Astronomia: Top Five do espaço, 2016

Salvador Nogueira

Grandes descobertas marcaram 2016, dentro e fora do Sistema Solar. Confira o top 5 do Mensageiro Sideral.

5. GAIA E O SHOW DO BILHÃO
O satélite europeu Gaia não é dado a manchetes espetaculosas, mas, na maratona da ciência, ele tem o potencial para se tornar a mais impactante fonte de dados da história da astronomia. Em 2016, sua equipe divulgou o primeiro catálogo de seu censo estelar, que inclui nada menos que 1 bilhão de estrelas da Via Láctea.

Concepção artística do satélite Gaia (Crédito: ESA)
Concepção artística do satélite Gaia (Crédito: ESA)

4. A CAÇA AO PLANETA 9
Em janeiro, dois astrônomos do Caltech, nos Estados Unidos, abalaram todas as estruturas dos estudos do Sistema Solar ao apresentar evidências matemáticas contundentes de que deve haver um nono planeta, bem além de Netuno, a orbitar o Sol. Ainda não é uma descoberta, mas o estudo transformou o que antes soava como uma maluquice numa possibilidade real.

Concepção artística do cada vez menos hipotético nono planeta do Sistema Solar (Crédito: Caltech)
Concepção artística do cada vez menos hipotético nono planeta do Sistema Solar (Crédito: Caltech)

3. JUNO E O MISTÉRIO DE JÚPITER
Em julho, a sonda americana Juno tornou-se a segunda na história a se estabelecer em órbita de Júpiter. Seu objetivo é desvendar a composição e a estrutura interna do planeta gigante gasoso, o que por sua vez permitirá uma compreensão refinada da origem e da evolução de todo o Sistema Solar.

Concepção artística da sonda Juno em órbita de Júpiter (Crédito: Nasa)
Concepção artística da sonda Juno em órbita de Júpiter (Crédito: Nasa)

2. A PRÓXIMA PARADA
Em agosto, num anúncio histórico, um grupo internacional de astrônomos comunicou a descoberta de um planeta potencialmente habitável ao redor da estrela vizinha mais próxima do Sistema Solar, Proxima Centauri. No momento, pouco sabemos sobre este mundo, mas é certo que Proxima b dará o que falar no futuro. E o achado demonstra que planetas em circunstâncias similares às da Terra são mais comuns que areia na praia.

Concepção artística da superfície de Proxima B, bem na divisa entre o lado iluminado e o escuro. (Crédito: ESO)
Concepção artística da superfície de Proxima B, bem na divisa entre o lado iluminado e o escuro. (Crédito: ESO)

1. NA ONDA DE EINSTEIN
A mais estrondosa revelação científica do ano veio em fevereiro. Físicos da colaboração LIGO, nos Estados Unidos, anunciaram a primeira detecção de ondas gravitacionais. Trata-se de uma antiga previsão da teoria da relatividade de Einstein. Dois buracos negros colidiram a bilhões de anos-luz daqui, gerando distorções no espaço-tempo que puderam ser detectadas pelos cientistas. O achado é só o primeiro de muitos, que devem abrir uma nova janela para a astronomia.

Concepção artística da colisão de buracos negros que gerou as ondas gravitacionais (Crédito: SXS)
Concepção artística da colisão de buracos negros que gerou as ondas gravitacionais (Crédito: SXS)

BÔNUS: MENÇÕES HONROSAS: Diversos outros eventos disputaram nossa atenção e, num ano mais tranquilo, facilmente teriam entrado no top 5. Merecem lembrança o espetacular fim da missão Rosetta, o anúncio dos planos de Elon Musk para a colonização de Marte, o teste do primeiro módulo tripulado inflável da Bigelow na Estação Espacial Internacional, uma nova missão tripulada chinesa, a chegada da primeira missão europeia ExoMars ao planeta vermelho, com o sucesso da nave Trace Gas Orbiter e o fracasso do módulo de pouso Schiaparelli, o início do voo da OSIRIS-REx rumo ao asteroide Bennu, a morte do astronauta John Glenn, a revelação dos segredos de Ceres pela sonda Dawn e o início da primeira missão lunar brasileira.

