AO VIVO: Nasa anuncia novas descobertas sobre mundos-oceanos além da Terra

Salvador Nogueira

A Nasa, agência espacial americana, apresenta nesta quinta-feira (13) novos resultados obtidos com a sonda Cassini e o Telescópio Espacial Hubble sobre os mundos-oceanos do nosso Sistema Solar. Confira a entrevista coletiva ao vivo, com tradução simultânea do Mensageiro Sideral.

Participam do evento no Quartel-General da Nasa:

– Thomas Zurbuchen, vice-administrador do diretório de ciência no QG da Nasa em Washington.
– Jim Green, diretor da divisão de ciência planetária no QG da Nasa.
– Mary Voytek, astrobióloga sênior no QG da Nasa.
– Linda Spilker, cientista de projeto da Cassini no JPL (Jet Propulsion Laboratory), em Pasadena, Califórnia.
– Hunter Waite, líder da equipe do Cassini Ion and Neutral Mass Spectrometer no Southwest Research Institute (SwRI) em San Antonio.
– Chris Glein, associado da equipe do Cassini INMS no SwRI.
– William Sparks, astrônomo do Space Telescope Science Institute, em Baltimore.

Acompanhe o Mensageiro Sideral no Facebook, no Twitter e no YouTube

Comentários

  1. Pergunta 1: Ficaremos isentos do pagamento da conta de água?

    Um aparte. Hoje (ontem) meu filho estava jogando LittleBigPlanet e uma personagem disse: “Sou alérgico a afogamento”.

    Pergunta 2a: teremos de comprar escafandro, cilindros de oxigênio e pés-de-pato?

    Pergunta 2b: Têm pra todo mundo (escafandro, cilindros de oxigênio e pés-de-pato)?

    Pergunta 3: É a Sabesp quem administra os mundos-oceano ou é a Marinha?

    1. acho que não, a dessanilização destas águas é mais complicada, e portanto mais cara… 🙁

  2. Salvador,
    Eu acho que o nome dado a este fenômeno físico necessário para explicar o modelo cosmológico atual, é bem pouco adequado. Que existe alguma interação, ainda não conhecida, é fato e as observações apontam cada vez mais nesta direção. Da mesma forma que no passado os cientistas bolaram modelos malucos para tentar explicar o que observavam, acho que estamos repetindo experiência semelhante. Quando ficar esclarecido o que é exatamente a matéria escura e a energia escura, vamos nos surpreender. E dai surgirá um novo conceito de Universo, totalmente diferente do atual. Acho mesmo que este processo já é o colapso do universo após passar pela expansão máxima.

  3. Só tem um problema!

    Quando você posta esse tipo de coisa, Salva, esquece que está deturpando a cosmovisão de muitos.

    Eu, por exemplo,acredito em um só mundo, um só Deus, um só inferno e um só céu.

    Essas ideias de muitos mundos, por mais que sejam fatos, atrapalham, prejudicam e subvertem a minha cosmovisão, aquilo que aprendi da vida. Hoje, vivo num grupo de pessoas que, através da religião e da ideia de um único mundo conseguem sobreviver bem, se ajudam, geram empregos, fazem a renda circular: um grupo muito forte, que entra até na esfera política, garantindo uma ótima vida para mim e para os meus familiares, com todos os recursos disponíveis e um conforto que nunca tive nos tempos mais precários. Portanto, vivo muito bem sem essa de querer abalar os pilares da sociedade com descobertas mirabolantes, conceitos inovadores ou qualquer coisa que ameace o que já está pronto, o que já está bem.

    Por isso que eu digo, por mais que você venha com fatos comprovados, é melhor esses fatos sejam assassinados, aniquilados, destruídos, extintos, ocultados. Melhor isso do que perder meu emprego, ver minha família passando fome, ou ver a minha igreja e toda a renda e influência que gera aniquilados por esses pensamentos ditos refinados, nobres, e científicos, mas que não conseguem vender uma bala.

    Quero uma verdade fácil, pronta e rápida, uma verdade que basta um bater de olhos para se tirar uma conclusão, e não um amontoado de pensamentos perdidos e vagos.
    A vida é muito simples: é comida do prato pra boca, é dinheiro do banco para a carteira, é uma mulher esperando na cama. Então não me venha a ciência mexer nisso, aí está a vida boa, e não precisa de grande inteligência, só preciso de um grupo grande de gente, um grupo forte e coeso, e que esse grupo defenda com a vida aquilo que eu desejo.

