Cientistas apresentam conclusões sobre pontos brilhantes de Ceres

Desde que a sonda Dawn começou a se aproximar de Ceres, o mundo ficou intrigado pela presença de misteriosos pontos brilhantes na superfície do planeta anão. Agora, finalmente, a equipe responsável pela missão emitiu seu parecer sobre a questão, na forma de um artigo científico. E a resposta ao enigma é…

Imagem em perspectiva e em cores exageradas revela o esplendor dos pontos brilhantes de Occator (Crédito: Nasa)
Imagem em perspectiva e em cores exageradas revela o esplendor dos pontos brilhantes de Occator (Crédito: Nasa)

…um pouco complicada, na verdade. Duas coisas, contudo, já podemos dizer com certeza. A primeira é que há detecção de evaporação de água na cratera Occator, onde se localizam os pontos brilhantes mais marcantes. A segunda é que o fenômeno parece não ter nenhuma conexão com alienígenas.

Todo mundo ficou com a impressão inicial de que os pontos poderiam ser luzes, tamanho o brilho que eles emitiam. Mas na verdade é uma questão de contraste. Na sua maior parte, a superfície de Ceres é muito escura. Segundo os pesquisadores, com refletividade similar à de asfalto fresco. Já os pontos brilhantes que salpicam sua superfície vão de tons de concreto até gelo oceânico.

Os pesquisadores se concentraram em duas dessas regiões com pontos claros — a famosa Occator e uma outra cratera mais ao norte, ainda sem nome. Ambas são bem parecidas, crateras com pontos claros em seu interior, mas Occator é um pouco mais brilhante.

Entra em cena então a espectroscopia, que analisa a “assinatura” de luz captada dessas regiões para identificar sua composição exata. E aí é que fica um pouco mais complicado. O espectro dos pontos brilhantes parece se encaixar melhor com a presença de sais hidratados — mais especificamente sulfatos de magnésio. Mas não dá para cravar ainda com toda certeza — há outros materiais, menos prováveis, como minerais argilosos pobres em ferro, que também poderiam se encaixar nas observações.

Seja qual for a composição exata desse material, uma coisa é certa: água esteve envolvida em sua formação.

E aí entra a segunda — e mais importante — das observações feitas pela Dawn. Observando Occator sob diversos ângulos e a várias horas do dia, os pesquisadores puderam observar a formação periódica de uma névoa por sobre a cratera. Ela se forma a partir do amanhecer, ganha sua maior intensidade ao “meio-dia” de Ceres (o planeta anão completa uma rotação a cada nove horas) e desaparece no fim do entardecer.

A vista de Occator no horizonte revela a névoa de vapor d'água sobre a cratera (Crédito: Nasa)
A vista de Occator no horizonte revela a névoa de vapor d’água sobre a cratera (Crédito: Nasa)

Essa correlação com a presença da luz solar indica evaporação de material na superfície — muito provavelmente água. A conclusão é corroborada por observações anteriores feitas pelo Observatório Espacial Herschel, da ESA (Agência Espacial Europeia), que detectaram vapor d’água emanando de Ceres da região que corresponde à cratera Occator.

A hipótese também é apoiada por cálculos que mostram que gelo de água seria instável na superfície de Ceres, evaporando com o tempo. Além disso, os modelos da estrutura interna do planeta anão já sugeriam que ele devia ter uma camada significativa de gelo de água sob a superfície.

Por fim, uma análise atenta da cratera Occator sugere que ela é relativamente jovem em termos geológicos — cerca de 78 milhões de anos.

Resumo da ópera. O que os cientistas acham que está acontecendo por lá? Um impacto de asteroide abre um buraco na crosta escura, empoeirada e seca de Ceres, expondo parte da camada de gelo de água salgada que existe sob a superfície. Exposto ao Sol, esse gelo vai gradualmente evaporando, produzindo a névoa observada. E aí, do mesmo jeito que, quando saímos do mar e a água seca, nós ficamos cheios de sal pelo corpo, o gelo evaporado deixa para trás os sais hidratados que, com toda probabilidade, são responsáveis pelos pontos brilhantes em Occator. “É o cenário mais simples”, dizem os pesquisadores liderados por Andreas Nathues, do Instituto Max Planck para Pesquisa do Sistema Solar, na Alemanha, no artigo publicado na última edição da “Nature”.