A coluna “Astronomia” é publicada às segundas-feiras, na Folha Ilustrada.

Acompanhe o Mensageiro Sideral no Facebook, no Twitter e no YouTube

Comentários

  1. Salvador,
    As descobertas 1 e 4 se anulam.
    Se ambos existissem, Planeta 9 e Ondas Gravitacionais, ao vagar pelo nosso sistema solar, o Planeta 9 geraria um tsunami, alterando as órbitas dos planetas e luas, então concluímos que apenas um dos dois possa existir.

  2. Salvador, não posso deixar de passar por aqui sem cumprimenta-lo. Parabéns por mais este ano e pelos posts brilhantes de muito nos ensinou e manteve-nos atualizado neste mundo fascinante e espetacular que é a astronomia. Você teve muitas conquistas e infindáveis elogios, todos merecidos com louvor. Acredito que o melhor evento do ano e também o mais festejado , foi o fato de eu ter iniciado a colocar posts aqui.
    Abraços e feliz 2017. Nossa torcida e apoio continua com a mesma alegria.

    Piccareta Espertini

  3. Parabéns por mais uma ano Salvador, apesar deste ainda não ter acabado.
    Que o Universo continue lhe proporcionando essa visão aguda, científica e ao mesmo tempo poética, ainda por muito e muito tempo. São homens como você que andam na frente iluminando o caminho da humanidade.
    Um 2017 com muitas Emoções Astronômicas.

    1. São homens como você que andam na frente iluminando o caminho da humanidade.

      Não acha que está a exagerar, Marcos?
      Qual será o próximo passo, fazer um altar em adoração ao Salvador?
      Ele, assim como eu e tu, somos homens falhos e mortais.

      O Salvador pode até anunciar com esmero aquilo que ele acha ser verdadeiro, porém torna-lo um deus, chega a ser insensato de sua parte.
      Esta é minha opinião.
      🙂

      1. Sim, somos falhos e mortais todos. Uns mais idiotas que outros, é verdade. Veja só, tem gente que não entende a diferença entre um iluminador de caminhos e um deus… É essa mania de ver deus em tudo. 😛

        (Em tempo: eu não me acho um grande iluminador de caminhos da humanidade; meramente faço a minha parte, no meu canto, sem encher o saco de ninguém. Nunca fui a blog religioso falar um “a” de nada que eles postam por lá.)

        1. Salvador, quer tu goste ou não, as palavras do Marcos Villa Verde demonstraram um nível de idolatria a você.
          Pelo que percebemos, ele deposita toda fé em ti, crendo que as tuas palavras são verdadeiras.
          Provavelmente ele não está sozinho nesta idolatria, e muitos “salvadorólatras” devem estar no mesmo barco.
          O meu comentário foi mais um alerta para ele, pois estando tu completamente errado, fazendo com que seus pensamentos te levem ao abismo (metaforicamente falando), eles também terão o mesmo destino que tu.

          O único que poderia ter a propriedade para “iluminador do caminho da humanidade” seria aquele que poderia, no mínimo, demonstrar característica divina, com algum ato miraculoso executado.
          Até o momento não temos evidências que tu conseguiu algum feito assim, logo é insensato qualquer um te classificar daquilo que tu não é.
          🙂

          P.S: Quanto aos meus comentários direcionados a este blog, eu os faço pois o mesmo é divulgado em um site público, com acesso liberado a todos.
          Como também acesso o site (Uol) não vejo um motivo lógico que me proíba de expressar minhas opiniões, principalmente quando eleva o seu proselitismo naturalista como se fosse “ciência”, enganando a muitos nesta idéia (como por exemplo o próprio Marcos, que chega a te idolatrar)

          1. Na verdade, você só publica aqui por conta da minha teimosa benevolência. Nem UOL nem Folha me passaram diretrizes para a moderação. Quem diz o que pode e o que não pode aqui sou eu. Bastaria eu estabelecer a regra de que não permitirei o uso do espaço para divulgação de religião e pseudociência e “puff!”, seus comentários vão todos para o céu. rs
            Continue assim, enchendo o saco. Quem sabe eu perco a paciência e resolvo adotar esta norma? 😛

          2. Mas tu não achas que a censura é um método de quem quer impor uma visão, sem deixar brechas para o contraditório? Não é um comportamento extremista e radical?

