gostam tanto de acreditar em coisas que não vêem e que os outros afirmam, e não querem acreditar na possibilidade de vida em outros planetas pelo simples fato que ainda não foi provado e que não existe no seu livro do velho de barbar brancas que flutua nas nuvens?!!!

    5. decametro: tu não te encaixas no decálogo. portanto pergunto: és tu um decápode?

      Com certeza és!!!!

  18. Me desculpe, Salvador. Minha pergunta era qual a possibilidade de vida inteligente em outro planeta, e não na terra. Sabemos que em nossa Galaxia existem bilhões de estrelas como o sol e sabemos também que há bilhões de galáxias espalhadas pelo Universo. Difícil crer que o dom da vida se deu apenas aqui, na Terra.

  19. Já para o fim desta década? Que otimismo exacerbado!

    “Até quando os profetas continuarão a profetizar mentiras e as ilusões de suas próprias mentes?”

    (Jeremias 23:26)

    Vida inteligente no Universo, só aqui na nossa velha e querida Terra. Essa inútil busca por ET’s já está beirando o patético.

    “Então o Senhor Deus for­mou o homem do pó da terra e soprou em suas narinas o fôlego de vida, e o homem se tornou um ser vivente.”

    (Gênesis 2:7)

    1. Se o Telescópio Espacial James Webb for mesmo lançado em 2018, teremos aí as primeiras chances de detectar planetas com vida em torno de anãs vermelhas. Ontem mesmo a Nasa fez um evento sobre o “roadmap” da busca por sinais de vida extraterrestre nos próximos anos. A coisa está ficando séria.

    2. Não sou religioso, tampouco fanático, mas recordo de uma passagem em que o Cristo teria mencionado: “na casa do meu pai há muitas moradas” ou coisa do tipo. A parte boa de comentários tal como o seu, é que, na hipótese de sermos, quiçá resgatados um dia, muitos verão nossos socorristas como diabólicos, demoníacos etc. Pois bem, é preciso abrir a mente, porque diante de uma real possibilidade do fim de nosso planeta, eu não hesitaria por 1 segundo em poder ser resgatado. Pode acreditar que não haverão muitos assentos. E talvez, sejamos tão medíocres que não mereçamos resgate!

    3. João 14:2
      “Na casa de meu Pai há muitas moradas; se não fosse assim, eu vo-lo teria dito. ”

      A bíblia tem várias passagens e mensagens, somente utilizar passagens que lhe servem para contradizer o próximo, vai contra esta outra passagem:

      João 8:7
      “E, como insistissem, perguntando-lhe, endireitou-se, e disse-lhes: Aquele que de entre vós está sem pecado seja o primeiro que atire pedra contra ela.”

      1. Jesus disse: ¨Aquele que está isento de pecado, que atire a primeira pedra”.
        E uma pedra veio e acertou a testa da pecadora. Jesus olhou pra trás e disse:
        “Pô, mãe. Você está sempre queimando meu filme”.

    4. Tá então.. maninho Apolinário Messias, me explica uma coisa. Quem foi que te falou que Deus criou vida somente aqui no nosso queridíssimo e judiado planeta. Eu já li a Bíblia toda e não vi nada disso. Sou cristão evangélico de nascimento, criado em escola bíblica, e ainda sim não vi nenhum pastor ou professor que possa provar que não exista vida fora daqui. Tá legal, eu acho um exagero dizer que os “ETs” nos visitem etc etc bla bla bla, mas dizer que não existam é meio prematuro. Deus é bem mais criativo que eu ou você possa sequer imaginar. Não esqueça:
      Ó profundidade da riqueza da sabedoria e do conhecimento de Deus! Quão insondáveis são os seus juízos, e inescrutáveis os seus caminhos! Romanos 11:33
      Então não tente pensar como Deus, ou dizer o que Ele fez, ou deixou de fazer. Todos que tentaram falharam esplendorosamente.

      Não é porque não está na Bíblia que não exista, talvez não esteja lá porque não precisemos saber.

    5. Inacreditável como tem gente que perde o tempo vindo comentar de religião num blog estritamente científico.

      1. O Apolinário faz o “garimpo” de possíveis fiéis juntamente uma campanha para desmoralizar a ciência e colocar no lugar as suas crenças religiosas para fazer crescer alguma igreja caça-níquel. Não ligue para ele, pois tudo o que ele quer é polemizar para colocar dúvidas na cabeça das pessoas, levando-as para a sua igreja e levar alguma vantagem com isto.

