Mensageiro Sideral

De onde viemos, onde estamos e para onde vamos

 -

Salvador Nogueira é jornalista de ciência e autor de 11 livros

Perfil completo

Publicidade

AO VIVO: SpaceX lança foguete da plataforma que levou o homem à Lua em 1969 (agora vai)

Por Salvador Nogueira

A SpaceX faz neste domingo sua segunda tentativa de lançar a missão CRS-10 de transporte de carga à Estação Espacial Internacional. E ela tem um sabor especial: será a primeira a decolar da plataforma 39A, no Centro Espacial Kennedy, na Flórida. De lá decolou a missão Apollo 11, que levou os primeiros humanos à superfície da Lua, em 1969. O pad não é usado desde o último voo de um ônibus espacial, em 2011. A decolagem está marcada para as 11h39, horário de Brasília, e o Mensageiro Sideral transmite ao vivo, a partir das 11h30.

A missão será impulsionada pelo foguete Falcon 9, em seu segundo voo desde o acidente que tirou a SpaceX de ação em setembro do ano passado.  A exemplo de seus lançamentos anteriores, a companhia tentará pousar seu primeiro estágio para futura reutilização.

A CRS-10 levará diversos experimentos interessantes para realização a bordo da ISS. Um deles estimulará mutações numa bactéria mortal, a  Staphylococcus aureus resistente à meticilina, na esperança de que os cientistas descubram modos de combatê-la. Em outro estudo, os astronautas promoverão a cristalização de um anticorpo monoclonal humano desenvolvido pela farmacêutica Merck para tratar doenças imunológicas. Cristalização é muito mais simples e eficiente num ambiente de microgravidade do que na Terra.

A cápsula Dragon, da SpaceX, também levará o equipamento Raven, um instrumento experimental com o objetivo de testar técnicas de aproximação e atracação totalmente autônoma de veículos no espaço. Durante dois anos, o sistema deve operar na ISS comparando seus resultados automatizados com os conduzidos nas atracações manuais.

A exemplo do Raven, outro experimento que será instalado do lado de fora da estação é o SAGE III, que tem por objetivo monitorar a presença de ozônio, aerossóis, dióxido de nitrogênio e vapor d’água na estratosfera e na troposfera.

Blogs da Folha

Publicidade
Publicidade
Publicidade