Os pesquisadores acreditam que os outros pontos brilhantes espalhados por Ceres sejam edições mais antigas do fenômeno, por assim dizer, refletindo a existência de uma camada global de gelo de água sob a superfície do planeta anão.

O achado pode frustrar aqueles que esperavam uma descoberta ligada a vida extraterrestre, mas na verdade se trata de uma importante revelação. Que outros objetos você conhece que sofrem com a evaporação constante de gelo por conta da luz solar? É isso aí, os cometas!

Ceres, por sua vez, é membro do clube dos asteroides. Mas com esse comportamento de cometa, ele traz uma revelação importante sobre a formação do Sistema Solar. Em vez de compor duas populações muito distintas, asteroides e cometas seriam parentes próximos, com proporções variadas de gelo e rocha em sua composição.

Acompanhe o Mensageiro Sideral no Facebook, no Twitter e no YouTube

Comentários

  1. No minimo oito pontos podem ser vistos proximo de uma area brilhante maior, que os cientistas acreditam tenha 9 quilometros de largura. Um material muito refletivo e responsavel por esses pontos – gelo e sal estao liderando as possibilidades, mas os cientistas estao considerando outras opcoes tambem.

  2. Excelente, já temos uma nova casa depois do pouso e colonização de marte. A série The Expanse mostra uma colônia em Ceres, parece que acertaram em cheio nesse ponto. Vamos conquistando o sistema solar aos poucos, o universo é o limite.

    Ps: Lembrando que a SpaceX vai voltar no dia 19 de dezembro, vai ser muito massa.

  3. Salvador,

    Não é estranho existirem milhões de luas e planetas há milhões de anos no espaço para não terem nenhuma serventia ? Ceres está lá prá quê ?

    1. Nada existe para ter serventia, nem nós… Apenas existe.

      Não há propósito para o universo, para a vida e nem para a história.

      Já que existimos, para nossa própria proteção temos que ter serventia para a sociedade.

      1. “Radoico comentou em 11/12/15 at 5:44 pm Responder

        Nada existe para ter serventia, nem nós… Apenas existe.

        Não há propósito para o universo, para a vida e nem para a história.”

        Por um momento pensei que tivesse sido um comentário do Salvador…
        Seria muito interessante saber o que ele pensa a respeito disso.
        Mais ainda do Apolinário, isso se ele conseguir escrever sem ter um surto psicótico antes hehehe

        Já que existimos, para nossa própria proteção temos que ter serventia para a sociedade.

        1. Minha opinião é de que não dá para saber se o Universo tem um propósito ou não. Se ele tem, não é aparente. E nada impede que não tenha.

          E certamente concordo com Radoico que o Universo não tem por propósito servir de habitação exclusiva da espécie humana.

  4. Salvador,como sempre, parabens pela nova postagem. Você se supera nas respostas para Apolinário e Osvaldo Gil. Demais!!!!!!

    1. Então, dei uma olhada (não sei por que eu faço isso ainda).
      E cadê a SEQUÊNCIA de imagens que permitiria (1) ver que o objeto se move com relação ao fundo estelar (para estar em órbita do Sol isso é um must; basta ver como se faz para descobrir objetos no cinturão de Kuiper) e (2) calcular sua órbita, a fim de afirmar em que direção ele está indo e se passará mesmo por aqui (é como se faz com asteroides que de fato nos ameaçam)?
      E por que o objeto não aparece em nenhum dos surveys daquela região do céu feito por astrônomos profissionais e amadores? Desde quando a Nasa tem o monopólio do céu? O pessoal tem mania de Nasa… Mas a Nasa realiza só uma pequena parte de todo o trabalho astronômico. O ESO não tem nada a ver com a Nasa e é o maior complexo de instrumentação astronômica do mundo, só pra citar um exemplo.
      Que cientista sério faria pesquisa astronômica no Google Sky??
      Por fim, por que eu ainda me dou ao trabalho…?

