Mensageiro Sideral

De onde viemos, onde estamos e para onde vamos

 -

Salvador Nogueira é jornalista de ciência e autor de 11 livros

Perfil completo

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Astronomia: Planetas com dois sóis

Por Salvador Nogueira

Novo achado revela que planetas como Tatooine, de “Star Wars”, com dois sóis, são comuns no cosmos.

O planeta Kepler-453b tem dois sóis e está na zona habitável, mas é grande demais para abrigar vida. (Crédito: SpaceEngine)
O planeta Kepler-453b tem dois sóis e está na zona habitável, mas é grande demais para abrigar vida. (Crédito: SpaceEngine)

O MELHOR KEPLER DE TODOS OS TEMPOS DA SEMANA
Já falamos um bocado do Kepler-452b, que a Nasa apelidou de “primo da Terra” e saiu batendo bumbo a respeito. Mas hoje vamos virar a página. O assunto agora é Kepler-453b. Uau, agora vai.

OS MALDITOS NOMES
Todo mundo odeia essa nomenclatura. É útil aos cientistas (Kepler-453b significa “primeiro planeta descoberto no sistema de número 453 do catálogo do satélite Kepler”), mas vamos combinar que destrói parte da simpatia que os planetas poderiam gerar.

OS BENDITOS NOMES
A União Astronômica Internacional sabe disso e está promovendo uma iniciativa para dar nomes mais palatáveis a todos esses planetas. Aliás, a primeira bateria deve sair até o fim desta semana, durante a assembleia geral da organização, no Havaí. Mas, por ora, voltemos ao Kepler-453b.

PRIMO DE TATOOINE
Manja o planeta do Luke Skywalker em “Star Wars”, que tem dois sóis? Pois é. O Kepler-453b também tem. E não é só isso. Ele é o décimo mundo descoberto pelos astrônomos que tem dois sóis. Isso significa que, ao contrário do que se pensava até uns anos atrás, Tatooines são tão comuns quanto Terras no Universo.

UMA ZONA HABITÁVEL
Antes, o pessoal achava que o fato de ter duas estrelas próximas tornava impossível a formação de planetas em órbitas estáveis. Não é o caso. E o Kepler-453b não só está lá, como está numa órbita na chamada “zona habitável”, região nem muito quente, nem muito fria — ideal para a vida.

PLANETA ERRADO
Só que esse primo de Tatooine é do tipo errado. Com um diâmetro mais de seis vezes maior que o nosso, deve ser um gigante gasoso — alguma coisa entre um Netuno e um Saturno. Por isso, não deve abrigar vida como a conhecemos. Mas e se ele tiver uma lua do tamanho da Terra? Hmmm…

A coluna “Astronomia” é publicada às segundas-feiras, na Folha Ilustrada.

Acompanhe o Mensageiro Sideral no Facebook e no Twitter

Blogs da Folha

Publicidade
Publicidade
Publicidade