Domingo tem eclipse solar; saiba como observar!

Salvador Nogueira

O domingo de carnaval (26) nos reserva um dos mais bonitos e marcantes espetáculos celestes, um eclipse solar. Ele acontece quando a Lua desfila entre o Sol e a Terra, bloqueando parcial ou totalmente o disco solar. O fenômeno será visível na maior parte do território nacional, de modo que, entre um esquindô e outro, vale a pena observá-lo. Mas lembre-se de que olhar diretamente para o Sol é muito perigoso para os seus olhos — pode até cegar. É preciso estar preparado.

O fenômeno se desenrola entre 9h40 e 13h40, aproximadamente, seguindo o horário de Brasília, mas cada localidade tem um momento específico para o início, máximo e término. Só quem estiver na região Norte do país não poderá vê-lo. Centro-Oeste, Sudeste, Sul e parte do Nordeste verão a Lua se projetar parcialmente sobre o disco solar — e quanto mais para baixo no mapa você estiver, maior será o percentual do Sol bloqueado.

Contudo, apenas numa estreita faixa do globo que se estende do extremo sul da América do Sul (passando por Chile e Argentina) até o sul da África o eclipse será anular – ou seja, nesses lugares, por alguns instantes, a Lua deixará visível apenas um anel do disco solar.

COMO OBSERVAR COM SEGURANÇA

Bem, se não se pode olhar diretamente para o Sol, como fazer? A melhor solução é comprar uma proteção apropriada para a vista. A Nasa, agência espacial americana, recomenda o uso de vidros de máscara de solda No. 14, capazes de bloquear os raios nocivos do Sol e permitir a passagem de uma quantidade confortável de luz que permita a observação do fenômeno. Essas lâminas de vidro são encontradas facilmente em casas de ferragens e custam baratinho: entre R$ 2 e R$ 3. Ou seja, não dói no bolso. (Dê uma olhada no vídeo para ver como é o negócio.)

Os astrônomos não recomendam improvisos nessa hora — tem gente que usa CD e chapas de raio-X usadas, mas esses improvisos podem resultar no pior dos mundos. Por um lado eles de fato reduzem o brilho solar, o que aumenta o conforto visual, mas por outro não bloqueiam os raios infravermelhos nocivos que emanam da nossa estrela-mãe. Moral da história: se olhar por tempo demais, você estraga sua vista e não tem nem noção imediata disso, porque o estrago foi feito por luz que você nem podia enxergar. Muito cuidado. (E nem pense chegar perto de qualquer instrumento óptico sem filtros apropriados para observação solar. É cegueira certa.)

Se faltar o vidro da máscara de solda, há alternativas “low tech”, como improvisar um sistema para projetar a imagem do Sol num anteparo fazendo um furo com um alfinete numa caixa. É uma popular ideia tentar observar pela reflexão solar numa superfície de água — você corre riscos similares aos de olhar diretamente.

E, claro, ninguém vai ver nada se o tempo estiver nublado. Então é torcer para ter céu claro na manhã de domingo.

Para a região de São Paulo, o eclipse deve começar às 10h02, atingir seu máximo às 11h30 e terminar às 12h59. Na capital paulista, cerca de 40% do disco solar será encoberto pela Lua. Quanto mais ao sul, maior bloqueio. Em Porto Alegre (RS), ele será de 56%. Em compensação, lá em cima do mapa, em Teresina (PI), só 1,4%.

O ideal, claro, é ver com os próprios olhos. Mas, se não der pé, o Mensageiro Sideral transmitirá ao vivo pela internet, com participação dos astrônomos Cristovão Jacques e Alcione Caetano, a partir das 10h.

Outros dois grupos farão transmissões ao vivo, os canais Astronomia ao Vivo (a partir das 9h15) e Ciência e Astronomia (a partir das 8h30).

Diversas instituições também estão programando atividades para acompanhar o eclipse. Confira uma lista delas, compilada pelo GaeA (Grupo de Apoio a Eventos Astronômicos):