          3. Mas o meu comentário, ainda que como uma crítica, sempre é direcionado ao tema do tópico. Ou é isso ou é uma resposta a alguma pessoa.
            Se o assunto pende para outro lado, não é culpa minha.

            Não posso mais criticar os seus posts? Tu desejas que todos os comentaristas te digam amém e te idolatrem como o Marcos?

          4. Gostaria que as críticas fossem científicas. Acompanhadas de argumentos e artigos científicos fundamentados. Não de babaquices criacionistas. 😉

          5. Deixe ver se entendi.

            Quando por exemplo eu critiquei o seu post: “Astronomia: Testemunhos de formação planetária” de realizar proselitismos pseudos-científicos disfarçados de ciência, ao revelar que utilizaste uma evidência EMPÍRICA (um agregado de gás e poeira) para fundamentar uma fé que nem sequer foi ou é verificado e tão pouco possui artigos científicos fundamentados que o corrobore (no caso a SUPOSTA formação de novos sistemas planetários que SUPOSTAMENTE já está coalescendo), tu pede a mim os argumentos e artigos científicos fundamentados??

            Que tipo de ” argumentos e artigos científicos fundamentados” esperas encontrar para embasar esta minha declaração que na verdade está questionando a SUA declaração SEM EMBASAMENTO E ARTIGOS CIENTÍFICOS EMBASADOS ?

            Não acha que está invertendo o ônus da prova?

            A observação não demonstra nenhum “surgimento” e tão pouco uma coalescência. Ela mostra um agregado de gás e poeira APENAS.
            Estas duas posições hipotéticas são conjecturas, baseadas exclusivamente em fé cega (visto que no mundo real isso NUNCA foi observado), e se a declara como um fato, tu é quem deverá demonstrar argumentos e artigos científicos fundamentados.
            Cadé estes artigos que corrobore esta fé?
            Nenhuma é observada no seu post (por isso realizei tal comentário)

            Portanto, Salvador, o ponto aqui é JUSTAMENTE O CONTRÁRIO, ou seja, as minhas críticas feita a seus post são justamente aos pontos fictícios daquelas notícias que possuem pontos factuais com pontos fictícios.
            Perceba que em momento algum eu neguei existir agregado de gás e poeira (o que é bem observável) Eu apenas critiquei a conjectura hipotética do que aquilo, segundo tua fé, significa.
            😉

      2. Diogo Morelli, inveja é pecado.
        Parde encher o saco e vá comentar em bloggs que querem ouvir o que você fala.

        1. Inveja?
          O que tem a haver os meus questionamentos referente aos posts apresentados pelo Salvador, com inveja?
          Não entendi.

      3. Diogo Morelli, acho que você está falhando com as suas crenças:
        1) inveja é pecado.
        2) Soberba também
        Pare de encher o saco e vá comentar em bloggs que tem pessoas que querem ler as besteiras que você escreve.

  4. Salvador, e as noticias do desenvolvimento de um novo sistema de propulsão, surgidas, se não me engano, nesse 2o semestre? Isso mudaria os tempos necessarios para alcançarmos novos mundos, recursos, habitabilidade, etc. Aparentemente não foram relevantes…

    1. Não foram de fato. São uma promessa. Como toda promessa, precisam se concretizar, ainda que minimamente. Um primeiro passo importante foi dado neste ano, com a divulgação do primeiro estudo que passou por revisão por pares a indicar que a tecnologia pode funcionar. Mas ainda é muito difícil distinguir os resultados de erro experimental, de modo que não merece lugar no top 5. Quando demonstrarem o negócio em funcionamento no espaço, provando que funciona, aí certamente valerá um espaço. Diz a lenda que os chineses estão fazendo este teste. Veremos… 🙂

  5. Mano, discordo do teu top-5 com veemência e justifico!

    Neste teu top-5, …, 3 são apenas conjecturas, tipo:

    1 – Sobre esse planeta-9, (Alguém gravou?, … fotografou?, … Filmou?).

