Urano, pálido ponto azul

A Nasa divulgou uma imagem curiosíssima recentemente obtida pela sonda Cassini — a visão que se tem de Urano a partir de Saturno. Da Terra, o sétimo planeta é invisível a olho nu.

Urano e os anéis de Saturno no mesmo quadro, por obra da sinda Cassini.
Urano e os anéis de Saturno no mesmo quadro, por obra da sinda Cassini.

O charme todo da imagem é a composição de perspectivas. Vemos os anéis saturninos em primeiro plano e, ao longe, um disco discreto e azulado. E bota longe nisso: apesar de serem respectivamente o sexto e o sétimo planetas, Saturno e Urano estavam em lados opostos do Sistema Solar, a cerca de 28 unidades astronômicas de distância. Uma UA equivale ao percurso Terra-Sol, cerca de 150 milhões de quilômetros de distância.

Trata-se de uma bela demonstração do poder da câmera da Cassini. Afinal, da Terra a Urano, a distância não fica maior que 20 UA. A separação entre a sonda e o sétimo planeta é 50% maior.

Não se trata, contudo, de mero exibicionismo tecnológico. A imagem permitirá aos pesquisadores da Nasa calibrar melhor os instrumentos da espaçonave para prosseguir em seu estudo de Saturno e suas luas. A missão da sonda foi recentemente estendida até 2017.

Acompanhe o Mensageiro Sideral no Facebook

Comentários

  1. Não é um comentario, é apenas uma pergunta, vcs já ouviram falar que uma brasileira é a criadora do projeto Cassini? Não? Pois saibam que é verdade, eu fiquei sabendo, quando participei de um encontro internacional de astronomos que aconteceu em Campos dos Goitacazes. Fiquei swabendo também, que nesta lua, existe uma lagoa, que por sua semelhança com a nossa Lagoa Feia, e por ser a diretora do projeto uma brasileira, foi batisada com o mesmo nome. Isto é verdade, pasmem, uma jovem,aparentando pouco mais que vinte e dois anos, foi a criadora do projeto Cassini. Tchau amigos, e até breve.

    1. Roulien, você está se referindo à Rosaly Lopes, que trabalha na missão Cassini. Ela não foi a criadora, mas é uma das cientistas mais importantes da missão, trabalhando com o radar da Cassini, que faz o mapeamento de Titã.

  2. Mas deveras faltaram as estrelas, e Urano deve ser aquele pontinho azul que confundi com uma lasquinha da lã do casaco da supervisora.

  3. O que mais gosto no sistema de Urano são seus satélites suicidas. Há estudos matemáticos que revelam uma grande instabilidade na órbita dos satélites interiores devido a perturbações gravitacionais exercidas por Urano. BUM!!! E Urano ganha novos anéis. 🙂

    1. Rodrigo Corinthiano, legal saber disto! E minha esposa também está ganhando muitos anéis por me aguentar tanto tempo. :-))

  4. Cara pq usou a expressao “palido ponto azul”? Seu lixo. Isso pertence ao mestre Carl Seagan, vc poderia ao menos xita-lo nao acha? Brasileiro eh isso..copia tudo dos outros e aainda quer ser o fodao.

    1. Paulo, tenho profundo respeito pelo Carl Sagan. E é tão obviamente uma referência que não precisa mencionar, né? Cansei de citar o Sagan aqui, e seria muito ingênuo da minha parte querer escrever um blog de astronomia e me apropriar da obra do maior divulgador de astronomia que já existiu. A ideia era pessoas como você perceberem o uso da expressão e entenderem como homenagem. A maldade está na sua cabeça, não na minha. E eu me pergunto o que ofenderia mais o Sagan: usar uma expressão que ele popularizou ou errar o sobrenome dele? 😉

          1. Provavelmente não. Esses beócios são os famosos “Comentaristas do G1”, entram numa notícia, despejam uma tonelada de bosta – como se alguém fosse se interessar pelo que falam, ou pior, se sentem compelidos a comentar mesmo que não tenham nada de útil a escrever – e nunca mais voltam. Partem para a próxima notícia e repetem o ciclo.

            Gafanhotos virtuais

          2. o Eu falou exatamente o que eu penso, esse povo despeja falatório inútil e depois nem aparece mais, só fala qualquer porcaria, mais no intuito de ofender e depois vão embora, como se alguém se importasse com a opinião deles, ainda tem sorte que o Salvador não só permite o comentário como ainda se dá ao trabalho de responder.
            Salvador é o cara mais calmo e paciente com ignorantes que eu já vi em todos os blogs que leio ou já li, parabéns pela paciência! Eu não teria tanta com certeza.

