Maio tem trânsito de Mercúrio à frente do Sol

Salvador Nogueira

Na próxima segunda-feira (9), um evento celeste fascinante vai acontecer: o planeta Mercúrio passará à frente do Sol, causando um minieclipse em pleno dia. O fenômeno será visível em todo o Brasil e é só uma das atrações para os amantes da observação celeste em maio, que também contará com uma tradicional chuva de meteoros, na madrugada desta sexta-feira (6), e a aproximação máxima de Marte com a Terra, no fim do mês.

Seguindo a ordem cronológica, vamos começar pelos Eta-Aquarídeos, uma das mais marcantes chuvas de meteoros anuais. Essas “estrelas cadentes” adentram a atmosfera da Terra quando nosso planeta faz a travessia da órbita do cometa Halley. O astro exuberante fez sua última passagem pela vizinhança em 1986, mas deixou um monte de detritos pelo caminho, que a Terra “encontra” duas vezes ao ano. Em maio, a travessia “da ida” resulta nos Eta-Aquarídeos; em outubro, a “da volta”, nos Orionídeos.

O nome é derivado da posição do radiante — ponto de onde parecem partir os meteoros –, próximo à estrela Eta da constelação de Aquário. No auge da chuva, na madrugada do dia 6, a constelação surge no horizonte leste por volta das 2h da manhã e permanece visível até o amanhecer. Esse é, portanto, o melhor intervalo para observação. A Lua num fino crescente não atrapalha.

Observação de chuva de meteoros não exige instrumentos ópticos. Basta ter céu sem nuvens e paciência. Convém acompanhar por pelo menos uma hora para poder contar bom número de estrelas cadentes.

TRÂNSITO DE MERCÚRIO
A maior atração do mês de maio, contudo, é o trânsito de Mercúrio. Para quem não está familiarizado com o fenômeno, é como se fosse um minieclipse, similar aos detectados pelos satélites caçadores de planetas em outras estrelas. Com duas diferenças importantes: este se dá em nosso próprio Sistema Solar e não resulta apenas numa medição da quantidade de luz da estrela que chega até nós – é possível observar um pequeno pontinho preto, Mercúrio, se deslocando à frente do Sol.

O fenômeno não é tão raro — esta é a terceira vez neste século, de um total de 14 previstas –, mas vale a pena ficar de olho, até pelo fato de ele, neste ano, ser visível de todo o território nacional, do início ao fim. O trânsito começa às 8h12 (com diferença de mais ou menos dois minutos, de acordo com a localização de onde se observa) e termina às 15h42 (de novo, com variação de dois minutos para mais ou para menos). O horário é o de Brasília.

Para observá-lo, é preciso fazer uso de instrumentos ópticos. Mas atenção: NUNCA olhe para o Sol com binóculos, lunetas ou telescópios. Isso pode facilmente cegá-lo. O jeito mais fácil de acompanhar a observação é usar o instrumento para projetar uma imagem do Sol num anteparo (confira o vídeo acima para uma pequena demonstração com binóculos).

Aos mais afortunados que têm equipamento adaptado com filtros adequados à observação solar, é possível ver o trânsito diretamente.

A olho nu, nem com filtros para proteger a visão adianta tentar; com seus modestos 4.800 km de diâmetro, Mercúrio é o menor planeta do Sistema Solar e é pequeno demais para que se possa notá-lo cruzando à frente do Sol.

Se você enfrentar tempo nublado ou não tiver equipamento para acompanhar, haverá diversas transmissões online. E, claro, sempre haverá o próximo trânsito, marcado para 2019.

MARTE EM OPOSIÇÃO
Por fim, no dia 22, vale a pena dar uma olhadinha para o alto lá pela meia-noite e conferir Marte quando ele se coloca em oposição ao Sol com relação ao nosso planeta. Mais ou menos na mesma época, mas não exatamente, se dá a máxima aproximação da Terra com o planeta vermelho.

Marte registrado pelo astrofotógrafo Flávio Fortunato, em Maceió, no dia 30 de março de 2014, perto da oposição anterior.
Marte registrado pelo astrofotógrafo Flávio Fortunato, em Maceió, no dia 30 de março de 2014, perto da oposição anterior.

Não é nada como aqueles boatos sem-vergonhas que circularam uns anos atrás, na linha “Marte vai ficar do tamanho da Lua no céu”, mas se tem um momento favorável à observação do planeta vermelho, é esse aí. A coisa se repete a cada 26 meses.

E para maio está bom, né? Mês que vem tem mais!

Acompanhe o Mensageiro Sideral no Facebook, no Twitter e no YouTube

Comentários

    1. Bem, tomara que siga na trajetória de queda, o que não vai ser fácil com coisas como o novo código florestal e o lobby ruralista.

  1. Sr. Salvador,

    Para ajudar na sua postagem, na página abaixo há uma relação de vários observatórios, planetários, clubes e grupos de Astronomia que farão observações públicas e atividades complementares (palestras, etc) sobre o Trânsito de Mercúrio na segunda-feira.