    NÃO! … portanto são apenas hipóteses matemáticas que estão “tentando” desvendar uma suposta perturbação gravitacional que “estaria” afetando o nosso sistema orbital planetário-estelar.

    2 – Planeta potencialmente habitável em Próxima Centauri?

    Próxima Centauri, uma “estrela fria” com cerca de metade da massa da nossa estrela SOL (pra ser bonzinho), podem esquecer!
    Um planeta na “zona habitável” dessa anã vermelha, teria que estar muito próximo dessa estrela-mãe (entre 15 a 30 milhões de km) e aí, seria devastado pelos ventos solares e um fluxo contínuo de partículas avassaladoras.
    Assim sendo, a atmosfera desse suposto planeta já teria ido prás-pikas.
    Portanto, ouso dizer que, não há a mínima condição de manutenção de vida, como a conhecemos, em um planeta orbitando tão próximo dessa estrela em questão. Isso “Non ecziste”.

    – 3 – Ondas gravitacionais?

    – Seriam dois buracos negros colidindo?
    – Duas galáxias colidindo?
    – Duas estrelas colidindo?
    – Dois planetas colidindo?
    Tudo isso pode gerar ondas gravitacionais.
    O difícil é estabelecer a causa, o objeto e, o local de origem.

    1. 1- Netuno já esteve nessa mesma situação (previsto matematicamente, mas não observado ainda). E hoje todo mundo conhece o nome dos caras que previram sua existência, e não os que acharam. 😉

      2- Os modelos sugerem que o planeta pode ser habitável. O seu conceito de habitabilidade é muito restrito. Não é para a gente morar lá. É para algo — qualquer coisa — viver lá. O que já seria espetacular. Vida em anãs vermelhas é um assunto quente, e podemos esperar teste dessa hipóteses em breve, pois são as que mais se dão aos nossos instrumentos. De toda forma, como eu disse, o mais importante na descoberta foi demonstrar que planetas com porte e mesmo nível de radiação solar da Terra são absolutamente comuns. Pouco importa se esse em particular tem alguma coisa. O que importa é que há um desses para cada um de nós, na Terra. 😉

      3- São dois buracos negros colidindo. Foi possível estimar a distância e a massa dos dois. Não há dúvida quanto a isso. 😉

      Acho que a sua vontade de contrariar falou mais alto. O único que considero realmente questionável é o planeta 9 — tenha-o como uma aposta minha, a confiança que tenho na matemática e nas leis da física. Os demais, ninguém discutiria. Ouso você encontrar um astrônomo que exclua Proxima b e as ondas gravitacionais de uma lista das cinco maiores descobertas astronômicas de 2016. 😉

      1. “vontade de contrariar falou mais alto”?

        Desculpe, Mano!
        Nem sabia que os temas propostos aqui eram só para dizer, “amém”.

        1. Nah, claro que não é para dizer amém! Você tem o direito de contrariar o que quiser, quando quiser! Só disse que você contrariou por vontade de contrariar, não por realmente discordar. Mas foi só um palpite meu. 😉

        2. Desculpe aí Nyco, vc sabe que aqui não precisa dizer amém.., mas pelo tom que vc usou, soou realmente como alguém só quis contrariar, mesmo q a intensão tenha sido boa.
          Amém!

  6. É reconfortante ver a beleza da Obra divina em cada detalhe da natureza. Se a Terra estivesse a uma distância maior do Sol, talvez fosse fria demais e não estivéssemos aqui. Se estivesse mais longe, o calor nos mataria. Mas Ele colocou a Terra EXATAMENTE na distância de 1 UA. Não é 1,1 nem 0,9, é EXATAMENTE 1,00. Da mesma forma, se a densidade da água fosse superior a 1g/mm3, certas reações biofísicas seriam impossíveis, se fosse menor, também. Mas Deus fez a água exatamente com a densidade correta, 1,00g/mm3. Há quem consiga ver nisso um sinal, mas há quem vê apenas ”coincidência”, por não conseguir ou não querer enxergar a Sua obra. Uma pena que num século de ciência tão avançada os “sabidos” não consigam ver os sinais mais simples que apontam para a razão de estarmos aqui.