    Pronto, falei.

    1. Arthur, até agora não me decidi se você fez graça ou não. Mas veja: não sou contra grupos que tenham coesão social e promovam ajuda mútua. Mas você parte do pressuposto de que a coesão social do grupo precisa ser baseada numa mentira, e não precisa. Há muitos grupos que se ajudam mutuamente e não impõem a si mesmos dogmas já demonstrados como falsos. Acho até que você pode ter grupos assim sem nenhum dogma envolvido. O ser humano tem por característica a reunião em grupos em prol do benefício da coletividade. Com ou sem religião, ele vai fazer isso. Pouco importa se a ajuda para o seu negócio vem da sua igreja ou do seu clube de campo. 😛

      1. Entendi o que você disse. Só que os grupos religiosos já estão aí. E precisam SIM de verdades alternativas para continuarem.

        Já não é mais possível tornar um grupo religioso coeso sem verdades alternativas. E digo mais, nem uma torcida de futebol se mantém sem verdades alternativas.

        Se quisermos embarcar nessa de ciência, teremos que desmontar a cosmovisão existente e isso implica em diluir a força dos grupos que existem, o que vai contra os objetivos das pessoas que já estão nesses grupos.

        Fora da mente pode existir biologia e astronomia, o que você quiser, mas dentro da mente só existem objetivos a serem alcançados, e esses objetivos podem muito bem ser amparados por verdades alternativas.

        Acho que é mais fácil construir novos dogmas do que educar na ciência, do tipo de dogmas que evitem o pensamento científico. Por exemplo, se conseguirmos substituir a culpa do édipo pela culpa científica: para criança é uma vergonha observar a mãe nua, deve haver uma correlação disso com observar o céu e estudar fenômenos, ensinando que é o mesmo que ver Deus nu. Captou? Logo, do mesmo modo que bloqueamos o incesto com a mãe, poderemos tornar o simples ato de pegar um telescópio num tipo de incesto universal. Muito mais simples do que alfabetizar ou do que fotografar buracos negros.

        1. Acho que grupos religiosos que estão aí e precisam de verdades alternativas têm de ser criticados.
          Mas não é verdade que todos os grupos religiosos que estão aí dependem de verdades alternativas. Os espíritas, por exemplo, têm tanta consciência de que seus dogmas se restringem ao campo metafísico que, caso a ciência de algum modo os contradiga, eles são os primeiros a dizer que a ciência vem primeiro, e a doutrina precisa se adaptar. Ou seja, é possível ter uma cultura religiosa que não conflite com a realidade física. Se você mantiver os dogmas no domínio da metafísica, tudo bem.
          Sobre a questão de embarcar ou não na ciência, torço para que os dogmáticos anti-ciência sejam os primeiros a NÃO EMBARCAR. Sua vida será bem curta e improdutiva sem antibióticos, computadores, tratamentos médicos, tecnologias agrícolas etc. O injusto na verdade é defender o fim da ciência e ainda assim se beneficiar de todas as tecnologias geradas pelo pensamento científico. Que voltem para as cavernas e não encham o saco então.

          1. Aí não. Voltar para caverna? Nem a pau!

            Já disse: grupos fortes. Enquanto o grupo religioso for maior do que o grupo cientificista, usufruiremos dessas descobertas todas e ainda por cima dominaremos o campo metafísico.

            A explicação é simples: nem todos os humanos estão aptos para pensar, alguém tem que manobrar essa turma para o caminho certo.

            Desculpe se pareceu graça, mas vocês dizem isso porque a sua sobrevivência nunca dependeu disso.

          2. Que tal a razão guiando as pessoas? Mas entendo a sua vontade de perpetuar a idiotice alheia — mais fácil manobrar as massas, né? Não sei se, em alguma religião, alguém vai para o céu de manipular as massas com mentiras, mas claramente você não é religioso.

