Astronomia: O sucesso das (galáxias) anãs

Salvador Nogueira

Estudo realça a importância das galáxias anãs para o presente e o futuro do Universo.

SIMPLESMENTE UM LUXO
Independentemente de sua inclinação política, saiba que você é um coxinha galáctico. Pois é, viva com isso. Moramos todos numa galáxia espiral grande e vistosa, a Via Láctea, com cerca de 200 bilhões de estrelas. Definitivamente não é algo que se possa adquirir no programa “Minha Galáxia, Minha Vida”.

GRANDES E PEQUENAS
A exemplo das grandes cidades, as grandes galáxias, como a nossa, são onde a maior parte da ação aconteceu no passado do Universo. São, por isso mesmo, as que recebem as maiores atenções dos astrônomos. Mas um estudo realizado por um grupo internacional de pesquisadores, incluindo brasileiros, decidiu olhar para a periferia.

NA ESCUTA
O trabalho, que contou com a participação de Marco Grossi e Thiago Gonçalves, ambos da Universidade Federal do Rio de Janeiro, usou um radiotelescópio gigante de 30 metros localizado na Espanha para observar a região do Aglomerado de Virgem.

AMOSTRAGEM
Trata-se de um conjunto de mais de 1.300 galáxias localizado a cerca de 50 milhões de anos-luz daqui. Mas, em vez de se concentrarem nas maiores representantes do aglomerado, os pesquisadores focaram nas nanicas, com menos de 1 bilhão de estrelas cada.

CABO-DE-GUERRA
Ao realizar esse escrutínio, fizeram uma constatação surpreendente: o gás que compõe as galáxias anãs é mais resistente do que se imaginava ao constante cabo-de-guerra gravitacional que é travado com as gigantes. E assim ele pode continuar gerando novas estrelas por centenas de milhões de anos, possivelmente bilhões de anos.

O FUTURO DO COSMOS
“Quando o Universo era jovem, as galáxias gigantes eram os principais berçários de estrelas”, diz Gonçalves. “Hoje, as galáxias anãs são as maiores responsáveis pela criação de novas estrelas. Esse estudo explica como elas podem manter o combustível para a formação estelar, mesmo em ambientes desfavoráveis.”

A coluna “Astronomia” é publicada às segundas-feiras, na Folha Ilustrada.

Acompanhe o Mensageiro Sideral no Facebook, no Twitter e no YouTube

Comentários

  1. “Independente de sua inclinação política, saiba que você é um coxinha galáctico. Pois é, viva com isso. Moramos todos numa galáxia espiral grande e vistosa, a Via Láctea, com cerca de 200 bilhões de estrelas. Definitivamente não é algo que se possa adquirir no programa “Minha Galáxia, Minha Vida”.

    Hahaha. Essa foi genial, Salvador!

  2. Salvador, boa noite!
    Tenho 30 anos, existe a possibilidade de eu presenciar uma estrela próxima explodindo nessa vida ainda? E tem alguma novidade sobre um possível sistema planetário em Alpha Centaury? Valeu..

  3. Muito bom o texto. Aproveitando o comentário, gostaria de pedir um novo post sobre o planeta anão Ceres. Hoje foram divulgadas novas informações, no site da nasa, por ocasião das discussões ocorridas na 47th annual Lunar and Planetary Science Conference, no Texas. Então, fica a dica!

  4. Salvador, na tua página do Facebook está o texto abaixo.

    CIENCIA PROIBIDA
    Joseph Mengele e os horrores da medicina nazista. A terrível unidade 731, onde o Japão usou chineses como cobaias. Os textes mais extremos feitos em animais. Lobotomia: a barbaridade que rendeu um Prêmio Nobel. Neste livro, você irá conhecer o lado sinistro da ciência.
    LIVRARIACULTURA.COM.BR

    oquê é “”textes””?

    1. Não é na minha página do Facebook, é no link da Livraria Cultura. É óbvio que não fui eu que escrevi isso, como é óbvio que alguém — que não fui eu — trocou um s por um x. Testes.