      P.S.: Melhor esse site mudar de nome. Se o Brasil começar a pensar, a audiência dele vai toda embora..

  5. Qual a probabilidade de um núcleo de gelo formar uma crosta rochosa em toda sua superfície? Núcleo original de água líquida impossível, nem pensar.

    1. Núcleo original de água líquida impossível, nem pensar.

      Falou o cientistão! SHOM ME THE PAPER!

      KKKKKKKKK

      Burraldo

        1. Fodam-se você e sua pergunta. Você não quer saber, só quer causar. Independente do que respondamos você vai falar que “é chute”, “mimimi”, “não acredito”.

          É dar pérola aos porcos.

      1. IMBECIL, não é shom e show. Quando for se referir, pois não conhece nem o português, em inglês é melhor copiar melhor o texto.

  6. Esses fatos fazem de Ceres a melhor opção para uma colônia espacial !!!
    – Água,
    – Luz solar,
    – Baixa gravidade.

  7. Bom dia!

    Então um Ceres da vida poderia ter se chocado com a terra junto com outros cometas para formar os oceanos?

    Abraços!

    1. As evidências são cada vez maiores de que a água da Terra chegou nela durante sua formação, não num choque posterior. Abraço!

  8. Melhor maneira de começar uma quinta-feira de trabalho 🙂 Vlw Salva, dei um pulo com o post, tava mt ansioso \o/ kkk

  9. O que é Ciência:

    Ciência é uma palavra que deriva do termo latino “scientia” cujo significado era conhecimento ou saber. Atualmente se designa por ciência todo o conhecimento adquirido através do estudo ou da prática, baseado em princípios certos.

    A ciência, em geral, comporta vários conjuntos de saberes nos quais são elaboradas as suas teorias baseadas nos seus próprios métodos científicos.

    A metodologia é essencial na ciência, assim como a ausência de preconceitos e juízos de valor.

    Por isso, ao fazer um comentário, limite-se apenas a expor sua opinião. Se você é religioso, exponha sua opinião e não ridicularize a ciência. Se você não acredita em religião, exponha sua opinião e não a ridicularize. Eu acredito no equilíbrio e no respeito como forma de se viver em harmonia com todos.

    1. 100% certo. Mas você tem que acompanhar o blog por um tempo para ver o que esse Oswaldo Gil, Apolinário Messias, jorge e outros escrevem aqui… É pura provocação e acontece o que eles desejam: respostas ásperas.

    2. Parabéns pelo comentário.Não sei quem é mais chato e ignorante: Os religiosos fanáticos ou ateus fanáticos.Dura disputa.

    3. O problema maior é que os fanáticos religiosos querem que todos engulam suas teorias baseadas na Bíblia, desprezando tudo o que a ciência criou da época do Iluminismo para cá, sem se dar conta que estas criações do ser humano foram o que permitiram a eles escrever suas opiniões numa máquina ligada a eletricidade e a rede de outras máquinas do mesmo tipo. Ou permitem que eles pudessem colar adesivos com a frase “Foi Deus que me deu” em máquinas que podem movê-los mais rápido do que andar a pé e que geralmente eles usam para demonstrar que os seguidores de Jesus que pagarem o dízimo vão ser recompensados com pelo menos uma máquina igual.

      Alguns destes até já escreveram comentários opinando que o que provoca guerras, fome e miséria é a inteligência e quanto mais a humanidade se torna inteligente, maior será o sofrimento com tais coisas. O fanático não deve ter lido um livro de história sequer, para ele a história “oficial” está num livro escrito há séculos atrás sobre uma nova moral que devia substituir a moral de então, e tudo o que aconteceu depois é fruto da ação do “Capiroto”.