    Mais de 100 opções em todo o Brasil:

    http://transitomercurio2016.blogspot.com.br/

    Até lá e que o bom tempo prevaleça.

  2. A Terra em rotação e translação, o Brasil em investigação e cassação, os lunáticos em observação e discussão de coisas que acontecem, em anos, há bilhão.

        1. Pateta seria um profeta que algum dia previu um “eu” gazeta não um escopeta.

    1. Kara, não se exponha ao ridículo. Fica parecendo uma mulherzinha, cheio de ressentimentos. Dá até vergonha. Se você quiser, ainda, te aceitamos aqui. Faça comentários pertinentes e pára de frescura.

      1. Rá, agora você colocou ele contra a parede. Comentários pertinentes? Ferrou. 😛

  3. Blz Salvador, valeu pelo céu do mês!

    Agora que comecei a acompanhar esse blog, entro sempre para ver os comentários. Não imaginava que os crentes, ufólogos e nibirutas fossem tão inconvenientes. Os “cientistas políticos” de redes sociais eu já sabia, mas os outros me espantei. Ainda bem que a ignorância é sempre combatida aqui, graças aos astrônomos amadores e entusiastas da ciência. Esses são os verdadeiros buscadores!

    Enfim, depois de ouvir tantas baboseiras dos profetas da internet, dei uma navegada por sites e vídeos dos nibirutas, dos teóricos da terra plana e afins. Acabei não aguentando, ver tanta gente acreditando em bobagens, me tornei um deles, não nas convicções, mas na maneira de agir. Agora meu passatempo é entrar nesses sites e vídeos e “poluir” o ambiente com questões não respondidas, apresentar explicações científicas, botar dúvida nas cabeças dos seguidores. É o outro lado da mesma moeda. Que falta faz um Carl Sagan vivo nessas épocas.

      1. No geral eu gosto dele, apesar da obsessão desenfreada em esculhambar o criacionismo, que acaba sempre se tornando chata e repetitiva, mesmo com o english-humor típico com que o faz…

        1. O problema que tenho com ele é que ele vive pela controvérsia (e às vezes compra brigas erradas, como a contra o moleque que montou um relógio e foi convidado a visitar a Casa Branca, depois de terem confundido o relógio dele com uma bomba) mais que pela razão. E considera a religião uma coisa idiota e inútil, algo que não necessariamente é verdadeiro, ou mesmo defensável. Claro que fundamentalismo de qualquer tipo é ruim (e isso inclui o religioso e o ateu também), mas o fato de ter uma religião não desqualifica ninguém.

          1. Olha só… realmente não sabia dessa briga com o molequinho do relógio… e nem vou pesquisar para saber, porque realmente nada de útil pode sair disso… (-1 ponto pra Dawkins)…

            E concordo contigo, ele adora uma briga, por mais besta que seja… me coloco como exemplo, posso até devolver a cornetada em fundamentalistas religiosos que entram neste blog, mas não entro no blog deles para cornetar gratuitamente… já o Dawkins parece que vê prazer nisso… enfim…

          2. Ele é um sujeito muito inteligente, não há dúvida. Como pesquisador, brilhante. Como ser humano, not so much. Nem tanto pelas visões dele, que em geral são OK, mas por não aceitar que algumas pessoas prefiram viver sob outra ótica.

        1. E eu que achei que a pança ficou tão bem escondida nesse vídeo… 😛
          Agora põe uma foto sua aí pra gente ver como você é gatão. Hahaha

          1. Salvador, é só brincadeira, mas essa foto acima está pesada e barbada. 71 anos e 67 kg, não sou velho, sou de uma safra excelente. kkkkkkkk

          2. Se você se refere ao thumbnail do vídeo, achei até que eu fiquei bem nele. E sim, de cavanhaque. De vez em quando eu deixo o cavanhaque. Tá mais branco que o cabelo, é verdade, mas não me incomoda não. Logo me irrita e tiro de novo. Mas a pança, sorry, não vejo pança nenhuma aí… rs

          3. Não dá, as fotos mais recentes dele foram feitas por uma câmera Lambe-lambe. Se botar num scanner, desintegram.

            Pra ver como ele é “novinho”…

            kkkk

    1. Boa tarde Salvador!

      Cara, perdão o off topic part 2 rs.. estava eu mais uma vez divulgando seu blog/material aqui no trabalho durante uma conversa entre os colegas e um deles surgiu com uma dúvida que não soube responder com precisão.. ele me questionou se é possível detectar, com a tecnologia atual, exoplanetas em “exogaláxias(n sei se existe esse termo rs)”, ou seja, detectar a transição de planetas por estrelas que estão fora da nossa galáxia. Eu respondi que acho que se pudéssemos, não teríamos precisão ou mesmo certeza se seria um planeta ou um falso positivo. Enfim, você sabe se há essa tecnologia ou estudo ou “vamo com calma ainda estamos só na Via Láctea” ?