– Amparo/SP: Polo Astronômico de Amparo (Polo Astronômico de Amparo)
– Aragoiânia/GO: Gunstar Team (Vale do Éden)
– Bauru/SP: Observatório Lionel José Andriatto (UNESP)
– Botucatu/SP: Observatório Sagitário (transmissão – Astronomia ao Vivo)
– Brusque/SC: OAB+CAB (Observatório Astronômico de Brusque)
– Campinas/SP: Observatório Municipal de Campinas Jean Nicolini
– Campo Grande/MS: CACS (Casa de Ciência e Cultura)
– Campos Sales/CE: CAPO (Praça Central)
– Catas Altas/MG: Grupo de Astronomia da UFMG (Praça Monsenhor Mendes)
– Chapecó/SC: Apontador de Estrelas + Espaço Astronomia UDESC (calçadão de Chapecó, ao lado da Havan)
– Cuiabá/MT: IF-UFMT (Campus UFMT – a confirmar)
– Diadema/SP: SAAD (transmissão – falta link)
– Ferreiros/PE: Observatório Monte Saturno (transmissão – Ciência e Astronomia)
– Florianópolis/SC: GOA IFSC-SJ (bolsão do trapiche da Beiramar Norte)
– Foz do Iguaçu/PR: SpySky+Polo Astronômico Casimiro Montenegro Filho
– Goiânia/GO: CAA (Parque Flamboyant)
– Goiânia/GO: Gunstar Team + Planetário da UFG (Planetário da UFG)
– Iguaraçu/PR: GEAI (Praça da Igreja Matriz)
– Itanhaém/SP: OAAE/CEU/GUE (Boca da Barra)
– Itajubá/MG: LNA+UNIFEI (Campus da UNIFEI)
– João Pessoa/PB: APA+LAECB+NEPA/IFPB (Estação Cabo Branco)
– João Pessoa/PB: BRAMON (transmissão – Ciência e Astronomia)
– Londrina/PR: Observatório Draco Australis (transmissão – Astronomia ao Vivo)
– Londrina/PR: Gedal (Praça Nishinomiya, em frente ao Aeroporto de Londrina).
– Marialva/PR: CAEH+Grupo Centauro (Praça do Colégio Anjos Custódios)
– Maturéia/PB: APA+BRAMON+Ciência e Astronomia
– Monte Mor/SP: Observatório Solaris (Observatório Solaris)
– Nova Friburgo/RJ: CANF + Planetário de Nova Friburgo
– Petrópolis/RJ: NAAP+CARJ (Parque Municipal de Itaipava)
– Ponta Grossa/PR: SPCA (Parque Ambiental)
– Porto Alegre/RS: Colégio Militar de POA (transmissão – Ciência e Astronomia)
– Rio Claro/SP: GEARC + Projeto Escola dos Astros (Estacionamento Shopping Rio Claro)
– São Gonçalo/RJ – CASG-LV (Centro Cultural Vila Lage)
– São Paulo/SP: EMA (Escola Municipal de Astrofísica)
– São Paulo/SP: Guilherme Sampaio (Parque do Ibirapuera)
– São Paulo/SP: Cienctec (transmissão – Ciência e Astronomia)
– Taperoá/PB: APA+Mistérios do Universo (Praça Pedro Delmiro)

Acompanhe o Mensageiro Sideral no Facebook, no Twitter e no YouTube

Comentários

  1. Corrigindo, em Londrina a observação do GEDAL será na Praça Nishinomiya, dm fresco Aeroporto de Londrina. Obrigado.

  2. Só sei que vai chover o dia inteiro aqui na minha cidade nesse domingo…. vai chover pra kct a semana inteira.

  3. Pronto é só falar que tem eclipse que os Redondílsons ficam em polvorosa. A Lua tapa o Sol por uns minutos e eles acham que isso “prova” que a Terra é redonda rsrsrs. Não sei se fico com pena ou se ajudo mas vamos lá:

    – FILME mostrando que a Terra não é uma bolinha: https://www.youtube.com/watch?v=31p6a__RZDc

    – Foguetes da NASA, sim, dela mesmo, mostrando o que qualquer criança sabe, desde 4.000 a.C. : https://www.youtube.com/watch?v=dln17O1-5FI

    Em vez de me xingar (coisa que eu sei que vão fazer), assistam os vídeos e deixem de ser marionetes dos poderosos, por favor. A ignorância de vocês só serve para enriquecer alguns. Enquanto vocês dão risada de quem pensa diferente, “eles” dão risada de bolso cheio.

    Pensem!

    1. Magina, xingar. Aqui o pessoal é fino.
      No balão (vídeo 1) a curvatura é muito suave, porque a altitude é baixa. Mas está lá. Pause e use uma régua.
      Agora, o vídeo 2 é engraçadíssimo! O foguete acompanha a curvatura da Terra e você vê, em vez disso, evidência de que ele está se evadindo do “muro” no céu.
      Acho que o vídeo 3 do seu post deveria ser um link para o filme “Truman’s Show”.
      Agora sua vez. Explique o que o Victor Goiano filmou do seu quintal passando pelo céu: https://www.youtube.com/watch?v=F5sJ7Xk0GLw

      1. Eu não quero ficar discutindo. Respeito você apesar de pensar diferente. Até peço desculpas pelo tom irônico do post anterior. Só peço que cada um assista e tire suas próprias conclusões, não acredite em tudo o que ouve. O mundo é bem diferente do que a imprensa oficial nos mostra. E não é só na Astronomia.

        1. Carlos, numa boa. E o mundo é muito diferente do que os conspiracionistas dizem. Sugiro que você pense também. Comece por Eratóstenes. Que eu saiba, ele não fazia parte da imprensa oficial. Veja lá o que ele tem a agregar à discussão — sem foguete e sem balão. rs

    2. Não consigo perceber se essa nova onda da Terra plana é trollagem ou o pessoal tá acreditando mesmo nessas coisas. Nem na Idade Média se acreditava nisso.

    3. Pense um pouco… não é o eclipse solar que prova que a Terra é redonda, diretamente, mas o eclipse lunar parcial (quando a sombra redonda da Terra cobre parte da Lua).