      Minha opinião sobre os fanáticos (religiosos ou não) é que há uma única regra que não tem exceções: Todo fanático é, de alguma forma, um idiota.

  10. OFF:
    Assisti hoje o primeiro episódio da nova série do canal SyFy, The Expanse.
    Nela, o sistema solar está colonizado 200 anos no futuro e Ceres tem uma colônia de mineração, pra onde eles levam gelo pego na órbita de Júpiter para sustentar a colônia.
    O primeiro episódio foi exibido via streaming dia 23/11 e vai estrear dia 14/12 no canal SyFy dos EUA.
    Gostei do primeiro episódio. Acho que a série será muito boa, principalmente pra quem gosta do gênero.

    Quanto ao assunto do post, a água é realmente comum no nosso sistema solar e em todo o universo.
    O único lugar no sistema solar onde não existe água é na cabeça desse Apolinário Messias.

  11. Salva… não sei se é verdade, mas vi pouco por ai na net, sobre umas Luzes Verdes brilhantes na superfície de nossa Lua. Você soube de algo?

    1. Alguém me mostrou isso nos comentários de outros posts aqui. Mas eu vi o vídeo e é besteira. É meramente distorção atmosférica e efeito da sensibilidade da câmera.

  12. A exploração espacial desmistificou grande número de astros, trazendo muitos “para perto do nosso quintal”. Sondas não tripuladas cada vez mais pululam pelo espaço. Vimos depois de tudo que, eles, os astros, em muitos aspectos se parecem com a Terra, e não há nada de tão bizarro, nem tampouco sobrenatural ou tão distante de nossa concepção natural. Nessa altura do campeonato, não dá para aceitar que a Terra, cada vez mais apertada e poluída, deva ser o local final da humanidade, por predestinação, e isso foi definido dessa forma desde o princípio, até o fim dos tempos. Óbvio que estamos distantes de criar qualquer colônia que funcione no espaço ou mesmo em outro astro, sem interdependência terrena, principalmente pela falta de nossa coesão objetiva. Porém, ainda que não resolvamos nossos problemas dialéticos, a tendência é que as tecnologias de terraformação devam ser levadas a sério nos próximos séculos, em ritmo acelerado , da mesma forma como surpreendente e rápida foi a mudança implementada pela revolução industrial; tudo não por uma catarse nerd como ensejam os comentários, mas por necessidade de resolver os problemas de superpovoamento e sobrevivência, problemas que nós mesmos trouxemos pra cabeça ao longo de nossa evolução como espécie na medida da limitação de nossos cérebros e diversidade de sistemas culturais políticos e ideológicos. O ponto é que a humanidade não precisa aguardar esse mundinho pegar fogo para ver seu fim. Hoje mesmo a concretização da colonização espacial é só uma questão de coesão de portentosos recursos para um fim comum propelido por uma necessidade imperiosa, com as tecnologias já a nosso alcance hoje para alguns astros. Se a falta de padronização ideológica impede isso a necessidade vai gritar mais alto como sempre foi assim na história. E só para finalizar, ainda que não se acredite em ETs, seria muito egoísmo aceitar a existência de toda essa vastidão universal, e nós ( que, no silogismo de Descartes- fato incontroverso -existimos) ficássemos confinados até nos matarmos ou brigando ou até a chegada de um meteoro ou uma descarga de raios gama de uma supernova próxima, nesse mundinho que de fato vai ser consumido em fogo, porém só depois de uns 2 bilhões de anos, e porque o Sol vai fazer o Serviço, já sabemos disso.

    1. Por vezes, a gente esquece que nosso Planeta também fora bombardeado por enormes corpos celestes; que maremotos, terremotos, tsunamis não são acontecimentos modernos. Até hoje Vulcões “adormecidos” podem dizimar grandes populações no entorno. A humanidade poderia estar muito mais evoluída se, no passado, muitas civilizações já avançadas em variados ramos não fossem forçadas a recomeçar tudo de novo. Outras nem tiveram essa chance. Hoje nosso planeta está mais quietinho, moribundo. Isso tudo para dizer que esquecemos, por vezes, que Arqueólogos e Paleontólogos também são cientistas. Fiquemos de OlhO neles.

