Arquivo - Categoria: Astronomia

Fim de semana tem chuva de meteoros do Halley!

Na madrugada deste s√°bado (21), com a Lua num fino crescente,¬†temos o pico de uma das mais tradicionais chuvas de meteoros anuais, os Orion√≠deos. Trata-se da segunda de duas chuvas¬†regulares associadas ao famoso cometa 1P/Halley. (A outra √© a dos Eta-Aquar√≠deos, que acontece em maio.) O¬†cometa em si passa por nossa regi√£o do Sistema Solar(…)

Da s√©rie ‘N√£o desistam do Brasil’

Tr√™s not√≠cias bacanas e fresquinhas que mostram que, apesar de tudo, se o Brasil escolhesse focar em seu potencial — em vez de preservar a bandalheira, objetivo-mestre da atual classe pol√≠tica –, poderia ir muito mais longe e dar melhores condi√ß√Ķes de vida a todos os brasileiros. Brasil √© campe√£o da 9a Olimp√≠ada Latino-Americana de(…)

Ondas gravitacionais e luz da colisão de estrelas de nêutrons revelam segredos do Universo

Uma colis√£o de estrelas de n√™utrons ocorrida h√° 130 milh√Ķes de anos numa gal√°xia distante ganhou aqui na Terra um privil√©gio especial: tornou-se o primeiro fen√īmeno¬†espacial a ser observado tanto por ondas gravitacionais quanto por luz. √Č o equivalente astron√īmico de uma feijoada completa. O resultado tem implica√ß√Ķes vastas e marca o in√≠cio de uma(…)

Astronomia: A dist√Ęncia das estrelas

Como os astr√īnomos conseguem estimar com precis√£o a dist√Ęncia da Terra at√© as estrelas? O OUTRO LADO Na semana passada, usando os radiotelesc√≥pios do Very Long Baseline Array, um grupo de astr√īnomos conseguiu detectar uma regi√£o com altas taxas de forma√ß√£o estelar do ‚Äúoutro lado‚ÄĚ da Via L√°ctea, a 66 mil anos-luz daqui — al√©m(…)

Astr√īnomos descobrem anel em ‘primo’ de Plut√£o

O planeta an√£o Haumea, que j√° era um dos objetos mais interessantes localizado nas profundezas do Sistema Solar, acaba de ficar ainda mais curioso. Um grupo internacional de astr√īnomos, com participa√ß√£o brasileira, descobriu que ele √© maior do que se pensava — com di√Ęmetro m√°ximo similar ao de Plut√£o — e, ainda por cima, possui(…)

Brasileiros encontram estruturas peculiares no interior de um meteorito marciano

Um grupo de pesquisadores brasileiros identificou no interior de um meteorito proveniente de Marte estruturas que podem estar relacionadas com a presen√ßa de √°gua l√≠quida, e quem sabe vida, no passado recente do planeta vermelho. E o mais interessante: eles n√£o precisaram estragar o meteorito para isso. O astrobi√≥logo Bruno do Nascimento-Dias, do Laborat√≥rio de(…)

Um ano atrasada, onda gravitacional leva Nobel

Com um ano de atraso, a Academia Real de Ci√™ncias da Su√©cia d√° o Pr√™mio Nobel em F√≠sica para os pesquisadores respons√°veis pelas primeiras detec√ß√Ķes diretas de ondas gravitacionais. A aposta de que a descoberta dessas marolas no tecido do espa√ßo-tempo renderia uma premia√ß√£o era t√£o segura que todo mundo esperava que fosse acontecer no(…)

Nasa adia o lançamento do telescópio James Webb

Como diria o Sim√£o, hoje s√≥ amanh√£. A Nasa adiou o lan√ßamento do Telesc√≥pio Espacial James Webb. Originalmente marcado para outubro de 2018, agora ele deve voar s√≥ entre mar√ßo e junho de 2019. “A mudan√ßa do lan√ßamento n√£o √© indicativa de preocupa√ß√Ķes de desempenho t√©cnico ou de hardware”, disse Tomas Zurbuchen, vice-administrador da Nasa.(…)

A primeira detecção tripla de ondas gravitacionais

O estudo das ondas gravitacionais a cada dia fica mais interessante. Pela primeira vez, uma identifica√ß√£o foi feita simultaneamente por tr√™s diferentes detectores. Desta vez, al√©m das instala√ß√Ķes g√™meas do LIGO, o observat√≥rio de ondas gravitacionais americano, o sinal tamb√©m foi detectado pelo Virgo — um equipamento similar aos dois do LIGO, mas localizado na(…)