      1. Salvador,
        Por falar em livros, dias atrás li nos comentários de uma das postagens, (não lembro qual…) que estavas para lançar dois novos livros.
        Quais seriam eles ? Qual a possibilidade de você aproveitar para fazer o lançamento dos mesmos na Feira do Livro de Porto Alegre.
        Ela será realizada entre os dias 28/10 e 15/11.
        Obrigado e bom trabalho.
        Saudações

        1. Gilson, tenho um livro para a Super (biografias de gênios) e um para a LeYa (sobre os 50 anos de Star Trek). Estou numa correria danada para terminá-los no prazo. Se houver oportunidade, irei com prazer a Porto Alegre. Mas a crise não anda ajudando…

          1. Salvador,
            Obrigado pelas informações.
            Todos nós desejamos sorte no teu trabalho e aguardamos ansiosos pelas tuas novas obras.
            Muita água vai rolar por baixo desta “ponte” chamada Brasil….e que nossa estrutura possa “aguentar o tranco”
            Tenho certeza que nos veremos na Feira de POA.
            Abraços e bom trabalho.
            Saudações

    2. Tipo numas….
      Com tanta pergunta interessante pra se fazer sobre a reportagem, você não é capaz de bolar nenhuma e precisa se apegar a um erro de digitação?
      Tem certeza que você era o esperma mais inteligente mesmo?

      1. O oswaldo e o Fernando me devem desculpas. Quero ver se vocês dois tem humildade de me pedirem desculpas. Explicarei em detalhes para vocês dois, que preferiram me atacar e tentar me humilhar ao invés de tentarem utilizar a inteligência. Saibam vocês dois que desde o início dos tempos eu acompanho o Salvador, inclusive desde os tempos remotos onde o Salvador escreveu uma pequena coleção de livrinhos sobre a mitologia. Neste blog, o Mensageiro, eu já fiz uma série de contribuições, sob diversos nomes, sempre defendendo o Salvador de alguns ignorantes que tentam atrapalhar e também sugerindo e aprendendo muito. Acontece que quando eu vi uma propaganda do livro do Salvador com um erro de ortografia tão desagradável, resolvi avisá-lo. Sei que outra pessoa também o avisou, mas ele não conseguiu (pela resposta dele) localizar o erro para saná-lo. Resolvi avisá-lo de forma mais clara para que o erro seja corrigido, afinal estamos falando de um grande divulgador da Ciência, e sei que ele preza pela exatidão. Entendam, oswaldo e Fernando, o verdadeiro motivo e nunca mais caiam na armadilha de não usar a percepção e inteligencia e menos ainda de tentarem ofender outras pessoas.

        1. Augusto, eu vi o erro, mas não tenho como mexer, porque uma vez postado (e vindo de um site externo) não tem como solucionar.

        1. Bruno, você é desprovido de inteligencia. Não entendeu nada. Absolutamente desnecessário é o seu comentário. Que decepção, Não viu que o cara só quis proteger o Salvador! ainda bem que o Salvador prega tolerancia. Também com esse nome, frederico!!!! Triste encontrar pessoas que tem olhos mas não enxergam nem entendem o minimo que passa na propria frente.

  5. Olha que interessante, um exoplaneta com uma órbita tão achatada e excêntrica que se comporta como se fosse um cometa ao redor da sua estrela, só que o exoplaneta em questão é do tamanho de Júpiter. Esse sim seria um ótimo candidato a Niburu se ele ou algo assim existissem em nosso Sistema Solar. Nibirutas vão adorar a notícia. hehe

    http://www.inovacaotecnologica.com.br/noticias/noticia.php?artigo=planeta-mais-excentrico&id=010130160322#.VvFqofkrLIV

    1. Então, a questão é que que, quando tem um planeta desses, não há planetas nas regiões internas em órbitas aproximadamente circulares. É a demonstração de que o Nibiru e o Sistema Solar são mutuamente exclusivos. rs

  6. Salvador, qualquer piadinha com viés minimamente político tem o poder de criar uma hecatombe estrelar, digna de uma supernova. Agora que você provocou, vai chover comentários políticos no blog! 😛

    No entanto, aproveitando a deixa, farei um pequeno paralelo entre o PT e uma gigante vermelha moribunda, a cor não é mera ironia. rsrs

    A estrela do PT exauriu todo o seu o capital político, as reações do seu núcleo partidário começa a se contrair em razão da gravidade dos fatos apurados na lava jato. Isto gera uma reação acima do núcleo político, perante a base aliada, aonde ainda resta algum capital político.