      1. Salvador,

        O tamanho deste impacto é parecido com o de 65 milhões de anos da extinção dos dinossauros?
        Temos apenas 13 milhões de anos entre os dois eventos.

        1. Pensei nisso. O impacto na Terra foi maior, pois a cratera do asteroide que matou os dinossauros tinha o dobro do tamanho.

  13. Achei muito interessante. Bom que existam os cientistas que se dedicam ao assunto e o fazem com propriedade. MElhor que os pastores evangélicos que dizem que a baleia engoliu o tal de Jonas e foi defecá-lo alhures. Convenhamos.

  14. Bacana esses estudos.Mas nenhuma conexão com alienígenas Ets ? OK. Mas se tivesse conexão, a Nasa não revelaria mesmo,e não é opinião só minha,mas de muitos astrônomos tambem.

    1. Humm… Certo. Mas diga o nome de pelo menos um astrônomo (profissional) que compartilha essa ideia com você.

    2. Pessoal,façam uma pesquisadinha,minha opinião não pode ser refutada assim com toda certeza absoluta.Claro que 99/% sobre o assunto na mídia são de bobagens,mas o resto pode ser interessante, pelo menos algo a considerar.Porque será que Edgar Michel,Gordon Cooper,Paul Hellyer,e tantos outros que trabalharam em cargos importantes em agências diversas dizem que não há liberdade pra se revelar tudo,ou são todos gagás ?
      Bom,a muita gente presente nesse link abaixo que merecem crédito.Ou não? Ou só vocês? rs
      https://www.youtube.com/watch?v=j5MASCfqPXQ

      1. É óbvio que agências espaciais têm segredos — tecnologias de voo espacial são de uso dual (servem para lançar mísseis) e existe forte competição entre países. Quando o astronauta brasileiro estava treinando na Nasa, certa feita começaram a circular rumores de que ele podia ir ao espaço com os chineses. A Nasa compreensivelmente ficou puta, porque o Pontes poderia em tese levar a experiência dele ganha nos EUA para o programa chinês. Então, óbvio que há segredos. Mas esses segredos não envolvem homenzinhos verdes. Note que o Edgar Mitchell, embora se diga convencido de visitações extraterrestres, admite que ele mesmo nunca viu nada. O Paul Hellyer só começou a falar essas coisas, depois de velho, e depois de ler um livro cheio de absurdos sobre óvnis. Então, opinião todo mundo pode ter. Mas não basta para convencer ninguém.

        1. Salvador,quanto a segredos de tecnologia claro que que sim,mais que normal.Mas repare que todos,e são muitos respeitáveis,só depois que não estão mais na ativa é que abrem o bico sobre supostos casos de Ets,Ovnis,acobertamentos,etc.Ou seja,então deduzo que aqueles que estão na ativa são impedidos de revelar algo que hipoteticamente tenha sido descoberto e que não seja de interesse deles de revelar.Suponha que você trabalhe na Nasa ou em outra grande agência e fosse impedido de revelar algo,e aí ?. A questão que levantei é essa.Se descobriram algo ou não,não sabemos.Não temos como afirmar com certeza absoluta,como muitos aqui dizem,que não há nada por debaixo dos panos.
          PS.Não me refiro a aquelas bobagens de vídeos trêmulos e fora de foco que vemos aos montes..rs

          1. Júlio, li um livro de um engenheiro condecorado pela Nasa chamado Paul Hill, e ele fez um livro interessante sobre óvnis, enquanto trabalhava para a Nasa. Em geral, a Nasa não faz restrição a que seus funcionários tenham interesses em temas não-convencionais, como óvnis, nas horas vagas, contanto que não atrapalhe o desempenho regular deles. Essa ideia de super-segredos é uma lenda. E, se a Nasa por acaso tivesse grande informação sobre astronaves alienígenas, certamente não usaria esses foguetes toscos com tecnologia antiga para suas próprias missões…

  15. Bela matéria e excelente texto, Nogueira, como sempre.

    É impressionante, analisando estas descobertas recentes (como Plutão e Europa), como ainda desconhecemos nosso próprio Sistema Planetário. Quem sabe o que encontraremos fora da nossa “vizinhança”.