    1. As medidas são todas arbitrárias. Não é uma coincidência que a densidade da água seja de 1 g/mm3. No século 18 definiram que 1 g seria exatamente a massa de 1 mm3 de água. 😉

          1. Não sei se é minha intuição feminina, mas algo me diz que esse “EU Tm” é o próprio Salvador Nogueira, exercendo uma dupla personalidade.
            Não que eu queira ou deseje isso, quero deixar bem claro..
            Mas uma pessoa que consegue alterar o texto em; negrito, normal, inclinado,… essa tarefa não é condizente para uma internauta comum como eu.
            Ou é o próprio Salvador, (espero que não), ou é um auxiliar íntimo, ou um estafeta, ou um mandalete vulgar.

          2. Huhauhau, nossa, sabe que você é a primeira pessoa que diz isso? 😛
            Não, não somos a mesma pessoa. Eu não sou criança. Eu não uso pseudônimo, muito menos em meu próprio blog. Algumas pessoas já viram eu e o EuTM juntos (caso do Afrânio, quando nos encontramos todos no lançamento do meu livro “Extraterrestres”), o que desmonta totalmente essa tese que, vira e mexe, alguém levanta.
            Agora, o uso de comandos para negrito e itálico nos comentários — que eu nunca usei, by the way — está acessível a qualquer boboca que saiba dar Google. Vide o Diogo Morelli, nosso criacionista anti-ciência de estimação, que tem usado com frequência o recurso.

          3. “Huhauhau, nossa, sabe que você é a primeira pessoa que diz isso?”

            Faltou o “essa semana” no final. 😛

            Mas uma pessoa que consegue alterar o texto em; negrito, normal, inclinado,… essa tarefa não é condizente para uma internauta comum como eu.

            Basta não ser um total e completo analfabeto em HTML que fica bem fácil de fazer, Bruxaqui Magali.

          4. Oi Magali… não precisa ser um “iniciado” pra conseguir esses efeitos no texto. Com 15 min de HTML, vc faz sozinha.

            Uma bem simples: se quiser negrito como aqui, basta vc escrever <B>aqui</B>.

            Mas vai outra dica: use com moderação. Senão, o texto fica parecendo árvore de natal.

          5. “ESTAFETA” !!!! KKKKKKKKKKKKKKKKKK Adorei!!!!!!!! Até a inicial é a mesma! EuTM é o ESTAFETA. Ou “Eustafeta”. iuaheiuaheiuhaiuheaiuhaiehaiuh

      1. Ah sim claro foram os homens e não Deus quem determinou quanto que a água pesa…. Siênsia, mano, Siênsia!

        1. Foram os homens que determinaram que 1 mm3 de água pesaria 1 grama, sim. Deus, que eu saiba, não aderiu ao Sistema Internacional de Unidades. Podemos imaginar perfeitamente que, na escala divina, 1 moisés cúbico de água pesa 38 ananias, quem nem é um número tão bonito assim. Cabalístico talvez, mas não particularmente inspirador de uma ordem superior. 😛

          1. E a distância da Terra ao Sol? Porque é que é EXATAMENTE 1 UA, hein? Foi o homem que colocou a Terra aqui, no século 15?

  7. Top Five e nenhum comentário top,
    o povo já tá de férias, não querem usar seus cérebros esse final de ano.

  8. Olá Salvador! Parabéns pelas notícias de astronomia de 2016. E para 2017? O que teremos de novidades? Tenho um palpite: teremos uma supernova visível a olho nu! Se acontecer, conte ao público sobre meu palpite!

  9. para entendermos . a gloria da expansão do universo . temos que conhecer primeiro a nós mesmos , o quanto somos capazes enquanto seres potencialmente frágeis,em um mundo todo biológico.Mas : a formação do nosso planeta, e tudo o que nele há,para chegar ao ponto que esta, sem duvida precisou de um bom tempo para adaptação de seres vivos se manterem aqui,
    agora imaginamos um outro planeta igual ou quase igual ao nosso como seria?

