Mensageiro Sideral

De onde viemos, onde estamos e para onde vamos

 -

Salvador Nogueira é jornalista de ciência e autor de 11 livros

Perfil completo

Publicidade
Publicidade

AO VIVO: Pouso do módulo Schiaparelli em Marte

Por Salvador Nogueira

Nesta quarta-feira (19), russos e europeus tentam conduzir seu primeiro pouso bem-sucedido em Marte, fazendo descer o módulo não-tripulado Schiaparelli à superfície do planeta vermelho. Ele é parte da missão ExoMars 2016, que também envolve, simultaneamente, a colocação em órbita marciana de uma sonda chamada Trace Gas Orbiter. Seu principal objetivo é encontrar evidências concretas de vida — pregressa ou presente — no mundo vizinho. Acompanhe ao vivo a transmissão do Mensageiro Sideral, com imagens direto do centro de controle da Agência Espacial Europeia, em Darmstadt, na Alemanha, e comentários do engenheiro aeroespacial Lucas Fonseca e o astrônomo Cássio Barbosa.

Uma reportagem detalhada sobre os planos da ExoMars e suas implicações científicas pode ser encontrada aqui. Confira logo abaixo o cronograma dos eventos desta quarta.

11h04 – O orbitador TGO dispara seu motor para iniciar a entrada em órbita de Marte. A queima está programada para durar 147 minutos.

11h27 – Já ativado, o módulo Schiaparelli começa a transmitir dados de telemetria, ainda no espaço, em trajetória balística na direção de Marte.

12h42 – O Schiaparelli entra na atmosfera marciana, a uma altitude de 121 km e uma velocidade de 21 mil km/h.

12h43 – Escudo térmico absorve calor do atrito com a atmosfera, freando lentamente a cápsula.

12h45 – Para-quedas se abre, a uma altitude de 11 km, ainda em voo supersônico (velocidade de 1.700 km/h).

12h46 – Escudo térmico se desprende, a uma altitude de 7 km, numa descida agora a 320 km/h.

12h47 – Para-quedas e proteção superior do módulo se soltam e ficam para trás, a 1,3 km do solo marciano. Apenas um instante depois, os retropropulsores de pouso se ativam.

12h47 – A dois metros do solo, os propulsores se desligam, e o Schiaparelli vai em queda livre na direção do solo. Impacto estimado a uma velocidade de 10 km/h. O fundo amassável do módulo amortece a queda.

O pouso se dará na região de Meridiani Planum, em Marte (veja abaixo a elipse de 100 km – 15 km que determina o local estimado de descida).

13h31 – Inserção orbital do Trace Gas Orbiter é concluída, com o desligamento dos motores e o estabelecimento de uma órbita elíptica ao redor de Marte.

A distância atual entre Terra e Marte é de 9min45s, de modo que a confirmação de todos esses eventos por telemetria se dará aproximadamente dez minutos depois de sua ocorrência nas imediações marcianas. O procedimento, portanto, é realizado de forma automática, sem intervenção dos técnicos e engenheiros em solo.

Acompanhe o Mensageiro Sideral no Facebook, no Twitter e no YouTube

Blogs da Folha

Publicidade
Publicidade
Publicidade