  16. E se o objeto que colidiu com Ceres e originou a cratera foi o que deixou estes sais e o gelo por lá? Como é muito frio na superfície do planetoide, logo deve ter esfriado o local da colisão e uma parte do objeto (um asteroide ou um cometa) deve ter permanecido congelado no fundo da cratera e lentamente a água contida nele se transforma em gás, sobrando somente os sais. Isto é só uma hipótese, mas não poderia ter acontecido alguma coisa assim em Ceres?

  17. Muito bom!! Apesar se ter muito a se estudar o que foi apresentado faz todo sentido… O que nos resta e continuar acompanhando de perto cada novidade!! Vlw por nos manter informados Salva!! Abs

  18. Em nenhum momento imaginei que se tratava de ação “alienígena” pois sei tais seres não existem. E também, em nenhum momento os cientistas da missão, que não são tolos, sequer mencionaram essa possibilidade. Essa tese absurda foi colocada pelos pseudo cientistas de plantão que acreditam em “supercivilizações”, “viagens no tempo” e na “flutuação quântica” criando a Vida.

    Pois aí está a resposta, mais uma golpeada naqueles que ainda acreditam na existência dos ETs. Esse episódio vai se juntar aos “canais marcianos” e aos “avistamentos de UFOs” como mais um fiasco dos grandes.

    Mas eles não aprendem…

        1. Foi uma piada, claro. Pode contar o que se passa na sua imaginação fértil! Sabemos que ela é povoada por várias criaturas mitológicas e lendas fantasiosas!
          By the way, foi outra piada.
          Mas me ocorreu uma pergunta ao falar isso. Você é daqueles que interpretam a Bíblia literalmente a ponto de achar que o mundo tem 6.000 anos e que Deus criou Adão do barro e Eva, de uma costela do Adão? Adoraria saber se você é um fundamentalista desses de carteirinha ou sua birra é só com ETs…

          1. Oi Salvador… se não me engano, o Apô em algum comentário passado até aceitou a possibilidade de existirem ETzinhos — microscópicos — bactérias e afins.

            A birra dele é com a inteligência, seja lá o que ele define como sendo inteligência… Acho que ele não suportaria a existência de civilizações inteligentes, pois cairia por terra o “à imagem e semelhança” — todos teriam que parecer com aquele velho barbudo das igrejas italianas.

            Mas eu também queria saber do fundamentalismo dele. Será que o Apô é fundamentalista? Sopro, barro, costela, incesto…

            Diz aê Apô!

            abs!

          2. Silencio profundo do Apolinário…
            Adoraria ler a resposta dele sobre seu questionamento.
            Acho q muitos estão com a pipoca e o guaraná aguardando 🙂

    1. sempre digo, quando o assunto e “ETS”, que o homem está agindo com muita prepotência, achando que diante de uma realidade clara que é o universo, somente ele pode ser inteligente e a única criatura viva!…e olha que só estamos no Sistema Solar, em face à Via Láctea!!!!

    2. Queria entender essa conclusão mágica, que soma os sais hidratados, flutuações quânticas e diz que o resultado não pode ser outro que a inexistência de super civilizações.

  19. Realmente é fascinante. Mais fascinante é a mente humana em descobrir tudo isso, em tão pouco tempo, nesse pequeno planeta descoberto recentemente. Parabéns Sr Salvador Nogueira. Continue estudando e decifrando esse imenso enigma que é o universo e traga-nos mais informações. Grato.

  20. Como diria Mr. Spock, FASCINANTE!

    Pelo visto a água (independentemente de seu estado físico) é mais comum no sistema solar do que imaginávamos. Quiçá no universo!

