Ajude a Nasa a descobrir um novo planeta no Sistema Solar!

Em janeiro do ano passado, uma dupla de astrônomos assombrou o mundo ao apresentar evidências convincentes de que existe um planeta além de Netuno no Sistema Solar. E agora você pode ajudar a descobri-lo.

O projeto, chamado Backyard Worlds: Planet 9, é uma iniciativa conjunta da Universidade da Califórnia em Berkeley com a Nasa.

A primeira tem larga experiência em esforços de ciência-cidadã/colaborativa, ao inaugurar o campo, em 1999, com o SETI@home, que permitia a qualquer um ajudar a buscar sinais de inteligência extraterrestre processando os dados do radiotelescópio de Arecibo com o tempo ocioso do seu computador.

A agência espacial americana, por sua vez, tem um imenso catálogo de imagens feitas pelo seu satélite de infravermelho Wise, destinado justamente a descobrir objetos celestes que estejam nas proximidades do Sistema Solar — quiçá como parte dele. O catálogo cobre o céu inteiro cerca de seis vezes seguidas.

A análise dessas imagens por técnicas de processamento digital já fez uma boa peneirada nessas imagens — e um número significativo de descobertas. O que os computadores fizeram foi comparar várias fotografias feitas do mesmo canto do céu em momentos diferentes e então ver se algum desses pontos se movia (como nessa sequência abaixo).

Objetos que se movem com relação às estrelas distantes estão mais próximos ou mesmo dentro do Sistema Solar, e com base em seu movimento é possível calcular sua órbita. Foi assim que Clyde Tombaugh descobriu Plutão, em 1930, e também como Mike Brown descobriu Éris, em 2005. Na imagem acima, o Wise permitiu a descoberta de uma anã marrom próxima ao nosso sistema planetário, catalogada como WISE 0855-0714.

Um problema é que nem mesmo os mais sofisticados softwares são tão bons em enxergar padrões consistentes de movimento quanto os olhos humanos. Então, para participar da busca do chamado Planeta 9 (ou de outros objetos ainda por ser descobertos), basta você se cadastrar no site e assistir a pequenos filminhos (sequências de cinco ou seis imagens), indicando se há algum objeto se movendo nelas.

É uma aposta. No momento, não há garantias de que o Planeta 9 exista mesmo, muito menos que o Wise tivesse sensibilidade suficiente para encontrá-lo. Mas os coordenadores do projeto indicam que qualquer descoberta feita pelos colaboradores valerá a eles co-autoria no trabalho científico que reportará sua existência.

Então é isso aí: existe uma chance de que você seja um co-descobridor do Planeta 9. Mãos à obra!

Acompanhe o Mensageiro Sideral no Facebook, no Twitter e no YouTube

Comentários

  1. Salvador! O coordenador do projeto Backyard Worlds (Marc Kuchner) vai conversar com o público amanhã, no Facebook, às 11 am EST. Parece que vai ser bacana! Deve mostrar os resultados preliminares (em apenas cinco dias mais de vinte mil voluntários se inscreveram e fizeram mais de um milhão de classificações), além de esclarecer dúvidas.

    Agora, estou mesmo ansioso para o seguinte: não sei o porquê, mas esse cara me chamou para uma conversa particular no Hangouts, junto com outros vinte voluntários. Será que encontramos o planeta 9? 😀

    Lógico que não, mas achei estranho kkk.. deve ser a chamada dele para quem não tem Facebook, mas tem gmail.

  2. Salvador, vai deixar eu divulgar a localização de herculobus? eu e você sabemos das incidências e coincidências , de que ele possa estar la! Ha já sei, modinha de pseudo código de lero-lero!rsrs vou tentar de novo!

  3. Boa tarde, Saver!

    OFF TOPIC – Gostaria de saber se o livro “Roteiro do Céu” do astrônomo português Guilherme de Almeida é um bom guia astronômico para iniciantes e/ou se há alguma obra nacional mais atual.

    Amplexos

  4. Salvador, boa tarde.
    Não tem relação direta com o texto, mas li hoje na internet que acharam evidências de material orgânico em Ceres.
    É verdade, ou é só mais uma história sem pé nem cabeça que rola na internet..rs?

    1. É verdade, mas não é surpreendente. Está cheio de asteroide e meteorito com material orgânico. Ceres é o maior dos asteroides, além de planeta anão. Surpresa seria se não tivesse. A descoberta só mostra que carbono não tem preconceito. O que ele faz na Terra, faz em Marte, faz em Ceres, faz em Titã… rs

  5. Há alguns anos, mandaram um brasileiro pro espaço e em seguida sumiu um planeta.

    Mas agora foi só a Lava-Jato começar a bombar e já estão querendo devolver.