            Quanto ao blog, pode até ser uma luta perdida, mas os homens e mulheres de bem jamais desistiremos de convencer as pessoas de que elas devem pensar por elas mesmas, e não seguir feito gado um bando de canalhas que se dizem iluminados por Deus e sustentam isso com ignorância, obscurantismo e mentiras. 😉

          1. Olha, a ignorância das pessoas é o melhor vídeo game que existe. Se vocês não souberam aproveitar disso e ficarem ricos, aí não posso fazer nada.
            Sou religioso sim, pois vivo e prolifero o que acredito, e se as pessoas acreditam, qual o problema? São verdades que não são fatos, todos sabem disso, são mitologias contemporâneas.
            Mas Salvador, desculpe-me, mas as pessoas não têm esse poder de pensar por si mesmas, elas precisam de uma diretriz, a maioria delas, e essa diretriz é que vai dar a noção de realidade. Tudo fora dela é irreal.
            Não é canalhice, é cultura humana.

        2. Como se o problema de todo o mundo se resumisse em religião, como se o avanço tecnológico tbm não causou agravo para a humanidade, bombas atômicas, armas químicas, Coreia do Norte, Siria, o aquecimento global não tem sido acentuado por causa da produção industrial dos países de primeiro mundo que bombardeiam a camada de ozônio todos os dias, chumbo pra todo o lado, Mineiras contaminando rios inteiros e cidades sendo dizimadas, na China usam mascaras para saírem nas ruas. Tá bom que só os religiosos (uma parte e não a maioria) manipulam, conta outra, na área cientifica só tem puritano…kkkkkkkkkkkkkkkkkk
          Hoje tem muito cristão estudado e esta conversinha de ser enganados por ignorância e não saber pensar é outra incoerência pois vc tbm que com todo este intelecto elevado, cheio de conhecimento tbm pode ser manipulado do mesmo jeito, isto não te isenta. A sua conversa é meio manipulada, leia o seu comentário e verá cheia de intenções escondidas.
          Aprende mais esta Artur.

          1. Rapaz, se você acha que esse cara é concorrência, você é tão fake quanto ele. Medo.

      1. É um produto como outro qualquer, e daí? Vendo mesmo e tenho orgulho.
        Vendo mitos e fábulas divinas, e bem caro. E tenho muito sucesso.

        1. A velha PSICOLOGIA REVERSA e das mais baratas ainda, está na cara que quando ele diz: “É um produto como outro qualquer, e daí? Vendo mesmo e tenho orgulho.
          Vendo mitos e fábulas divinas, e bem caro. E tenho muito sucesso.”
          Está apenas expressando a opinião dele, a visão que ele tem do mundo religioso, mais um que não tem fé no Deus criador e tenta desqualificar os que creem!!!! Vai ter que se esforçar mais!!!!! Muito fraco os argumentos!!!!

    2. Arthur Fellinaro: Entendo a sua postura como a de um covarde religioso e imbecil que se aproveita da imbecilidade dos religiosos. Claro que como todo indivíduo amoral e improdutivo usufrui daquilo que a ciência descobre e atribui isso ao seu pseudo-deus anunnaki de merda! A vantagem dos verdadeiros humanos é que, um dia, nos veremos livres de bosta como você!

    3. Na verdade esse post foi uma grande zoeira. Mas poderia ter sido a campanha do próximo Presidente.

    4. Oi, Salvador.

      Desculpe por fazer esses comentários absurdos de Poe, sou um escritor falido e fracassado e aí gosto de criar personagens de comentário. Geralmente revelo que era brincadeira no final.

      O que faço são paródias do que falariam as pessoas sacanas se elas fossem sinceras ou tivessem mais noção do que fazem rs. Foi mal por poluir sua lista!

      Abraço.

        1. Salva ,

          Fiquei na dúvida se me metia nessa conversa,mas não resisti.

          Carl Sagan convidou certa vez o Dalai Lama para visitar um dos laboratórios da Nasa e lhe mostrou os dados mais recentes á época sobre astrofísica e ciência planetária. Lá pelas tantas empolgado pelo interesse do líder religioso com as coisas da ciência Sagan lhe perguntou: ” E se a ciência provasse de forma inequívoca que a reencarnação ( Crença básica do Budismo) não é real ,o que ocorreria ? O Dalai Lama sorriu ,pousou a mão no braço de Carl e respondeu calmamente : “Não creio que seja possível a ciência provar tal coisa”. Sagan, insistiu: “mas vamos supor que possa , qual seria a posição de Vossa Eminência sobre isto ? ” O Dalai Lama, olhou nos olhos de Carl e disse: “Se algum dia a ciência provar que a reencarnação não existe teremos que rever nossas crenças à luz desse fato”. Carl Sagan e o Dalai Lama mantiveram uma sólida amizade e se corresponderam até os últimos dias de Carl.