    1. Seria igual ou quase igual ao nosso? Qual a dificuldade?
      Igual não seria possível, pois o Universo não faz cópias idênticas de si mesmo.
      Quase igual seria algo como semelhante não é mesmo?
      Pois bem: Igual a Expedito Sales Marinho não existe, mas semelhante a ele posso contar, só no Planeta Terra mais de 7 Bilhões.
      Minha conclusão: O universo é semelhante a si próprio em todos os lugares, portanto, vida semelhante a nossa é simplesmente uma constante matemática. Não uma possibilidade, mas sim uma constatação matemática apenas aguardando o momento de sua confirmação.

  10. Salvador, o Top Five do ano é irrepreensível. Acredito que só sera suplantado pelas novidades/descobertas que teremos em 2017. Feliz ano para todos nós que fazemos parte deste “grupo” e nossas famílias. Abcs…

  11. A Astronomia sendo confirmada como a ciência do momento! A maravilha do Infinito se revelando á humanidade.

  12. Não acredito que a Confederação Intergalática não entrou na lista!!!! 🙁

    Pelo que entendi, o Planeta 9 não seria anão, correto? Estaria além de Plutão ou aquém?

    1. Não seria anão. E a “confederação galáctica” é uma especulação, na melhor das hipótese, no momento. Quando confirmarem, certamente saltará para o primeiro posto daquele ano — quiçá da história inteira… rs

  13. Olá Salvador!
    Que experimento da missão brasileira Garatéa pode trazer novidades científicas dignas de um nº 1?

  14. Bela lista, Salvador!

    Eu colocaria o anúncio do Musk na lista, porque Marte É a próxima parada, a curto e médio prazo. Percebo certo receio da comunidade científica em relação a “iniciativa privada” assumir a liderança na exploração espacial. Acho isso um equívoco, até porque governos dos EUA/Russia/China sempre demonstraram que têm visões distorcidas dos benefícios que eles querem alcançar com isso (armas, dominação e guerras). Confio mais no Musk que no Putin.

  15. Salvador. Você poderia fazer um exercício de futurologia e tentar fazer previsões para o ano que vem….abraços

        1. Valeu, Raf! Para todos nós! Exceto para os terraplanostras, conspiraciotários e o Diogo Morelli religiosos extremistas, esses eu quero que ardam no mármore do inferno. Ô bichos chatos!

          😉

        2. Eu™, o DM está próximo de ser fundamentalista, Se já não o é.
          Será que alguém aguenta ele. Ele não troca, não compartilha, não dialoga,
          É o senhor da razão. Estranhíssimo.
          Só contesta. Nunca apresenta nada. Veja o Post de 10/10/2016 – O Oceano de Dione…
          Além de vários Km de bate boca, só contestando o Salvador, ele não apresenta nada.
          Fiz uma colocação para expor no que acredita, no que pensa, no que pode nos ensinar…
          veja o que respondeu….fugiu igual o diabo foge da cruz, kkkks
          Disse que não é o trabalho dele, etc… ou seja… tem “MEDO” de se mostrar…ridículo. rsrs

          1. Até já inventaram uma sigla para mim? “DM” rsrsrsrs

            Raf, veja bem, como disse e volto a repetir, o meu papel neste blog é apenas QUESTIONAR.
            O local onde eu defendo os meus argumentos não é aqui, mas aqui: https://darwinismo.wordpress.com/
            Porque não nos faz uma visita e tenta nos questionar nas propostas apresentadas?
            Seja “chato” como eu, e tente, por intermédio de argumentos, criticar os posts lá apresentados.
            Opiniões divergentes (desde que se mantenha no respeito) sempre serão bem vindos.
            🙂

          2. Ahahaha DM, Feliz 2017. Veja se muda um pouco, é exagerado no fundamentalismo.
            Isso é muito velho, ultrapassado, obsoleto em nossas terras.
            Open your mind.