      Abração Salva. Obrigado pelo conteúdo e conhecimento!

      1. Não, não podemos, no momento. Observar estrelas individuais fora da Via Láctea, por si só, já é uma tarefa bastante difícil. Que dirá planetas em torno delas. Mas vimos a segunda melhor coisa: encontramos um exoplaneta em torno de uma estrela na Via Láctea que, a julgar por sua velocidade e trajetória, é uma estrela desgarrada que veio de outra galáxia! Isso já dá uma ideia boa de que os processos de formação de planetas que acontecem por aqui também rolam fora da galáxia (como, aliás, seria mais do que esperado)!

        1. Ahhh, massa! Entendido. De toda forma então estamos de olho nos agregados, o que é fantástico! \o/ Abração Salva!

    2. Um pária, um cafajeste, um acéfalo obtuso e um canalha. Esses são alguns dos adjetivos que eu consigo alinhar no momento, excluindo aqueles que minha educação proíbe, para descrever esse menestrel de Satã chamado richard dawinks (assim, em minúsculo mesmo).

      1. Para ser um menestrel de Satã você precisaria crer em Deus, pois se fosse ateu, também não creria no Satã…

        Uma pessoa só pode fazer apologia a algo ou “alguém” no qual ela acredita na existência…

        Nesse caso, o Dawkins só faz apologias à inexistência(s)…

        PS: Sou contra quaisquer apologias…

      2. Está com raivinha do Dawkins? Pelo menos ele não tenta convencer os incautos de algo que não existe para tirar o dinheiro deles se aproveitando do medo dos mesmos de algo que não existe, dando-lhes falsas esperanças ou vendendo-lhes perdão pelos pecados cometidos.

  4. Eduardo, aqui você vai aprender de tudo. Religião, política, conspirações, boatos, intrigas, astrologia, astronomia… Entretanto, você logo perceberá quem são as fontes seguras, o Salvador (sempre conciso) e vários comentaristas que também são feras. Eu, depois que vim para o lado mensageiro da força, aprendi muito. Flw!

    1. Muito legal a comunidade que se forma por aqui. A única dureza é que, se eu fico uns três dias fora, vocês logo notam… rs

  5. Boa tarde turma estou gostando muito desse blog a cada postagem venho ver a matéria e os comentários apesar da minha flauta de conhecimento. Quero sair da fase nibiruta mais é tanta matéria falando disso que fico na dúvida vcs poderiam me dar o posicionamento de vcs alguém pode me resgatar rs

    1. “Fase nibiruta” valeu o comentário. De resto, fique com a gente. Aqui não temos nibirutices. 🙂

  6. Quanto custa para enviar a Dilma para a Lua?
    Sei que é muito mais barato que o custo do impeachment!
    Se alguém tiver a curiosidade para calcular.

    1. Cara, como você é espertão!

      Ps.: O que tem a ver a Dilma com a Lua em um post que fala sobre Mercúrio e Marte?

    2. vai ficar bem mais barato que os aumentos que o Temer vai propor pra vc, como o Beto tem feito com o povo do Paraná…

    3. Um negócio que está difícil de aturar no Brasil é isso de sujeito querer fazer panfletagem e comício até em velório. Outro dia entrei num blog de culinária pra pegar uma receita de bolo, e um cara comentou “se fizer esse bolo aqui no Brasil vai sair solado”…

  7. Olá Salvador,
    Vejo que têm respondido à muitas questões.
    Por gentileza me responda: sabe quando vai acabar o eclipse do Brasil?

    1. Hmmm… o chute mais realista seria “nunca”. Mas eu sou um eterno otimista. rs

        1. Não seria tão pessimista assim, acredito que todo mundo, inclusive povos e civilizações inteiras, tem de passar por vários estágios de evolução para chegar a alguma fase de “sabedoria geral”, onde a pessoa ou as pessoas não fazem tantas besteiras e passam a ter uma atitude mais madura em relação as outras pessoas e a natureza. Mas para isto acontecer é obrigatório o abandono de muitas das suas crenças, mitos e preconceitos que os mantém infantis. O brasileiro pelo jeito entrou numa fase diferente em 2013 e isto está se refletindo até hoje, talvez lentamente algo mude para melhor pelo ponto de vista atual e o povo continuará evoluindo até algum ponto de ruptura futuro, quando novas mudanças acontecerão. Mas uma verdade tem que ser dita: o “combustível” desta evolução é o sofrimento, ninguém muda sem passar por algum.

  8. *
    Salvador,
    Embora seja um baita curioso em astronomia, sou “anarfa” cientificamente.
    1. A que distância vai estar Marte da Terra, no fim do mês, em milhões de km?
    2. Por que fala-se muito no conceito de semi-eixo maior?