  6. Essa órbita excêntrica do eventual Planeta 9 poderia ter relação com a estrela binária que passou aqui por perto há 70 mil anos? Poderia ter sido roubado delas, ou, mais provável, a órbita do planeta ter sido desviado pela gravidade dela?

    1. Desconfio que, se o Planeta 9 foi roubado, foi roubado na época em que o SS estava se formando… era onde haveria maior oportunidade de encontrões com estrelas. Acho que esse “encontro” de 70 mil anos atrás foi insuficientemente próximo. Além disso, não teria havido tempo para o planeta 9 moldar as órbitas dos TNOs como moldou (é o que nos faz apostar que ele esteja lá fora).

    1. A “NAZA” MENTE

      Não é que a NASA mente, é que a maioria dos que acham que ela mente não tem inteligência suficiente para entender o que ela diz.

  7. Tomara que consigam achar logo esse planeta, mas, só uma pessoa extremamente focada e com excelente visão vai conseguir enxergar algo nesse mar de pontinhos…

    Infelizmente, não é para mim, que tenho dificuldade até em jogos de 7 erros da Turma da Mônica…

    Ainda acho que eles podem fazer um software que consegue “enxergar” muito melhor do que nós e estou certo que não é tão difícil assim, é só comparar pixel a pixel, coisa que um computador faz aos milhões por segundo!

    1. essa é que é a questão, radoico: para este tipo de busca de padrões, nosso sistema visual ainda é muito melhor que qualquer algoritmo de processamento de imagens…

    2. veja que na própria sequência apresentada como exemplo do texto um algoritmo simples como a comparação pixel a pixel que você sugere falharia catastroficamente, e diria que a imagem toda se moveu… 🙂

    1. Recebo relatórios, mas não posso divulgar essa informação. Só vou dizer que não chega ao plural aí.

        1. O lance é que a turma que acredita em sobrenatural só vem aqui quando o UOL chama. E o UOL tem sido econômico em seu entusiasmo com o blog recentemente. Ainda assim, me orgulho dos números. 😉

          1. Seu blog é muito bom. Não sou especial entusiasta em astronomia, mas leio sempre. É muito bem escrito. Parabéns!

          2. deve se orgulhar mesmo Salvador vc é um do poucos blogueiros que interagem com seus leitores sem perder a essencia. Poderiamos te chamar de professor pq é isso que vc é para nós pobres leigos .

          3. Aprendo com vocês também! Várias coisas eu preciso pesquisar para responder, e isso é muito bom! 🙂

          4. Salva, falando em UOL o link do portal de notícias que aponta para o blog continua parado lá atrás no post de Alpha Centauri.
            Antes era atualizado sempre q vc criava um novo. Já mandei mensassagens de erro para eles, mas continua com problema.

  8. Lembrei que quando eu era adolescente, lá nos anos 90, um descanso de tela que fazia o meu PC analisar dados computacionais do programa SETI enquanto ele esrava em desuso descansando. A iniciativa bem bacana, o problema era que você nunca iria saber se havia encontrado alguma coisa. Dessa vez, olhando para imagens a gente pode vislumbrar algo e participar da descubra.

    Será que se eu descobrir o 9 vou ficar famoso?

  9. Corre o risco dos nibirutas ver milhões de Nibirus ou Hercólubuses (este são os plurais?) e colocar suas observações enviesadas no Youtube para uns tontos clicar e acreditar neles. Mas a iniciativa é bem legal, quem fizer muitas vezes vai ter uma ideia de quanto é difícil localizar um objeto sem luz própria zanzando pelo Universo próximo ao Sistema Solar. Mas quanto mais desenvolvida a tecnologia, mais longe poderemos ver e este trabalho de “formiguinha” vai aumentar exponencialmente.

    1. Uma observação sobre a busca: coloque no negativo a imagem, é mais fácil achar alguma coisa com pontos escuros num fundo branco.

  10. Salvador, adorei mesmo esta ideia! Seu idealizador sem dúvida alguma beira a genialidade! 😀
    Só espero que a ferramenta não seja tomada por “espíritos de porco” que saiam marcando indiscriminadamente um monte de falsos alarmes para estragar a análise…

    Mas… não, acredito que eles devam ter métodos estatístico ou mesmo alguma IA rudimentar capaz de filtrar marcações falsas, colocadas só para estragar o sistema.