    5. Arthur Fellinaro, vamos combinar, você é um salafrario, vigarista, mentiroso, e abusado, que vive e lucra às custas da ignorância alheia. É inacreditável a sua coragem de fazer uma postagem como a que fez aqui. Honestamente, para mim, você é um caso de polícia. Desejo sinceramente que você seja desmascarado muito em breve.

      1. Caro Arthur Fellinaro, vê se não repita mais essas coisas, vc não viu que o nosso nobre Salvador têm muita coisa pra fazer? Não fique azucrinando ele e os nossos leitores, respeite!

    6. O Arthur estava “zoando” com os seguidores da Igreja dos Morons e vocês não entenderam a intenção dele? Os morônicos mais fanáticos estão furiosos agora que eles também perceberam que foram enganados.

    7. O fato de existir vida extraterrestre não destrói os grupos a que se refere, apenas muda a forma deles pensarem. Seus valores DEPENDEM que não haja vida lá fora? NÃO ACREDITO!

      O mundo não acabou quando uma nova religião, a Cristã, sucedeu as religiões antigas… o mundo seguiu em frente de qualquer forma, apesar do atraso decorrente da destruição de muitos pergaminhos antigos e da biblioteca de Alexandria pelos novos fanáticos. Se os diretores da dita Biblioteca tivessem simplesmente pedido uma cópia dos novos “livros sagrados” para deixá-los à disposição de quem quisesse estudá-los, talvez ela ainda hoje estivesse de pé.

  4. Eu fico imaginando o dia que a Science publicar que descobriram vida inteligente em outro planeta.

    Pensa no Salvador tendo que esperar esse 1 dia de embargo pra dar a notícia!!!!!

    1. Acho improvável, porque dependeria da presença de oxigênio, que por sua vez dependeria de fotossíntese, que por sua vez seria bem difícil de fazer de 5 a 10 vezes mais longe do Sol do que a Terra, sob 10 km de gelo. rs

        1. Nãão… você está brincando. Não pode ser verdade.
          😛
          Fora a brincadeira, o problema de O2 é que ele de fato é gerado nos oceanos a partir de H2O (assim como H2), mas em quantidade modesta e em desequilíbrio químico, ou seja, tende a se desmanchar e voltar a ser H2O com o passar do tempo. É preciso uma fonte constante e intensa de O2 “novo” para manter uma concentração boa no oceano que permita a existência de metabolismo multicelular. As quantidades projetadas para essas luas produzidas por mecanismos geofísicos não são suficientes, e a fotossíntese lá não é uma opção muito realista. Mas quem sabe? A natureza sempre dá um jeito de nos surpreender…

        2. Lembra-se daqueles desastres ambientais onde aparecem vários peixes mortos por falta de oxigenação na água? De alguma forma faltou oxigênio dissolvido nas águas onde eles vivem e eles morreram sufocados. Este oxigênio provém em sua grande maioria da fotossíntese das microalgas que existem nos oceanos, lagos e rios. Morrendo as algas ou se reproduzindo demais outras que competem pelo oxigênio, o gás dissolvido diminui e os peixes morrem.

  5. Boa tarde, Salvador! Interessante o comentário do leitor Luiz B. e a sua resposta. Para quem comprou livros sobre Astronomia no começo dos anos 60 (incluindo “O Universo” de Isaac Asimov!) , é um pulo fantástico em matéria de informação! Agora estes livros são mera curiosidade…
    E acabei assistindo, na Netflix, o filme “Europa Report”. Não sei se assistiu, achei interessante, mas cheio de furos – os tripulantes, mesmo com a nave pousado na superfície, agiam como se estivessem na Terra… e a NASA ou ESA jamais pousariam algo tripulado na superfície sem saber se há vida ou não, seja do que tipo for. Mas… como ideia é interessante, não? Seria possível que vida desenvolvida, em outros lugares, com base em água, possam “devorar” os humanos, como nesse filme? Bioquímica seria compatível em geral?