    Abr.
    E.
    *

    1. 1. Aproximadamente 0,5 UA, ou 75 milhões de km. (Aproximação máxima se dá no dia 30, poucos dias após a oposição, no dia 22.)
      2. O semi-eixo maior é a distância média até o Sol. Numa elipse, o eixo maior é que dá a “largura” da elipse, cruzando os dois focos. O semi-eixo maior é metade dele.
      Abraço,
      S.

  9. Olá Salvador,

    Muito bom o blog, não veio em hora melhor pois estou terminando de ler Carl Sagan – O mundo assombrado pelos demônios – por sinal um livro muito esclarecedor, recomendo. Agora depois de le-lo fico ainda mais estarrecido com a notícia de que alguém ligado a igreja poderá ser o (ir) responsavel num eventual governo Temer. Só tenho a “temer” pois atuo na pesquisa e eespero tempos ainda piores pela frente do que ja vivemos.

      1. É, tempos sombrios em que ofertam a cadeira de ministro de Ciência e Tecnologia a um bispo criacionista.

    1. Olá, Claudio! Comecei a leitura do mesmo livro esta semana! Uma pena que só aqueles que buscam sanar a própria ignorância é que se dispõem a ler tal livro. O resto da população continua navegando no escuro.
      Um abraço a todos!

  10. Prezado Salvador e demais colegas,

    Permitam-me um apontamento. Em 2016 a data da máxima aproximação de Marte com a Terra é no dia 30 de maio, não necessariamente no mesmo dia da oposição de Marte em relação ao Sol.

    Referências:
    Anuário Astronômico Catarinense 2016, páginas 34, 71 e 72.
    Anuário do Observatório Nacional 2016, página 20A.

    1. De fato. Uso como aproximação, porque a oposição coincide aproximadamente com a aproximação máxima, mas só aproximadamente, em razão de as órbitas não serem circulares, e sim elípticas. Se fossem circulares, a coincidência seria exata. Mas você está absolutamente certo. 😉

    2. O “Ptolomeu” ataca novamente! Agora com informações astronômicas! A data da máxima aproximação de Marte é no dia 30/05, às 18:34 aproximadamente e a data da oposição é no dia 22/05, às 8 horas aproximadamente. Referências: cálculos feitos por programas do comentarista baseados na teoria VSOP2000 e no livro “Astronomical Algorithms” de Jean Meeus.

  11. Salvador (ou alguém que saiba a resposta com certeza):
    Uma dúvida meio básica: por que se fala tanto do trânsito de Mercúrio, mas não se ouve falar de trânsito de Vênus, que está também entre a Terra e o Sol, é bem maior que Mercúrio e bem mais próximo da Terra, o que proporcionaria um “eclipse” provavelmente bem mais interessante, talvez visível a olho nu? Vênus passa “na frente do Sol” (sob nosso ponto de vista) ou há alguma incompatibilidade de órbitas?

    1. Ouve-se. Mas o próximo trânsito de Vênus, só no século 22. Mas houve dois no começo deste século e foram bem noticiados na época. 😉

  12. O trânsito de Mercúrio será um evento interessante. Agora, temos que avisar, com grande urgência, ao nosso provável futuro ministro do MCTI, honorável membro da Igreja Universal (hirc!) e criacionista, que não será o fim do mundo.

    1. Ainda quero crer que, quando a poeira baixar, esse fulano não será ministro. Mas infelizmente não apostaria nisso.

    2. Se for pela falta de experiência na área, concordo com a crítica. Apenas por ser evangélico aí é discriminação mesmo! Afinal já tivemos um “Comunista do Brasil” no MCT e como sempre pouca coisa fez, a não ser aparelhar o ministério e distribuir bolsinhas aqui e ali para os seus apaniguados do partido.

      1. Acho que você não pode ter um líder religioso como ministro da Ciência, assim como não pode ter um cientista como papa. Aceitar um engenheiro como médico numa cirurgia é discriminação? O problema não é ser religioso — isso é de foro íntimo. O sujeito é pastor — ou seja, LÍDER religioso. Como um líder religioso pode conduzir os rumos da pesquisa científica se eles entrarem em contradição com sua própria fé e a daqueles que ele representa como líder religioso? Há claro conflito de interesses, para não dizer nada do risco de darmos passos atrás no obscurantismo.

        1. Desculpe, mas um cientista como papa, para daqui a muitos anos, não acho inviável. Há cientistas que acreditam em Deus, embora não acreditem naquela estória da carochinha que é o criacionismo de Adão e Eva. Não tenho religião, mas acredito em Deus e também na física quântica, na astronomia, etc. Não há incompatibilidades. Na realidade, em um momento da nossa evolução, o conhecimento científico vai se tornar tão fantástico que ele vai convergir com a religião, não em relação às estórias da Bíblia, mas na obviedade que é o reconhecimento de que existe algo por trás da criação da matéria e da energia. Algo que fez com que o Big Bang existisse, que criou as “regras do jogo” de que as partículas, ao se agrupar, teriam estas ou aquelas propriedades físicas e químicas. Agora, realmente um radical dogmático de uma dessas seitas não pode ser ministro da Ciência e Tecnologia

          1. Eu acho que seria um problema. Não para mim. Mas para os religiosos, que não se veriam adequadamente representados por um sujeito que, eticamente, representa uma classe que coletivamente defende coisas como o uso de embriões para fins científicos e busca explicações do mundo natural que excluem Deus.