    E a vida (independentemente de seu nível de desenvolvimento), será que é também?

    Um abraço do seu amigo Paulo, do blog Astronomia Observacional e Astrofotografia Amadora!

    https://astronomiaeastrofotografia.wordpress.com/

  21. Não sem tempo, até que enfim chegaram a conclusão que pode ser um monte de coisas: pode ser isso, pode ser aquilo, pode ter-se formado dessa forma, ou quiças daquela forma, realmente, concordo com essas conclusões tempestivas e inequívocas. Parabéns e muitos anos de vida.

    1. Você não leu direito. Tem algumas conclusões concretas aí. Tem água evaporando de Ceres. Isso é concreto, definitivo. O que ainda permanece em dúvida é a composição do material no fundo, se sais hidratados ou argilas pobres em ferro. Provavelmente os sais hidratados, mas não dá para descartar alternativas completamente.

      De toda forma, entendo a sua impaciência. Quem viveu a vida inteira por verdades prontas e pré-definidas vai ter dificuldade em ver a verdade ser revelada aos poucos, experimento após experimento, observação após observação, refutando explicações alternativas cautelosamente e sem precipitação. Não é a sua cara.

      Uma das ideias do blog, contudo, é mostrar a ciência em andamento. A Dawn chegou em Ceres há nove meses. Difícil aprender tudo que há para saber sobre um objeto complexo como Ceres com uma sonda, observações telescópicas e nove meses. Seja paciente.

    2. Que bom que há incertezas, pois dessa forma, procura-se por novos conhecimentos e conclusões, provando, verificando, teorizando e encontrando com razão. Há pouco tempo atrás, era incerto haver água fora do Planeta Terra e hoje, encontramos até nesse magnífico Planeta Anão. Mas, o que parece certo mesmo é que a vista obliqua e passiva quanto aos assuntos da ciência, transforma uma ignorância latente em algo público e manifesto. O acesso à informação, ao conhecimento, à busca pela Razão não parecem ser o bastante, o importante é renegar a descoberta, chamar a atenção e quem sabe, ganhar uma estrelinha na testa.

      1. O Oswaldo Gil e o Apolinário vão passar o resto da eternidade (trilhões de trilhões de incontáveis séculos) tocando numa harpa canções em louvor a um senhor vaidosíssimo, que se alimenta dessa adoração. Que sejam felizes, se não enjoarem logo nas primeiras 100 horas.

        1. O duro é a gente ter de ouvir os dois por tanto tempo.
          Na boa, o Oswaldo tem dia que está um docinho de coco, tem dia que surta e bate em todo mundo. Ainda não entendi qual é a dele e quantas personalidades ele tem.
          Já o Apolinário é mais coerente e inteligente, mas infelizmente age como um pregador em cima de uma caixa de madeira na praça do mercado.
          Ambos são extremamente irritantes, cada um a seu modo. Mas como ser irritante não é pecado capital, segue o lance… 😛

          1. Ah Salvador é muito bom os seus debates! Alto nível! e parabéns pela tolerância em dar espaço a outras idéias, coisa rara…
            É um dos motivos de eu ser leitor assíduo de seu blog e gostei muito do seu canal no Youtube também!

          2. Menos… Salva!
            Muitas das discussões que eles provocaram, foram direta ou indiretamente responsáveis por vários assuntos interessantes que discutimos aqui!

          3. Ô Salvador… tem o Wadinho e o Wadão. O primeiro usa letras maiúsculas no nome, ao contrário do segundo, que anda um pouco sumido.

            Só vc sabe se ambos têm o mesmo email.

            Se tiverem, certamente é um caso típico de bipolaridade.

            Já o Apô é legal. Tem um índice troll menor que Wadinho e Wadão. Ele argumenta até bem, dentro da crença dele.

            E, Radoico… muito legal a imagem deles tocando harpa e adorando um sujeito vaidoso! Eu nunca tinha pensado por essa linha. Mais um argumento muito interessante.

Comments are closed.