    O PT para sobreviver se agiganta para engolir as instituições todas democráticas ao redor, em especial, a Polícia Federal e o Poder Judiciário. Há um aumento significativo da temperatura do discurso político, o PT se torna uma gigante vermelha. Dilma queima o último capital politico que lhe resta ao nomear Lula ministro.

    Com o impeachment o mecanismo então em colapso completo, o núcleo político do PT no Planalto se degenera. A base aliada do PMDB se ejeta para fora do governo. O núcleo da estrela do PT sobrevive isolado. O governo é deposto, a estrela do PT se enfraquece e morre politicamente como uma anã branca e o Lula vai para a prisão.

    Prometo fazer qualquer dia desses um outro paralelo entre buraco negro e impostos, depois que o dinheiro arrecadado atravessa o “horizonte de ventos do caixa único da união” ele desaparece e nunca mais volta para nós em benefícios sociais para nós. 🙁

      1. Ventos também serve, pois dinheiro na mão do governo é vendaval. Primeira e última vez que cito política nesse local, prometo.

    1. Victor, o Salvador aproveitou bem o fato de todo mundo estar acompanhando o “Big Brother Brasília” e chamou a turma para pensar em astronomia usando a mesma linguagem que se tornou predominante na mídia. Mais uma prova de inteligência do comunicador!

      Note que ele fez isso sem ofender nem coxinhas nem petralhas!

      Se eu não fosse ateu, rezaria para que essa confusão toda se resolvesse logo com Justiça sendo feita contra TODOS os corruptos, de qualquer partido que seja… então, o que me resta é acompanhar e torcer para que o Mal não vença, como ocorre na maioria das vezes nesse nosso planetinha e, em especial, nesse nosso Brasil varonil… 🙁

  7. È incrível o que o conhecimento da ciência pode fazer,
    mesmo fazendo certa referencia a politica, o Blog não encheu de comentários políticos,salvo algumas exceções que eram esperadas.
    tente fazer isso em algum outro blog ou site da internet.
    esse espaço é realmente para pessoas interessadas na ciência, e não com interesse de mandar algum politico para lua ,marte espaço,etc.

  8. Parabéns pela matéria e o texto divertido!
    Salvador, você irá publicar algo sobre a descoberta de uma possível nova partícula no LHC?

    1. Ainda é cedo para dizer. Fiquei muito surpreso em ler um texto e ver que ele não menciona supersimetria, que seria a resposta mais óbvia à possível nova partícula. Quando houver algo mais concreto, abordarei. Mas por ora não teria muito a dizer, exceto que é a salvação do futuro da física de partículas, caso seja confirmada a descoberta.

      1. Na verdade a supersimetria seria a resposta mais desejada.
        Talvez seja algo novo que não conste um nenhum modelo da física de partículas. Não mencionaram o princípio da supersimetria para não enterrá-lo vez.
        Só nos resta esperar, por isso conto com o blog.

        1. Salva, se surgir algo, por favor nos brinde com uma matéria… se confirmado o assunto vai render 🙂

  9. Salvador, boa tarde!

    Uma galáxia anã poderia ser uma “galáxia criança”?
    Assim, com a criação de estrelas constante ela viraria uma galáxia maior?!

    Outra pergunta: É possível que essas galáxias anãs tenham muito mais estrelas que dizem ter? Por exemplo, as estrelas estão tão juntas ( até em sistemas binários ) que não conseguiriam distinguir entre duas e uma? Aí já aumentaria a quase o dobro do que dizem ter…

    E outra que veio durante a anterior: É possível ter um sistema com três estrelas?

    Só isso hahaha

    1. Rodrigo, ela pode ser uma galáxia menos evoluída sim, e eventualmente as pequenas tendem a colidir e se fundir com as grandes.
      Sobre elas terem mais estrelas do que se estima, não muito, pois é uma questão de espaço.
      Sobre sistemas com três estrelas, claro! Já há sistemas com quatro estrelas e planeta! 🙂

    2. Rodrigo, não manjo muito de evolução de galáxia, mas até onde sei galáxias anãs não são “crianças” no sentido que irão crescer e se tornarem “adultas”. O fato delas continuarem produzindo estrelas não irá aumentar seu tamanho, apenas irão converter o gás que já possuem em novas estrelas.