          1. cara, sua resposta é completamente irrelevante, não acrescenta informação nenhuma e nem mesmo é engraçada (se é que era esta sua intenção ao postá-la…)

            que é que foi? quer atenção? está carente? precisa de um abraço?

      1. Esse artigo é um absurdo completo. Embora factualmente preciso, ele faz parecer que o uso contínuo de ministérios como moedas de troca, por ser contínuo, não deveria ser um problema. Mas é. Mais ainda em ministérios que exigem algum discernimento técnico, como é o caso do MCTI. Não é porque todos fazem errado que não devemos nos preocupar agora, com mais um degrau na escalada do teatro do absurdo.

          1. Pois é. Realmente achei bizarro que o site defendesse isso, mas não peguei o sarcasmo. Esse post ajuda.

    3. Concordo com o Salvador, não é preconceito, não tem nada a ver com o cara ser religioso – até porque uma coisa não anula a outra, Pasteur e Gauss, entre tantos e tantos outros, eram religiosos fervorosos, e ainda houve cientistas como Newton que tinham tanta convicção em sua fé que procuravam adequar os seus trabalhos acadêmicos aos dogmas religiosos. O problema é o “ministrável” ser LÍDER religioso. Não é que ele tem uma religião e acredita nela, como muitos de nós (inclusive eu). É que essa é a profissão dele. Um banco não admite que um funcionário seu empreste dinheiro a juros para amigos e conhecidos, mesmo em países em que a agiotagem é liberada. Por que? Porque o trabalho dele é trabalhar para o banco, não fazer concorrência com o banco! O ganha-pão do tal do Marcos Pereira é trabalhar para a Universal. Mas a Universal funciona como uma empresa, tem objetivos bem definidos (você pode achar certo ou errado ou o que quiser, mas é inegável que as igrejas neopentecostais têm uma agenda política bem clara), o problema é que suas posições concorrem diretamente com as atribuições naturais de um Ministério da Ciência e Tecnologia. E, por favor, não me venham com “o Aldo Rebelo era do Partido Comunista”. E daí? Primeiro, que uma pessoa realmente de posição comunista seria até uma boa indicação para um ministério desse, poderia ser uma toupeira mas se tivesse o mínimo de “diplomacia camarada” e conseguisse um intercâmbio de tecnologia com os russos e chineses para nós (e por intercâmbio quero dizer eles cedendo tecnologia para o Brasil) já seria lucro. O Brasil é faminto de ciência e tecnologia, quem acha que é dispensável, bom, está errado. E segundo, até parece que o PCdoB tem ALGUMA IDEOLOGIA… O Aldo Rebelo é o maior exemplo disso. A ideologia do sujeito é com ele mesmo… Se uma pessoa tem medo de posições comunistas, então pode dormir tranquilo sendo vizinho da sede do PCdoB porque lá, como todo partido brasileiro, é apenas uma filial de menor expressão do PMDB… Se for para dar o MCTI para a bancada evangélica, melhor extinguir esse ministério e congelar novos repasses para a área até 2018 do que aparelhar um ministério para fazer a ciência no Brasil andar para trás.

  13. Salvador,
    sugiro para quem ainda nao segue, o Instagram da NASA. Em um post de ontem tem uma ilustracao sobre o transito de Mercurio e tambem informam que o proximo transito de Venus eh somente daqui a 100 anos! Eu esperava ciclos maiores, mas nao tanto… Qual a explicacao para isso? E achei que mercurio passaria pelo menos algumas vezes por ano ja que a orbita eh de 88 dias e nos nossos 365 deveriamos cruzar algumas vezes, nao? Se estamos no mesmo plano, pq nao vemos varios transitos??
    abs

    1. Mercúrio transita 14 vezes neste século. Duas já foram, essa é a terceira. Próxima em 2019. Vênus é mais embaçado. Duas vezes por século ele faz trânsito.

  14. Salvador,

    Poderei observar o transito com uma câmera bem potente? Pois tenho o óculos para observação do sol.
    Posso colocar o oculos na ocular da camera e olhar diretamente?

