Arquivo - Categoria: Rosetta

O brasileiro do Philae

O pouso do Philae teve um sabor especial para engenheiro mecatrônico Lucas de Mendonça Fonseca. Empresário do setor aeroespacial, ele participou, entre 2009 e 2012, dos testes e das simulações que antecederam a descida do módulo no cometa Churyumov-Gerasimenko. Na época ele trabalhava na DLR, a agência espacial alemã. No meio da muvuca ontem, por telefone,(…)

O primeiro dia do Philae no cometa

Atualizado às 12h33 O dia seguinte ao pouso começou quente, com a divulgação das primeiras imagens feitas pelo módulo Philae, diretamente da superfície do cometa Churyumov-Gerasimenko. Ambos estão a 510 milhões de quilômetros da Terra, na região do cinturão de asteroides entre Marte e Júpiter. Essa imagem representa duas fotos produzidas pelo instrumento ÇIVA (pronuncia-se(…)

AO VIVO: pouso histórico num cometa

O módulo Philae pousou com sucesso na superfície do cometa Churyumov-Gerasimenko às 13h35 do dia 12 de novembro de 2014, tornando-se o primeiro artefato humano a realizar um pouso suave num astro desse tipo. Ao longo dos próximos dias, o veículo estudará de perto o cometa, em busca de pistas sobre a formação dos planetas do(…)

O ponto J

A equipe responsável pela sonda europeia Rosetta anunciou nesta segunda-feira (15) a escolha do local de pouso do módulo Philae no misterioso cometa 67P/Churyumov-Gerasimenko. Designado pela letra J, ele foi selecionado a partir de uma lista de cinco locais definidos após um mapeamento inicial do astro feita pela sonda orbitadora. E não foi fácil. Logo(…)

O local de pouso da Rosetta

A equipe responsável pela missão europeia Rosetta escolheu os cinco locais mais promissores para o primeiro pouso de uma sonda num cometa, evento histórico — e tenso — marcado para 11 de novembro. Os cientistas têm trabalhado furiosamente no mapeamento do cometa 67P/Churyumov-Gerasimenko desde a chegada da espaçonave ao astro, no último dia 6. As(…)

É a jornada, não o destino

Hoje pela manhã, eu inclinei a tela para mostrar ao meu filho, com seus seis aninhos, esta foto do cometa Churyumov-Gerasimenko tirada pela Rosetta, em sua histórica inserção orbital. A imagem foi obtida a apenas 124 km da superfície, e revela detalhes de até 2,4 metros por pixel. – Sabe o que é isso? —(…)

Dois cometas pelo preço de um!

Uma surpresa incrível se revelou aos “olhos” da sonda espacial europeia Rosetta ao se aproximar de seu alvo, o cometa 67P/Churyumov-Gerasimenko. Ele na verdade não é um cometa, mas dois — um grudado no outro. A notícia foi divulgada pela CNES, a agência espacial francesa, e promete ser apenas a primeira de muitas revelações da(…)