          3. DK, quero crer que ninguém é ignorante por opção. E muitas vezes tratar quem sabe menos com desprezo ou desdém é o que o fará se afastar ainda mais do conhecimento, para evitar ridicularização. A única saída, se realmente queremos ter uma maioria informada e cidadã, é ser incansável no contato e didático ao extremo.

      1. Pra mim, Salva, nenhum dos dois. O pior é escrever “xita-lo” ao invés de “citá-lo”.

          1. Ava!!! O X* esta perto do C*, o E* do A* e o A* do A*. Tem certeza Salvador? Kkkk

      2. Por certo é algum retardado que se acha sabido porque sabe que a frase é do Sagan. Deve achar que só ele sabe disso – mesmo num blog de astronomia.

    2. Paulo, não responda a pergunta do Salvador, por favor.
      Evite envergonhar a si mesmo! Se não concordar, tudo bem. Divirta-nos! 🙂

  5. Urano visto da Terra tem magnitude de +6 ou seja o limite da visão humana (apesar de eu mesmo nunca ter conseguido ver a olho nu) mas acredito que em órbita da Terra seja possível vê-lo com mais facilidade (sem o efeito da atmosfera).
    Se a Cassini já tinha tirado uma foto da Terra (que fica a no mínimo 8UA de Saturno) e Urano tem diâmetro 4 vezes maior que a Terra, logo a Cassini poderia tirar uma foto de Urano a 32UA que ainda ficaria com o tamanho aparente que a Terra tinha na foto por ela tirada.
    Linda Foto, mas é claro manipulada pois seria impossível registrar num mesmo frame duas luminosidades tão distintas como essas.

    1. Exato. Urano está 4,5 vezes mais brilhante aí do que na foto original. Quanto a ver Urano a olho nu, eu sempre ouvi esse papo de “no limite”, mas o fato de na Antiguidade ninguém ter reparado nele, mesmo sem poluição luminosa, indica que é um pouquinho pra lá do limite. rs Um ou outro deve ter acuidade para ver, mas não a maioria da população.

    2. E esqueci de mencionar que o albedo geométrico (pois ele estava do outro lado do sistema solar em relação a Saturno) de Urano é ainda maior que o da Terra, tornando até mais fácil a sua visualização pela Cassini.
      Resumindo, a foto da Terra foi mais difícil de fazer.

      1. A da Terra tinha os anéis de Saturno? Porque acho que isso é um complicador adicional… você tem que fotografar pensando nos anéis e torcer para pegar Urano lá no fundo para você realçar depois.

        1. Salvador,
          Pelo que eu já tinha lido a foto da Terra pela Cassini tinha sido feita por um mosaico de fotos quando a sonda estava eclipsada por Saturno, mas aparece os anéis na imagem final.
          http://apod.nasa.gov/apod/ap130723.html

          E se essa foto de Urano foi feita com um único disparo da Câmera da Cassini, aí sim é uma aquisição original. 🙂

          1. É, nas informações não me lembro se consta que é um mosaico. De toda forma, sinceramente, o que vale é o contexto e a beleza do negócio. Temos um Sistema Solar bem simpático… rs

  6. Uma coisa que não ficou clara para mim, foi o por que que não se consegue ver urano a olho nu da terra? Achei que fosse devido à distancia, mas pelo visto, no momento em que a foto foi tirada, urano estava mais próximo da terra do que de Saturno, não?

    1. Arthur, é pela distância mesmo. A Cassini “enxerga” melhor que a gente. 😉

  7. Salvador, não entendi como a distância de Urano à Terra é, no máximo, de 20 UA, enquanto a distância entre Saturno e Urano, no momento em que a foto foi tirada, seja de 28 UA. É porque os planetas estão em oposição em relação ao Sol?

    1. José, tá um pra cada lado do Sistema Solar. Aí a distância máxima fica a distância de um ao Sol mais a distância do outro ao Sol.

  8. Então 28 UA seria a distância máxima entre esses planetas? qual seria a distância mais próxima em UA?

  9. Oi Salvador,

    Você tem acompanhado o novo seriado “Cosmos”, com o Neil de Grasse Tyson?

    qual sua opinião, eu acho genial até agora!

    Obrigado!

  10. Salvador, o que é que há velhinho? Um montão de “posts” sumiu deste blog, somente aparecem as primeiras entradas (Antonio, Tetsuo, Mamoru e Ricardo) – mistérios no céu e “sacanagens” na terra…
    Obrigado!

      1. Salvador Nogueira comentou em

        07/05/14 at 1:19 pm Responder Fernando, para pegar a luz das estrelas, você precisa aumentar o tempo de exposição. Aí os anéis ficariam absurdamente brilhantes, como uma foto em que há estouro de luz. É o mesmo fenômeno que explica porque não aparecem estrelas nas imagens dos pousos lunares.