    1. Eu sinceramente não sei se tudo bem. Não me arriscaria a recomendar isso, porque tem muita coisa em jogo.

    2. Não pode. O óculos escuro reduz a luminosidade levando em conta a quantidade de luz que entra diretamente em seu olho. Se você apontar sua câmera direto para o Sol, conforme o tempo de abertura, pode haver excesso de luz e até danificar o sensor que estará no foco da objetiva. Você pode fritar o sensor da mesma forma que tem gente que cozinha formigas com lentes. Sua câmera também não foi feita para olhar direto para o SOL

  15. Madrugada do dia 6 será do dia 5 para o 6, correto? E meia noite do dia 22 é 23h59 do dia 22 ou 0h01 do dia 23?

      1. Boa observação!! A rigor, nem faz muito sentido dizer que algo vai acontecer “na meia-noite de hoje”, pois a “meia-noite” de hoje já aconteceu, e durou apenas um minuto, logo depois que ontem virou hoje! 🙂

  16. Poderia observar com a lente do seu óculos ou uma lupa refletindo em uma parede branca

  17. Salvador, da Terra vemos o transito de Mercúrio e Vênus em relação ao sol. Do ponto de vista de Marte, a Terra tb chega a passar na frente do Sol de tempos em tempos?

    1. Boa pergunta. Acredito que sim, mas não sei com que frequência. Trânsitos se tornam mais raros quanto mais longe o planeta está do Sol, justamente porque o ângulo das órbitas dos planetas se torna mais relevante. Não me lembro de nenhum registro de trânsito da Terra feito em Marte, embora os jipes já tenham registrado por lá trânsitos de Mercúrio. 😉

        1. Perfeito. Era mais ou menos o que eu imaginava, mas ainda é mais raro do que eu pensava!
          (Ajuda também a colocar em perspectiva a dificuldade de observar um exoplaneta fazer um trânsito numa órbita tipo Terra — o alinhamento tem de ser perfeito!)

        2. Valeu pelo link, tirou todas as duvidas. Bem legal o detalhe que alem da Terra, veríamos é claro, tb a Lua transitando o Sol! Que show seria hein?

  18. Falando em Marte, qual é exatamente a reação do gelo fervendo(pressão muito baixa) e arrastando o solo junto, na afirmação dos cientistas: desvendado mistério das correntes de água em Marte?

    1. O experimento que mostra os efeitos da evaporação ajuda a explicar as marcas vistas no solo marciano pelos fluxos de água durante o verão.

      1. Nos Pólos acontece a mesma coisa? Porque não vejo eles falarem sobre este fenômeno, onde existe a maior concentração de gelo em Marte. Aliás, outra pergunta, porque não enviaram um destes Robôs para lá?

        1. Um robô pousou perto do polo Norte marciano, a Phoenix, em 2008. E achou gelo lá, assim como viu gotículas de água se formarem no pé da sonda.

  19. E haverá sinais no sol e na lua e nas estrelas; e na terra angústia das nações, em perplexidade pelo bramido do mar e das ondas. Homens desmaiando de terror, na expectação das coisas que sobrevirão ao mundo; porquanto as virtudes do céu serão abaladas. E então verão vir o Filho do homem numa nuvem, com poder e grande glória. Ora, quando estas coisas começarem a acontecer, olhai para cima e levantai as vossas cabeças, porque a vossa redenção está próxima. E disse-lhes uma parábola: Olhai para a figueira, e para todas as árvores; Quando já têm rebentado, vós sabeis por vós mesmos, vendo-as, que perto está já o verão. Assim também vós, quando virdes acontecer estas coisas, sabei que o reino de Deus está perto. Em verdade vos digo que não passará esta geração até que tudo aconteça. Passará o céu e a terra, mas as minhas palavras não hão de passar. Lucas 21:25-33. Todos os sinais da volta de Nosso Senhor Jesus Cristo acontecerão SIMULTANEAMENTE, todo o olho o verá até mesmo os que o transpassaram. Terremotos, tsunamis, cometas e meteoros que atingirão a terra, 3ª grande guerra mundial, guerra nuclear, guerra do ARMAGEDON, peste, fome, seca, tornados, aquecimento global, furacões, vulcões, tempestades. Antecederão a volta de Jesus. 2011 se iniciou 7 anos de grande tribulação. Jesus Cristo breve virá. Quem tem ouvidos ouça.

    1. A sua presença aqui me diz que o post foi chamado em algum lugar que não seja só a audiência cativa. Vamos ver se estou bom de profecia…

      (Acertei. Está no UOL agora.)

      1. Pior que esse mala do Irmão Lesado, que adora CHOLAR MAIS tá em vários sites de notícias sobre ciências, comentando essa mesma ladainha de merda…

        Desconsiderem, não passa de um Troll inútil.

      2. Mas essa professia até Nostradamus já havia feito:
        “Trombetas soarão na home da uol e nuvens de churume chegarão ao Mensageiro Sideral!”
        hahahsudha

        Mas eu passei a acreditar que no meio dessa nuvem, alguns abrirão a mente e tornar-se-ão fieis seguidores do MS.

        Por hora, força!