          3. Feliz 2017 a você também.
            Mas eu só não entendi o seu ponto, como pode dizer que sou exagerado no fundamentalismo se não estou defendendo nada (só estou QUESTIONANDO)?
            Todos os questionadores, a ti, são fundamentalistas?
            Não vejo ligação, ou mutualidade exclusiva entre questionar a “entidade” evolução (cósmica/estelar, química e biológica) ou interpretar literalmente a Bíblia.
            Acha que todos céticos a “evolução” são fundamentalistas?

          4. Acho que todos os “céticos” à evolução são fundamentalistas sim. E adorei que você colocou as aspas. É o caso de usar aspas mesmo. Porque não tem nada de ceticismo. É fundamentalismo religioso mesmo. Negacionismo puro. Nem com todas as evidências, os negacionistas se dobram. É bem o caso aí.

          5. Mas as aspas foi na palavra evolução e não na palavra cético. Eu coloquei uma aspa lá pois a evolução, empiricamente não se observa. O que nós observamos frequentemente é uma Involução, sendo ela de qualquer natureza (nas esferas cósmica/estelar, química e biológica).

            Quanto o suposto fato de apenas os fundamentalistas negarem o Darwinismo, devo presumir então que tu acredita que não há fundamentalistas darwinistas?
            Um fundamentalista acredita em seus dogmas como verdade absoluta e indiscutível.

            Conheço vários darwinistas (tu inclusive) que por fé endossam os “deuses” evolução como a verdade absoluta e indiscutível.
            Vais negar que pensa assim desta “vaca sagrada” de Darwin, que não se contentou no âmbito biológico, mas ampliou para o químico e cósmico/estelar?

          6. Você não só é exagerado no Fundamentalismo, como é Fundamentalista. E pior, prega isto a seus asseclas.
            E NÃO! Todos os questionadores não são fundamentalistas, muito pelo contrário, mas Você É.
            O que acho mais interessante é que 99,9% de padres, Bispos, … não possuem este seu comportamento.
            Eles não tem essa posição esdrúxula da qual é defensor, dizendo que sua função é questionar e não explicar nada. Você não explica nada, porque não sabe. Zero a esquerda em fundamentos da Ciência.
            Você tem medo. Como não sabe dos fundamentos, e as poucas vezes que se aventurou a falar deles, levou trombada, você vem com esta bobagem que:…- “minha função é questionar e não explicar”
            Você é fundamentalista. E começa a se expor, quando diz, – Interpretar literalmente a Biblia -, mostra seu fundamentalismo radical.
            Outra prova de seu fundamentalismo radical, é sua pergunta: – Se eu acho que todos “céticos” a evolução são fundamentalistas. Sim, eu acho.
            Agora ficou claro para mim como a Luz do Dia, você é Fundamentalista Puro, Radical, Atrasado, Ultrapassado.
            Open your Mind.

          7. Você não só é exagerado no Fundamentalismo, como é Fundamentalista.

            E deduziste isso apenas com minhas QUESTÕES?
            Um fundamentalista acredita em seus dogmas como verdade absoluta e indiscutível (o que pode ser bom ou rum)
            Se eu estou QUESTIONANDO um argumento que claramente se apresenta fazer parte de um dogma e não estou propondo nada, como podes deduzir que sou um fundamentalista por isso?
            Que lógica é essa?

            E pior, prega isto a seus asseclas.

            E desde quando QUESTIONAR é pregar alguma coisa?
            Tu consegues diferenciar um ensinamento de um questionamento?

            E NÃO! Todos os questionadores não são fundamentalistas, muito pelo contrário, mas Você É.

            Olha, pelo nível de comentário de sua parte, onde não toleras questionamento, podemos claramente ver que além de fundamentalista, tu és um extremista.
            Fundamentalista porque tomas a “evolução” como um dogma indiscutível e extremista porque não permite questionamentos a este dogma.

            O que acho mais interessante é que 99,9% de padres, Bispos, … não possuem este seu comportamento.