    6. Caro Apolinário Messias me pergunto, o que leva um cupim de igreja como você a entrar em um blog de astronomia? Amigo, procure uma página evangélica, tá cheio delas por ai, vá dialogar com seus iguais. Não há ninguém buscando conversão ou iluminação aqui, nossa luz vem das estrelas e apenas delas, NÃO existe outra fonte em todo universo.

    7. O Universo é inimaginavelmente grande, infinito por assim dizer e não existir outras vidas em outros planetas seria um tremendo desperdício de espaço.

  20. Cada vez mais parece certo não estarmos sózinhos no universo. A cada descoberta torna-se mais evidente que a criação não foi obra do acaso ou de uma explosão qualquer. Há sim uma inteligencia nisso que nos orienta , nos conduz e cada vez mais nos permite descobrir. Anseio pelo momento em que a humanidade irá se deparar e conviver com outras civilizações só sinto não poder estar aqui para também compartilhar desse momento. Mas como foi bem dito acima, “A casa do Pai tem muitas moradas”, espero estar em uma delas para de lá, quem sabe, também poder partilhar.

    1. Amiguinho, vc não vai estar aqui para compartilhar, mas estará no seu reino do céu pela eternidade e do lado do seu unipotente, unipresente, uniciente criador…
      OMFG
      Sou Ateu, graças a seu Deus

  21. Salvador, sei que é uma pergunta difícil de responder, mas qual a possibilidade de haver vida inteligente em nosso Planeta? Haja vista que estamos em torno de uma estrela que fica em uma galáxia que contem aproximadamente 400 bilhões de estrelas semelhante.

    1. Roberto, se entendi bem sua pergunta, você quer saber a probabilidade de haver vida inteligência em outros mundos similares à Terra. Meu livro novo dedica um capítulo inteiro a debater essa estimativa. Em breve, nas bancas e livrarias! 😉

  22. Salvador, li o release original dessa notícia ontem, em inglês, no qual se dá alguns detalhes de como a equipe estimou o período de rotação das estrelas com base na diminuição da luminosidade provocada pelo movimento de suas prováveis manchas. Ou seja, utilizou um recurso do Kepler pensado para o trânsito planetário, para derivar a rotação da estrela. Você saberia o quanto esta técnica é segura para não confundir mancha solar com planeta?

    1. Ivan, é razoavelmente segura. A fotometria do Kepler permite fazer a distinção entre mancha e sinal planetário para essas estrelas. Sem falar que manchas vão e vêm, e o planeta mantém a mesma regularidade durante todo o período.

          1. Beleza! Vou dar um desconto pelo esbarrão mas não pela gritante falta de criatividade.

      1. Vc quer “tirar a petelhada” de nosso pa[ís como Hitler queria tirarv os judeus da Alemanha ?

  23. Bom dia Salvador!

    Pelas relações humanas/políticas/econômicas eu poderia passar desta para uma melhor (acho!) a qualquer momento, mas pelas ciências eu preciso que o Juiz Maior me conceda mais algumas décadas de horas extras e prorrogação da vida (lucida é claro). Com tantas boas e excitantes notícias do universo seria muito lamentável não “ver” o descobrimento de um planeta suportando água líquida e vida efervescente.

    1. Faço da suas as minha palavras… As vezes penso o quão injusto será se descobrirem alguma vida e eu não mais estiver aqui para presenciar…

    2. Também imagino isto, seria frustrante partir desta para outra sem saber certas coisas mas, não tem como deixar a parte espiritual de lado. Creio que ” Na casa do Pai há muitas moradas” Espero viver em ” outras moradas” Tenho em mente que o nada não pode gerar alguma coisa, sendo assim, não estamos sozinhos nesta jornada. Imagino nossos ancestrais que olhavam para o céu e não tinham a mínima informação, talvez, o nível de ignorância daquele povo esteja muito próximo do nosso, tamanho o mistério que é a vida e o Universo. Abraço

        1. Odete, creio que estudar o Universo é a mais ingrata das profissões, pois sempre estamos estudando o passado. Imaginar um Universo sem fim fica até incomodo, não temos cabeça para entender certas coisas. Por isto creio em um Criador e certamente estamos aqui com um propósito, saber deste propósito cabe única e exclusivamente a Ele. Abraço

      1. Amiguinho, vc diz “Tenho em mente que o nada não pode gerar alguma coisa”…
        Então como seu Deus foi gerado?

        1. Wagner, você nunca terá uma resposta, só especulações burras tentando fechar estorinhas inventadas.

          Para algumas questões da vida, não há respostas.

          Mas é triste ver como muitas e muitas pessoas pararam de pensar e ver a realidade. Veja o que o Roberto escreveu: “”Por isto creio em um Criador e certamente estamos aqui com um propósito, saber deste propósito cabe única e exclusivamente a Ele. “” Traduzindo: o cara vive sem propósito, vive imaginando que um fator externo governa a vida dele e para ele está tudo bem.