      3. Salvador, hoje eu descobri que dá para comentar SEM LER A MATÉRIA! Eu nunca tinha reparado que quando o conteúdo é bloqueado pedindo o cadastro a caixa de comentários funciona normalmente… Deve ter muito troll que vem aqui e nem abre a matéria! Não tem como deixar os comentários só para quem pelo menos clica na matéria? Pra quê o sujeito quer se expressar sobre uma coisa que ele não leu uma palavra? Isso não é liberdade de expressão…

        1. É, é verdade. É ruim mesmo isso, mas não sei se tem como mudar, e nem sei se prefiro que mudasse.

    2. Irmão L, Só agora esta vendo estes sinais…, no século 21 DC? Precisa ler um pouco mais, acompanhar o que aconteceu nos últimos 5.000 anos.

    3. Quer entrar para a Igreja dos Morons, Irmao L? A seita dos Apocalípticos “Now, Tomorrow and Every Single Day” precisa de seguidores depois que não aconteceu nada na centésima data calculada do Apocalipse desde o começo do século até hoje.

        1. Isso porque vocês não viram quantas postagens repetidas ele *tentou* publicar.

          1. Caraca Salva! Obrigado por filtrar man!

            Às vezes acho que você faz como o Jim Carrey no filme todo poderoso: “Yes to all”

            Uma filtradinha ajuda a preservar esse ambiente, valeu!

          2. Hehehe, às vezes é meio assim mesmo. Ainda mais quando logo aqui e tem algo como 200 comentários para aprovar. Aí priorizo a velocidade mesmo e faço uma leitura cruzada — o preço é que não respondo todo mundo que merecia. Mas, você sabe, eu acho que todo mundo tem o direito de falar asneira. O Irmão L tá forçando a barra porque é a *mesma* asneira, tipo, 20 vezes. Aí não dá. Uma basta.

        2. Não é não, o fundador da Igreja dos Morons sou eu. E “morons” não tem acento.

          1. Exatamente, você fundou a dos Morons e ele a dos Mórons. Parecem iguais, mas são diferentes, a dele é mais imbecil porque Moron não tem acento!

            KKK

          2. Caramba, já está rolando um cisma dos morons. Teremos os mórons apostólicos e os morons ortodoxos. rs

          3. É que “Moron” não tem acento mesmo, é uma palavra em inglês que significa…. deixo para os “Mórons” pesquisarem na Internet. Mas eles nada tem a ver com os “Mórmons” como alguns podem pensar, a diferença está essencialmente no m após o r.

  20. Nossa, esse mês vai ser da hora! Vou ficar de olho no céu.
    Pessoal, num possível governo M.Temer, o ministério da ciência e tecnologia será chefiado pelo Bispo da Universal Marcos Pereira. Parece piada.

      1. Esta possibilidade do Bispo, É TERRÍVEL!!!! Não quero e não aceito imaginar esta sandice!!! Ô ignorância e ardil político! Péssimo para a Ciência e a Tecnologia…

      1. Não, não é. Na verdade, para quem teve, em sequência, os péssimos Aloizio Mercadante, Aldo Rebelo e Celso Pansera, a gente vê que sempre dá para piorar mais um cadinho.

        1. Salvador… me aponte uma medida equivocada a respeito da Ciência promovida por estes ministros…(não estou defendendo eles, mas críticas genéricas às vezes são levianas… como a Ciência, preciso de evidências)…

          1. Então, tem mais a ver com o que eles NÃO fizeram. Mercadante, Rebelo e Pansera podiam ter feito avançar o acordo com o ESO; não fizeram. Mercadante, a bem da verdade, foi lá só para esquentar cadeira, de olho num ministério maior (onde fez mais estragos, na Educação, antes de saltar para a Casa Civil e ser flagrado “encorajando” Delcidio a não delatar seus comparsas). Rebelo é um sujeito com histórico retrógrado, chegando a defender medidas para impedir que tecnologias capazes de cortar empregos fossem desenvolvidas no Brasil (pense num cara desses para ministro da Ciência e TECNOLOGIA). Pansera teve ainda menos o que fazer. Nenhum deles lutou contra os cortes de verbas do ministério, todos acompanharam passivamente a erosão do sistema de CTI, tão aprimorado durante os governos FHC e Lula (sobretudo este último, que teve excelentes ministros da CTI, dentre eles o mais notável o físico Sergio Rezende). Programa espacial, nem comento. O acordo com a Ucrânia, que produziu sucata em Alcântara por meio bilhão, diz alguma coisa para você? (Verdade que foi assinado durante o governo Lula, mas qualquer um desses ministros podia ter advogado seu fim junto ao governo, e não o fizeram. Talvez as empreiteiras produzindo a sucata lá em Alcântara não quisessem o fim do negócio? Não sei.) O histórico de fracasso no setor de CTI nos últimos anos é patente e relega o Brasil ao subdesenvolvimento.