    Como programador, eu implementaria alguma forma estatística de pontuar as coordenadas marcadas (quanto mais gente marcou certos pontos, mais prováveis seriam de marcações honestas) ao mesmo tempo que colocaria um peso nas marcações de cada usuário, tirando pontos daqueles que sistematicamente marca coordenadas onde ninguém mais enxerga e marca nada…

    De certa forma, esta ferramenta implementa muito bem a ideia de IAA, ou Inteligência Artificial Artificial, que seria um tipo de Inteligência Artificial capaz de emergir não de algoritmos clássicos de IA, e sim de uma análise estatística do conjunto de reações de inteligências naturais que, no final das contas, começaria a se comportar como uma Inteligência Artificial separada e bem convincente.

    1. não sei por que, mas essa tal de IAA me fez lembrar bastante a tal Psico-história das obras de Asimov…

      1. afrânio, ultimamente estou muito ocupado mesmo tanto com a faculdade (estou cursando física) quanto com o trabalho (sou analista de sistemas). infelizmente não me sobra mais muito tempo para dar sequência aos contos que comecei… 🙁 é que em algum momento eu preciso dormir, né? hehehehe

        mas ainda pretendo transformar o “Teletransporte” numa obra completa. o tema é muito rico, dá para especular bastante sobre o assunto! 🙂

        até lá, procure pelo “Fórmula do Caos” que eu já publiquei.

        http://www.livrariacultura.com.br/p/formula-do-caos-42742978

        ou confira os outros contos que já coloquei lá no recanto das letra, que já somam 180… 😀

        http://www.recantodasletras.com.br/autor.php?id=99457

      1. Hehehe, adorei sua observação, Afrânio!!

        Nunca imaginei ser capaz de escrever algo de estilo Hitchcockiano, mas se vc percebeu isto, eu acredito! 🙂

        Na verdade, nunca imaginei nem que o “Dia da Saudade” pudesse ter uma continuação, mas vejo claramente agora que “Pena de Vida” conduz claramente a uma terceira parte do conto, e quem sabe uma quarta e quinta, hehehehe!

        O assunto “pós-vida” é mesmo muito rico, e vejo agora ser impossível escrever superficialmente sobre ele, sempre vai nos forçar a um aprofundamento que talvez nunca quereríamos ser obrigados a arriscar.

        Mas… Sim, muita gente já me disse que sou meio ousado. Paciência, estou pensando sim numa terceira ou mesmo quarta e quinta continuações da história! 🙂

          1. hehehehe, acho que neste feriado prolongado de carnaval conseguirei escrever alguma coisa nova. te aviso! 😀

  11. Quem encontrar o tal nono planeta ganha o direito de batizá-lo?
    Se eu encontrar, vou chamá-lo de Mickey Mouse, kkkkk.

  12. Muito interessante isto!!

    No fundo no fundo mesmo estão usando nossos próprios neurônios e sistema visual como processadores orgânicos de dados conectados numa rede de processamento paralelo espalhada pelo mundo!

    E quer saber, isto me deu um leque gigantesco de ideias novas para escrever meus próximos contos de ficção científica, hehehehe.

    1. JADER, a ideia é ignorar os inúmeros pontos que se movem igual e tentar se concentrar naqueles que se movem diferente! 🙂

  13. Grande dica Salva!
    Super legal essa inciativa! Acabei de entrar lá para dar uma olhada.

    Além de útil, é um ótimo passa-tempo e divertido. Da para marcar alguns artefatos nas imagens mesmo não sendo o 9º planeta.

    Sei lá né, vai que uma hora dessas eu tiro a sorte grande! 😉

  14. Até que gostaria de ajudar, mas não vai dar. Não que eu seja preguiçoso, “é que eu quero evitar a fadiga”.

    1. Tenho certeza que se isto fosse transformado de alguma forma num game online para ser jogado nos celulares, os acessos explodiriam.

      CARACA!!!! ACABO DE TER UMA IDEIA BRILHANTE!!!! 😀

      Mais alguém pensou o que eu pensei, e gostaria de me ajudar com isto? 🙂

        1. no yt tem uns doidos varridos com 3 milhões de seguidores ou mais acreditando e falando sobre E.T. que ninguém nunca viu e o tal nibiruta-loku, o novo planeta dos fanáticos por invenções no ar (e da falta de um potente calmante).

Comments are closed.