          Em suma: Terra, o planeta com quase nenhuma vida inteligente.

  24. O IAU poderia nomear estas poucas dezenas de estrelas, e a partir daí, deixar o público nomear os possíveis planetas de cada sistema planetário, seguindo o nome dado à sua estrela mãe, à exemplo dos nomes dados ao sistema plutoniano.
    Potencialmente os seus planetas teriam mais interesses científicos a serem estudados, e com isso, apareceriam mais na mídia científica. Para isso, seria legal terem nomes simpáticos… (estou misturando as matérias do Mensageiro).

    abs,

  25. Essa desaceleração na velocidade de rotação da estrela está relacionada com a perda (ou espalhamento) de massa no decorrer da sua vida?

    1. Creio que não. Acho que é perda de momento angular na interação com o disco circundante e, mais tarde, eventuais planetas.

      1. Deixa eu ver se entendi!
        O que você quer dizer é que assim como a Lua afeta a velocidade de rotação da Terra pelos efeitos das marés (no caso, os oceanos se afastam do centro da terra causando uma mudança no momento angular) então os planetas também causam esse efeito de maré no Sol?

          1. Salvador, não sei se alguém já não perguntou mais abaixo, mas estou na correria aqui e não vou ter como ler todos os comentários agora… então faço a pergunta… hehe.

            Se as estrelas como o sol estão diminuindo a velocidade de rotação, elas tendem a parar? E acontece algo se elas pararem?

            Abs.

          2. O freamento por maré gravitacional dos planetas é insignificante. Na verdade não é trivial explicar o freamento das estrelas. Uma estrela com a massa do Sol mas muito jovem (alguns milhões de anos) tem rotação de alguns dias. E com idades maiores o período de rotação vai ficando maior. Como isso ocorre? A ideia mais aceita é baseada no campo magnético da estrela, que forma verdadeiros braços que continuam por todo o meio interplanetário. Assim interagiria com os discos protoplanetários e o que restou deles freando a estrela. Uma coisa é a ideia, outra é modelá-la e repetir o observado. Há muitos parâmetros mal conhecidos. Para se ter uma ideia da dificuldade, o campo magnético estelar, que via ser o responsável pelo freamento, depende ele próprio da rotação – quanto maior a rotação maior o campo magnético. E ainda deveríamos saber como decaem os discos protoplanetários. Etc.

    2. Neste caso específico que a matéria trata a resposta é sim. A desaceleração mencionada é principalmente devido à perda de massa que a estrela sofre ao longo de milhões e bilhões de anos.
      Por isso, existe a possibilidade de calcular grosseiramente a idade da estrela a partir da medida de sua velocidade de rotação. No entanto, em alguns casos extremos, planetas gigantes muito próximos de suas estrelas poderiam influenciar esta taxa de desaceleração como mencionaram nos comentários mas esse não é o foco do estudo mostrado.

        1. Excelente Artigo Salvador. Parabéns. E Parabénspelas respostas acima. Na mosca.
          Algumas adendos com números as tuas já completa respostas:

          – O período de rotação do Sol (e das estrelas) é definido como sendo o tempo em dias que uma mancha leva para completar seu deslocamento de um ciclo completo em torno da estrela. Quanto maior o periodo de rotação menor é a velocidade de rotação da estrela.
          Quanto menor o periodo de rotação maior a velocidade de rotação.

          – A velocidade de rotação diminui com a idade. Logo o período de rotação aumenta.

          – A precisão da técnica depende principalmente de dois fatores A a relação do tamanho da manhca com relacao a superfiecie da estrela e do tempo de observação. Para o a precisão é de 1 parte em 1 milhão para o brilho. Já as as sequencias observacionais do Kepler foram pedaçoes de 90 dias. Ao todo foram mais ou menos 16 series, que ao todo contaram apriximadamente 1440 dias, ou seha 4 anos. Ou seja suficiente para detectar varios ciclos de 25 dias.

        1. Por isso que o Sol e os Planetas ainda giram ao redor da Terra e os animais da Terra foram salvos na Arca de Noé, de uma só vez.

    3. Ol Rafael,

      A física que controla essa diminuição da velocidade de rotação da estrela é relacionada com vários fatores. Como o Salvador falou, a interação com o disco circundante é uma delas. Acredita-se que campos magnéticos intensos nesta fase intensifique o freio, além dos eventuais planetas. No entanto esta física ainda é pouco conhecida e modelos ainda não explicam isso de forma satisfatoria.

Comments are closed.