Mensageiro Sideral

De onde viemos, onde estamos e para onde vamos

 -

Salvador Nogueira é jornalista de ciência e autor de 11 livros

Perfil completo

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Enquete elegerá nome de asteroide descoberto por brasileiros

Por Salvador Nogueira

Em 6 de setembro de 2014, o observatório SONEAR, em Oliveira (MG), fez a descoberta de um novo asteroide próximo à Terra. Agora, ele acaba de receber sua numeração oficial da União Astronômica Internacional – a Fifa da astronomia, por assim dizer – e seus descobridores precisam batizá-lo. Para isso, contam com a sua ajuda.

Sim, a sua ajuda! Uma enquete promovida pelo UOL em parceria com o SONEAR dará ao público a chance de decidir qual será o nome oficial do asteroide.

Clique aqui para votar!

“Segundo as regras, os NEOs [sigla para Near-Earth Objects, ou Objetos Próximos à Terra] têm de levar nomes relacionados a mitologia”, explica Cristovão Jacques, um dos descobridores do asteroide que no momento só tem número – 472263. “E aí tivemos a ideia de fazer uma enquete popular para a escolha do nome.”

As opções oferecidas pelos pesquisadores, inspiradas apropriadamente pelo folclore brasileiro, são Saci, Curupira e Mula-sem-cabeça. “Este vai ser o primeiro NEO descoberto no Brasil a ser batizado”, destaca Jacques.

A definição estrita de NEO é todo objeto cujo ponto de sua órbita que mais se aproxima do Sol está a uma distância menor do que 1,3 unidade astronômica, sendo 1 UA a própria distância média entre a Terra e o Sol, cerca de 150 milhões de km. Os pesquisadores usam a expressão “objeto” porque o grupo de astros engloba tanto asteroides como cometas.

O ASTEROIDE
No caso em questão, o objeto tem cerca de 1 km de diâmetro e completa uma volta ao redor do Sol em 387 dias – apenas 21 a mais que a própria Terra. Felizmente, a órbita dele não intersecta com a nossa e o bólido celeste nunca chega mais perto da Terra que 13,5 milhões de km, o que afasta qualquer perigo de colisão futura, pelo menos no futuro previsível.

O prazo para votação na enquete vai até o dia 29 de setembro, quando então será anunciado o nome escolhido, na página do SONEAR no Facebook. A aprovação final, claro, será feita posteriormente por um comitê da União Astronômica Internacional.

Recentemente, outro asteroide recebeu o nome por meio de votação popular. Foi o Bennu, prestes a ser visitado pela sonda americana OSIRIS-REx. Em 2013, a Universidade do Arizona, a Planetary Society e o Projeto LINEAR (responsável pela descoberta) colheram mais de 8 mil sugestões de estudantes espalhados pelo mundo. Bennu, seguindo as regras de nomenclatura, é uma ave mitológica egípcia.

Acompanhe o Mensageiro Sideral no Facebook, no Twitter e no YouTube

Blogs da Folha

Publicidade
Publicidade
Publicidade