  11. bom dia salvador

    acompanho de perto todos os sites e blogs a esse respeito ,exelente trabalho ..parabens .

    uma pergunta …
    quando recebo seus post em meu face.. apos ler seus comentarios e voltar para minha pagina …logo abaixo me aparecem 3 videos relacionados … esses videos sao aleatorios ou escolhidos por vc ?

  12. Salvador, desculpe por esta pergunta tão rasa, mas onde estão as estrelas? Eles manipularam a foto para deixar apenas Urano em evidência?

    1. Fernando, para pegar a luz das estrelas, você precisa aumentar o tempo de exposição. Aí os anéis ficariam absurdamente brilhantes, como uma foto em que há estouro de luz. É o mesmo fenômeno que explica porque não aparecem estrelas nas imagens dos pousos lunares.

      1. Fantástico, Salvador!

        Esclareceu esta dúvida e outras por tabela.

        Obrigado.

  13. I N C R Í V E L !
    É bom ver que a astronomia apresenta taxa exponencial de evolução, tendo em vista a rapidez com que evoluem os equipamentos e sensores que ela utiliza para tentar desvendar o universo (e a internet tem ajudado bastante nesta evolução).
    E um “hurra” aos pais da Cassini, que devem estar cheios de orgulho com seus feitos!
    Eu não sou Fábio Júnior (ainda bem) mas digo – “brigadú” Salvador, por compartilhar seu conhecimento conosco.

  14. As vezes me parece que Urano é o planeta mais carente do sistema solar. Ele é o menos citado em sites e blogs de ciência. 🙁

    1. rs.. Brincadeiras à parte, penso eu que a falta de interesse por Urano talvez se deva em função do sistema de satélites pouco interessante (pequeno, pouco massivo e sem atrativos, sem luas com oceanos e/ou atividade geológica, etc).. de toda maneira, acho bem curioso o fato de seu eixo de rotação ser quase perpendicular.. imagina um planeta habitável desse jeito? Ia ser bem surreal hehehehe

    2. Só pela sua rotação “deitada” Urano já é muito interessante e merecia mais citações nesses sites astronômicos. Nunca parei pra contar, mas Netuno é mais benquisto?

  15. E as velhas piadinhas nunca saem de moda:

    “Uranus has a rather intense gravitational field”
    “Uranus is huge!”
    “Is Uranus round?”
    “Uranus is cold!”
    “Does Uranus smell?”
    “May I see Uranus?”

    😀

    “may i se uranus?”

    1. Eu, alguns dos seus comentários são bacanas, mas esses trocadilhos com uranus estão bem infantis. E cansativos.

      Provavelmente você é mais inteligente que isso.

        1. Rá rá rá, nunca ficam velhos, hilário! E agora, falando sério, vou bostar (quero dizer, postar) uma marchinha de carnaval que aprendí nos velhos tempos de CTA (eu disse CTA?) com o bravo e querido capitão Faggiano e que mostra nosso “profundo” amor e cooperação pela maravilhosa ilha de Cuba (eu disse Cuba?) – então vai lá maestro!

          O Brasil vai lançar foguete,
          Cuba também vai lançar,
          Lança Cuba lança,
          Quero ver Cuba lançar!

          P.S. Não tem nada à ver com Uranus, viu?

          1. Claro que tem a ver! Afinal, não dá pra ver Cuba lançar sem ver Uranus.

            Ba dum tsss….

            Ps.: essa musiquinha é clássica. E também nunca fica velha.

            😀

  16. Desculpe a ignorância, mas como conseguiram fazer uma foto de Urano tão “isolado” no quadro, numa foto tão limpa?

    1. A Cassini está orbitando Saturno desde 2004. Uma hora ia aparecer um enquadramento favorável, não? A única manipulação na foto é que tiveram de aumentar o brilho de Urano com relação aos anéis, para não estourar nem um nem outro.

  17. Bom dia, Salvador!

    Bela imagem, esta foto da Cassini!
    Este espaço maior entre os anéis, é a tal Divisão Encke ? Pesquisei, mas não ficou muito claro para mim, pois os nomes dos anéis e divisões foram nomeados à medida que foram descobertos, mas não estão em sequência…

    abs,

  18. Bom dia Salvador!

    Bela foto do astronômico CD-ROM que circunda Saturno; se fosse uma unidade de armazenamento de dados acho que caberia todas as informações desde o momento t=0 do big bang até os dias atuais. A abertura do campo de visão para esta imagem deve ser como olhando de SP para um pardal em Belém – PA através de um canudinho de refresco, ou cometi deslizes?

    Obrigado pelas novas matérias.

Comments are closed.