  10. Minha galáxia, minha vida. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
    Salvador, essa salvou a segunda-feira! Melhor piada de 2016 até agora! kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    Parabéns pelo trabalho amigo, além da competência o bom humor de sempre. Abraços!

  11. Salvador, beleza? Li seu texto e algo chamou-me a atenção.

    Você disse que essas galáxias anãs podem continuar criando estrela por “centenas de
    milhões de anos, ou possivelmente bilhões de anos”.

    Minha pergunta, baseada em possível dedução do que você disse, é a seguinte: existe algum estudo que aponte uma curva de produção de estrelas em relação a idade total do universo, (13 e poucos bilhões de anos)?

    Quero dizer, pela sua afirmação, parece que já passamos do apogeu de produção de estrelas em relação a idade total do universo e estamos entrando na “queda” (E as g. anãs seriam salvadoras momentâneas da pátria), daí essa afirmação entre aspas sua… confere?

    Digo isso porque a ideia leiga é que o universo vai continuar produzindo estrelas num ciclo sem fim até eventual big crunch. Porém, lembro de soslaio de alguma coisa que relacionava a produção de elementos químicos pesados cada vez mais criados por gerações de estrelas a partir do big bang ao próprio fim das estrelas…
    Falou!

    1. Samuel, é isso mesmo. Já tivemos o pico de produção estelar e estamos descendo a ladeira no momento. A fase de produção estelar não é infinita. Ainda durará um bom tempo, mas acabará um dia.

  12. Salva, bom dia. Aproveitando a brincadeira do texto: Estou correto em dizer que a Via Láctea ainda poderia ser considerada “moderadamente coxinha” se a compararmos com as galáxias, ainda maiores, elípticas?

        1. Hehehe, precisa ver o complexo de 17 planetas habitáveis que tem a galáxia dele, todos cheios com água do mar Cáspio, que ele levou para lá por ônibus espacial-pipa.

      1. Putz, peço pinico… acabei de descobrir quem é (ou o que é) Tony Karlakian…

        Poderia me dar uma resposta mais feijão com arroz, visto que não consegui acompanhar a brincadeira (por falta de cultura pop da minha parte)…

        1. Bruno, podia ter dado o serviço completo, mas aí eu estaria te subestimando. Aprendi a confiar no pessoal que está sempre por aqui. 😉

          1. hahahahahaha… certo…

            Bom, na verdade, funcionou 99%. Agora eu tenho uma ideia do estereotipo representado pelo T.K. Consigo até traçar um paralelo de como seria uma galáxia T.K. (nossa, que absurdo que acabei de escrever!!!), mas não encontrei nenhuma referência sobre essa brincadeira com os 17 planetas habitáveis…

            Dicico, ajuda aí…

          2. Num dos quadros do Balada VIP, o repórter vai visitar a casa do Tony Karlakian, e ele diz que tem um complexo de 17 piscinas (o terreno da casa é 1/3 do território da Bélgica!), uma das quais preenchida por água trazida por mar Cáspio por jatinhos-pipa. Só transpus a piada para o contexto galáctico. rs

      1. Perá lá! Você está esquecendo de especificar a cor, o diâmetro, a localização, a composição e a atmosfera da pérola senão iria parecer notícia sobre astronomia veiculada pela Rede Plim, Plim.

    1. Nada como começar o dia se instruindo em alto nível e, de quebra, ainda dar boas gargalhadas.

      Se bem que teve gente que ficou “ofendidinha”. Parece que serviu a carapuça.

      OFF TOPIC: Salva, aproveitando que eu escrevi, você viu aquela “prova incontestável” (segundo os birufólogos) de um portal que se abriu no sol, revelando o que eles (só eles) já sabiam (mas nunca haviam dito):

      1º – O sol é bem mais novo que a terra e os demais planetas;

      2º – O sol é uma suprfície oca e dentro dele existe um planeta (será o Planeta X??? Nibirú???);

      3º – Este portal serve de passagem para outras dimensões (nisso eu acredito. Se chegar lá perto, viaja na mesma hora para a dimensão dos “pés juntos”, hahahahaha).