    1. e provavelmente o bispo vai fazer muito mais do que as antas com PhD que normalmente ocupam esse ministério

      1. Muito mais cagada, você quer dizer, né? (E o último PhD a assumir o ministério se perde nas brumas do tempo. Vamos ver se você sabe quem foi, já que acompanha tão de perto o desempenho do MCTI e de seus ministros… tsc, tsc, tsc.)

    2. Não é piada, os astros anunciam o fim dos tempos. Nibiru está em órbita de aproximação.

  21. Salvador, certamente você viu aquela matéria sobre o estranho comportamento da água em Marte que e como ela provoca as erosões no terreno de lá? Ao que tudo indica não é pouca água não. 🙂

    1. Vi, e não me pareceu uma novidade brutal. Que havia evaporação, já se imaginava, dada a baixa pressão. A única coisa aí é que precisam de menos água do que o estimado antes para provocar as marcas no solo. Mas ainda é água, ainda é líquida e, como previsto, evapora depressa…

  22. Como apreciador deste blog, gostaria de relatar o que vi ontem a noite: Vi o que parecia ser a entrada de um meteorito (grande, luminoso…), porém, logo em seguida, tomou a forma de um ponto luminoso, tipo satélite que costumamos ver a noite, e seguiu em linha reta até desaparecer no horizonte rumo ao sudeste (isto foi por volta das 20h05, e até desaparecer levou cerca de 15 minutos, a sua “entrada” foi próximo ao cruzeiro do sul – resido em S.J.R.Preto, interior de SP). Achei estranho este episódio, poderia ser uma entrada acidental de um satélite (digamos baixando seu nível de altura, sei lá…, e depois seguir seu percurso? Isto é possível? Hãa….parabéns pelo blog, e pela excelente matéria.

    1. É possível que seja a ISS, dependendo das condições de visibilidade é possível observar sua passagem por um bom tempo.

    2. Oi Lucio, talvez tenha sido um lampejo de um dos satélites Iridium. Da uma pesquisada por vídeos de “iridium flares” e veja se é parecido com o que você viu.

      1. Rodrigo, Iridiums costumam apresentar apenas flares de poucos segundos. Pelo comportamento que ele citou, está mais para a ISS mesmo.

    3. Pesquise se é uma rota aérea…

      Talvez você viu um avião de frente, com as luzes de pouso/decolagem acesas, que parecem faróis de carro porém muito mais fortes e mais focadas…

      Quando mudou a perspectiva você passou a ver somente as luzes piscantes normais…

      Da sacada do apto dos meus sogros, que fica perto do aeroporto de Congonhas, dá pra ver isso acontecendo com uma determinada rota de pouso…

    4. Lucio, pode ter sido um satélite iridium, quando são visíveis há sempre um instante no qual atingem o máximo brilho.

    5. Bom dia!
      Pode ser apenas um satélite mesmo. O aumento de brilho, pode ser em função do ângulo momentâneo do objeto em relação ao sol, que direcionou o seu brilho diretamente para sua região.
      Já vi algo parecido com isso, e ainda mais estranho quando o seu brilho aumentava e diminuia em intervalos de tempo. Talvez pela forma do satélite (se for hexagonal, à medida que avança, uma de suas faces reflete o sol em nossa direção).
      Pena que nessas horas, não temos nada para registrar…
      Agora, 15 minutos é realmente muito tempo de observação…

      abs,

    6. Provavelmente um satélite Iridium. Já ví várias vezes e fiquei curioso com seu relato, então baixei um programa de rastreamento de satélites e verifiquei que ontem por volta deste horário o satélite Iridium10 estava passando bem em cima da nossa cidade.

    7. 15 minutos é tempo demais para ser a ISS, que nas melhores das situações leva no máximo uns 4 minutos para cruzar o céu. deve ter sido um avião mesmo, ou quem sabe um balão estratosférico (hehe, esta última sempre foi a desculpa favorita da força aérea norte americana para explicar os ovnis… )

      1. Meu telescópio é do tipo newtoniano clássico, infelizmente, Marte sempre aprece como uma bolinha vermelha para mim quando olho pela ocular, provavelmente, porque, o diâmetro do espelho refletor é lá grandes coisas. Queria poder ver imagens fodásticas de Marte, a exemplo dessa linda e enorme bolota que vemos na foto que estampa o artigo.

        1. Com um de 127mm de abertura dá para ver (com um pouco de imaginação) a calota polar de Marte. Mas tem que estar tudo favorável.

      2. Deve ser alguma zueira pq o título da matéria ficou parecendo aquelas chamadas de páginas de astrologia hehehehehe… eu mesmo achei que se tratava disso e já ia ignorar até ver a foto do Sol e a sombra de Mercúrio na frente dele…

    1. Bom para aquário são aquelas lâmpadas com UV, que impedem o crescimento de algas…

      Para capricórnio o recomendado é ficar solto nas montanhas, subindo, descendo, comendo matinho… feliz da vida…

Comments are closed.