    1. Carlos, eu gostei bastante de Europa Report, apesar dessas ressalvas aí que você fez. Acho que ela comer humanos poderia ser instintivo e inevitável. Sobreviver à comilança são outros 500. Mas difícil dizer. Depende basicamente de quanta latitude a vida tem para se desenvolver de formas diferentes em mundos diferentes. Como só conhecemos vida em um mundo, não sabemos essa resposta ainda.

      1. Se a criatura sobreviver à comilança tomando bicarbonato de sódio, já servira como dado, ajudando a saber o quão são compatíveis na bioquímica… kkk. Pena que as missões que poderão dar alguma resposta só estarão lá em fins de de 2020. Muito tempo até lá. Mas já estão falando que usarão o SLS para lançamento do Europa Clipper, o que encurtaria consideravelmente o tempo da viagem. Se usarem o SLS saberemos o quão os cientistas estão ansiosos – e confiantes em resultados positivos a curto prazo. Acho que na conferência de amanhã poderemos ter mais detaçhes também sobre a missão a Europa….

        1. Na verdade, se usarem o SLS, saberemos o quanto a Nasa está desesperada por justificar o desenvolvimento de seu foguete de alta capacidade caríssimo… os cientistas, como sempre, dançam conforme a música. 😛

          1. De fato, se usarem o SLS< será por dois motivos: desesperado para justificar os investimentos, como citou, ou por causa da importância das descobertas… ops, tem alguém batendo à porta? Perai, vou abrir…. Essa NÃOOOO!!! É o Elon Musk, oferecendo o Falcon Heavy! 🙂 🙂 🙂 Sujeito persistente hein?

    2. Pqp!!! Esse filme é da hora! Fiquei empolgado com ele, apesar das limitações, creio que tem vários monstrinhos por lá. E, é isso que a NASA vai dizer amanhã, heheheh.

    1. Acabei de ver o release. A Exame está rápida!
      Pois é. É mais uma evidência de que a matéria escura é real. Os caras basicamente mediram lentes gravitacionais em pares de galáxias para enxergar distribuição de matéria “invisível” entre elas e aí encontraram esse elo entre duas galáxias que é compatível com a ideia de um filete de matéria escura entre elas, conforme previsto pelos modelos cosmológicos.
      É como já falei em mais de uma ocasião: a matéria escura, embora ainda não saibamos o que é, será uma proposição bem difícil de derrubar. Tudo aponta para o fato de que ela existe mesmo.

        1. Talvez. Não sei, cara. As coisas vão escapando pelos dedos. Hoje teve pelo menos três histórias legais: uma sobre o ALMA medindo o DeeDee e concluindo que é planeta anão mesmo, uma do JPL que mostra que planetas rochosos do tipo Tatooine (com dois sóis) podem ser habitáveis e essa da matéria escura. Eu adoraria ser umas três pessoas e poder fazer tudo — e ler tudo a fundo –, mas não consigo. Acabo vítima do meu próprio cansaço (faço outras coisas além do blog e acabei de terminar de escrever um livro) e da sequência de eventos (amanhã já tem essa coletiva, que promete ser bem legal também, ainda mais com o fim iminente da Cassini).

          1. Já pensou em ter um “estagiário” pra te ajudar? Todos que vêm aqui querem confirmação/mais explicações do que leram em outro lugar 🙂
            Sei que é arriscado , pois duas cabeças = 3 ou mais sentenças. Você podia fazer como o Stephen Hawking, que assina um SH num texto do facebook quando foi ele mesmo que “escreveu” o post.

          2. Tem várias coisas aí. Primeiro, valorizo a interação com as pessoas. Segundo, não tenho grana para “estagiário”. Terceiro, sinto que diversos leitores do blog já cumprem esse papel, muitas vezes respondendo dúvidas ou travando debates interessantes com os colegas. Eu mesmo já cansei de pedir a uma alma caridosa com mais conhecimento em uma dada área que nos iluminasse. O espaço é aberto a todo mundo. 😉

        1. Na verdade, estão cumprindo embargo da revista “Science”, que só libera um dos trabalhos ligados ao anúncio amanhã. 😉

Comments are closed.