            Se 99,9% dos padres e bispos não possuem o meu comportamento de QUESTIONAR o dogma evolucionista, eles o fazem pois assumem este dogma, assim como tu.
            Com outras palavras, eles são os seus “irmãos” de fé.

            Eles não tem essa posição esdrúxula da qual é defensor, dizendo que sua função é questionar e não explicar nada.

            Ou não interpretou corretamente minhas palavras ou desonestamente está a inverter o que eu falei.
            Eu disse que meu papel NESTE BLOGUE é questionar. Eu NUNCA DISSE que meus argumentos são restritos a questionamentos.
            Por uma questão óbvia eu não cometo tal comportamento, pois achoa uma falta de respeito utilizar o blogue de outra pessoas para propor minhas propostas.

            Os argumentos por mim apresentados, como disse, estão aqui: https://darwinismo.wordpress.com/

            Você não explica nada, porque não sabe. Zero a esquerda em fundamentos da Ciência.

            Até quando fechará os teus olhos para os fatos?
            Já é a terceira vez que cito o blogue onde estão os argumentos endossados por mim mas até agora continuas a repetir uma mentira.

            Outra prova de seu fundamentalismo radical, é sua pergunta: – Se eu acho que todos “céticos” a evolução são fundamentalistas. Sim, eu acho.

            Ironicamente, o fato de generalizar, chamando todos os céticos a evolução de fundamentalistas radicais, revelam claramente o TEU fundamentalismo radical. rsrsrsrs
            Quem diria, não? Um fundamentalista radical chamando todos os céticos a sua doutrina de fundamentalistas radicais. 😀

            Agora ficou claro para mim como a Luz do Dia, você é Fundamentalista Puro, Radical, Atrasado, Ultrapassado.

            Eu digo justamente o contrário. O teu preconceito e radicalismo deixaram claros a natureza fundamentalista e radical que possui.

            Saia dessa, saiba conviver com os céticos a sua fé sem enxerga-los como inimigos intelectuais.
            “Open your Mind” (rsrs) 🙂

          8. Este tipo de argumentação sua, de correr atrás do rabo, não funciona mais.
            Não sabe sobre ciência. Divaga como um afetado.
            Inimigos intelectuais, ahaha… que bobagem, não apela. Coisa de criancinha.
            Você é claramente um Fundamentalista Puro, Radical, Atrasado, Ultrapassado.
            Felicidades em teu caminho. Open your Mind

          9. Raf, obviamente se observa que este teu último comentário é resultado de sua falta de argumento.
            Como não possui nada para rebater as minhas alegações, o mais fácil é sair caluniando e mentindo, certo?
            Sabia que esta característica é muito comum a “pombos enxadristas”?

        3. E tem mais, fiz uma menção sobre quando ele se aventurou a falar da 1ª Lei da Termodinâmica, falou um monte de bobagens e o Vinicius deu uma aula para ele. Post de 28/9/2016 Astrônomos flagram….. DM nunca mais voltou para tentar contestar. Ou seja, tecnicamente ele não sabe NADA.
          Afetação pura.

          1. 1º da Termodinâmica? Não me recordo ter falado desta lei (muito embora ela também seja um problema para os crentes no Big Bang)
            As minhas menções foram sobre a 2º da termodinâmica
            Quanto a citação do Vinícios, confesso que passou em branco.
            Darei uma olhada no que ele comentou e farei minhas considerações.
            Obrigado por me avisar
            🙂

  16. Imagino o trabalho que deve ter dado para escolher esta classificação. Mas também entendo que qualquer um apaixonado por astronomia e física pode fazer sua própria lista sem prejuízo desta e sem a necessidade de grandes posts sobre a escolha. Muito feliz a classificação do Planeta 9 nesta lista. No passado, a perturbação de orbita de Urano foi crucial para encontrar Netuno. Será que a partir destas perturbações podemos determinar a localização do ninth?
    Salvador, a perturbação de orbita calculada pela Caltech é suficiente para calcularmos dados de tamanho, densidade, tempo de órbita em anos terrestres, tipo de superfície? Não seria só mais um pedrão de gelo, para o belo whisky gigante?

Comments are closed.