Mensageiro Sideral

De onde viemos, onde estamos e para onde vamos

 -

Salvador Nogueira é jornalista de ciência e autor de 11 livros

Perfil completo

Publicidade
Publicidade

Astronomia: Em busca de vida em Marte

Por Salvador Nogueira

Europeus lançam sua primeira espaçonave não-tripulada destinada a procurar vida em Marte.

A BUSCA
Houve vida em Marte? Sobrou alguma coisa para contar a história? A Agência Espacial Europeia está prestes a começar a busca por essas respostas, com o lançamento de sua primeira missão destinada a procurar evidências de atividade biológica no planeta vermelho.

A FAMOSA “JANELA”
O primeiro lançamento do programa, chamado ExoMars, deve acontecer entre os dias 14 e 25 de março. É o período em que os planetas Terra e Marte estarão alinhados para favorecer o início de uma longa jornada interplanetária de sete meses.

DUAS NAVES E UM DESTINO
Serão enviados um orbitador desenvolvido pelos europeus, chamado Trace Gas Orbiter, e um módulo de pouso experimental, o Schiaparelli, de concepção russa. A tentativa de descer à superfície não é mais que um teste das tecnologias requeridas para futuras missões de solo.

OLHA O GÁS!
A ciência de verdade será feita pelo orbitador. Ele fará uma análise completa da atmosfera marciana em busca de gases presentes apenas em diminutas quantidades. O principal interesse é a detecção de metano. Na Terra, 90% desse gás é produzido por formas de vida. Em Marte, o programa ExoMars tentará mapear sua presença e determinar sua origem, que pode ser geológica ou biológica.

AS ÁGUAS DE MARTE
A sonda terá uma câmera para fotografar a superfície, em 3D, e correlacionar as eventuais emissões de metano com as regiões de onde elas partiram. Ela também fará um inventário da presença de gelo de água sob a superfície marciana, a até um metro de profundidade, com resolução dez vezes melhor que espaçonaves anteriores.

O PRÓXIMO JIPE
Além de tentar discriminar entre as hipóteses para a presença de metano em Marte, a missão serve de precursora para o lançamento do primeiro jipe robótico europeu marciano, em 2018. Esse sim vai procurar evidências químicas e morfológicas diretas de vida passada ou presente no planeta vermelho.

A coluna “Astronomia” é publicada às segundas-feiras, na Folha Ilustrada.

Acompanhe o Mensageiro Sideral no Facebook, no Twitter e no YouTube

Blogs da Folha

Publicidade
Publicidade
Publicidade