      Na foto dá para se ver que não é um caso de pareidolia, mas sim de simples efeito de reflexão/refração/disperção da luz.

      http://www.redetv.uol.com.br/jornalismo/da-para-acreditar/apos-foto-da-nasa-ufologo-afirma-que-sol-tem-porta-para-outro-mundo

      1. Não vi, e lamento agora ter visto. É tanta besteira junta que dá vergonha de saber que alguém publica isso. Aí rola um alívio de ver que é a RedeTV. E um desespero de ver que é parceira do UOL. Enfim, sinto profunda vergonha alheia de tudo isso.

      2. Quem publicou isto foi um membro de uma das infinitas seitas da Igreja dos Morons, a seita do Sol Oco ou do Sol Sonho de Valsa, que sempre divulga suas “descobertas” que todo mundo já sabia na época da Páscoa.

  13. Bom dia Salvador,

    O fato de uma galáxia ser anã, com 1 bilhão de estrelas, e ainda produzir estrelas em um nível alto, influência nas distancias entre seus corpos celestes? seria possível esta galaxia ter planetas “mais próximos” um dos outros.?

    1. Bem, a tendência é eles estarem mais próximos entre si, mas isso nem é uma grande novidade. Na Via Láctea há os aglomerados globulares e abertos, que juntam grande densidade de estrelas num pequeno espaço.

  14. Isso explica porque a Grande Nuvem de Magalhães tem a maior zona de formação de estrelas do Grupo Local (Nebulosa da Tarântula).

  15. Observando galáxias que estão a 50 milhões de ano luz, com telescópios, chegaram a todas essa conclusões? Isso é divino e maravilhoso. Grande chut…

    1. Ciência não é futebol, Oswaldo, e certamente houveram muitas outras pesquisas anteriores sobre o assunto que o Salvador ou a Folha não divulgaram por aqui. Nada em ciência veio do nada, sempre houve alguma desconfiança, evidência, descoberta ou pesquisa anterior para embasar qualquer outra pesquisa. No caso da Astronomia você sabe que há muita gente fazendo trabalhos na área pelo mundo todo e quando alguém duvida de alguma coisa, sempre procura fazer pesquisas sérias para tentar acabar com ela. Faça você também ou vou continuar a insistir para você entrar para a Igreja dos Morons, seita dos céticos com Deus, e ser pastor especializado em blogs de divulgação científica na Internet.

      1. Ciência não é futebol. No futebol temos uma duração e um resultado final. Na astronomia sempre teremos pesquisas de pesquisas, ou pesquisas de teorias. Sem dúvida, a unica coisa que veio do nada foi o Universo, portanto, se a ciência não vier do nada será sempre uma dicotomia. Realmente existem muitos cientistas suando as camisas para chegarem a alguma conclusão plausível. Para conseguirem provar alguma coisa. Blogue científico só se dominasse e conhecesse a matéria.

  16. Parei de ler no “coxinha galáctico”. Pô Salvador, até tu embarcando nessa? E os “petralhas galácticos” quem seriam? Esse Brasil de hoje está uma …

    1. Jose, note que estou fazendo um movimento para integrar, não separar. Acho que astronomia tem mesmo esse papel agregador, no espaço e no tempo. Estou exercendo-o. TODOS NÓS SOMOS coxinhas galácticos. 😉

    2. Pois é, José… Também ando bem intolerante ao debate “coxinha vs mortadela”. E se fosse qualquer outro blog eu também teria parado de ler onde você disse que parou. Mas, o Salva tem crédito e a piada em si, convenhamos, foi mais bem bolada que aquelas que viralizam nos “uatizapis” da vida…

      1. A ideia não foi polemizar. Foi tentar mostrar que o que nos une é muito maior do que esses rótulos idiotas.

      2. Até porque, ele deu “uma no cravo, outra na ferradura”.

        Exatamente duas linhas abaixo do “coxinha”, tem um “minha galáxia, minha vida”.

        Como ele falou, ele é bastante democrático. Além de bem humorado.

        Como já falei mais de uma vêz: “Salvador para presidente do Brasil”, hehehehe

Comments are closed.