      Mas prova indiretamente… Porque cada região do planeta vê o eclipse de forma diferente? Porque no Sul veremos mais parte do Sol encoberta e os do nordeste brasileiro, menos parte encoberta? Porque a Terra é redonda, amigo. Ou, por favor explique essa diferença…

    4. Até o velho grego sabia que a Terra não é plana e agora depois de todo este tempo (2300 anos!) tem gente achando que é mais esperta do que ele. A Terra não é plana, é a cabeça dos terraplanistas que é oca. Quer provas? A experiência do velho grego seria feita sem muitas dificuldades com um par de smartphones separados por algumas centenas ou milhares de quilômetros. Ambos os experimentadores teriam ainda a vantagem que o velho grego não teve de comparar quase de imediato a inclinação das sombras vistas na experiência, diminuindo erros experimentais. Já a prova que a cabeça dos terraplanistas é oca, vem exatamente do fato que o primeiro homem que provou que a Terra não é plana viveu há 2300 anos e portanto muito distante da influência da NASA ou de algum poderoso da época, pois para eles não importava a forma da Terra. Outra prova é que quem lançou esta tremenda ignorância na rede estava apenas arranjando um motivo para arrecadar uma grana já contando com a ignorância dos analfabetos científicos e pelo jeito já deve ter arrecadado bastante. “Já que questionam a teoria de Darwin, a ida do homem a Lua e o aquecimento global, porque não lançar um questionamento sobre a forma da Terra para os ignorantes acreditarem, afinal de contas são muitos analfabetos científicos e isto pode render uma boa grana”, deve ter pensado o gaiato que primeiro teve esta ideia de jerico.

    1. Paulo, eu sei o que é. Exatamente às 15h, entra minha matéria e vou transmitir a coletiva da Nasa ao vivo no blog! Fique ligado! 🙂

        1. Alterei seu comentário para não violar o embargo nos comentários, mas é mais ou menos isso que você falou mesmo. 😉

  4. O ultimo eclipse que vi, com direito a noite em pleno meio dia., faz muito tempo.
    Esse não vai ser assim, mas também é muito legal.
    Valeu Salvador pela dica.

  5. Boa noite Salva!
    Parece que amanhã a NASA vai revelar uma descoberta sobre exoplanetas. E pelo que parece vai ser bem interessante.

    Você vai nos brindar com um post aqui no blog a respeito daquilo que a NASA vai revelar? Torço por um sim! 🙂

    1. Certeza. E estou querendo transmitir também ao vivo a coletiva, fazendo tradução simultânea. 😉

  6. Se posso fazer um adendo na sua reportagem… eu colocaria em letras garrafais e negrito: PELO AMOR DE (insira aqui sua entidade de força maior) NÃO USEM ÓCULOS ESCUROS PARA TENTAR VER O ECLIPSE… sempre tem um louco q acha q o óculos “ultrapolarizado” de 10 reais q comprou na 25 de março é proteção pra esse tipo de coisa…

  7. Espetacular, essa sua informação de que vidro de máscara de solda no. 14 é o ideal para olhar o Sol, além de indicar onde se pode obter esse vidro! A vida toda quis saber disso!

    Vou ver se acho aqui no meu bairro!

      1. Eu passei numa C&C e não achei. Fui achar numa loja de ferragens. Em casa de material de construção, nem sempre acha. Na internet, em compensação, acha fácil. Aí precisa ver se chega em tempo.

        1. Leroy eu sei que tem, vi semana passada em loja física. Foi coincidência até, tava procurando outra coisa e vi as lentes….

      2. Valeu, Eu(TM)! Vou amanhã à Leroy Merlin… Achei aqui numa lojinha do bairro apenas os vidros nos. 10 e 12. Comprei o 12 e testei (dois reais cada), olhando rapidamente para o Sol e pondo na frente do celular e fotografando o Sol, mas acho melhor procurar o 14 mesmo, por segurança.

        Não consegui descobrir a diferença técnica entre o 12 e o 14, nem lendo as especificações ANSI (ANSI/ISEA Z87.1-2015 ) para proteção dos olhos e face. Lá consta apenas a aplicação de cada número, não fala a diferença em termos de % de filtragem de raios UV e Infravermelho…

      3. Comprei, no. 14!!! Agora, só falta NÃO chover, mas estou otimista, apesar das previsões para São Paulo. 🙂

        1. Achou lá na Leroy, Rad? Tinha que ter aproveitado pra comprar uma máscara de solda também, melhor do que ficar segurando o vidrinho na frente dos olhos! Ok que você vai parecer o Darth Vader ou algo do tipo, mas antes isso do que ficar cego!

          hehe

    1. Para aproveitar melhor a luz sem perder a nitidez da imagem, apliquem a seguinte fórmula:

      D = raiz_quadrada(F) / 28

      onde D é o diâmetro do orifício e F é a distância do orifício até a parede de projeção. Lembrando que quanto maior a distância maior será a imagem projetada, porém menor o brilho da imagem. e, lógico, não adianta querer abrir um “orifício” de 1 metro de diâmetro que não vai rolar… 🙂

    2. diâmetro ótimo para focos entre 1 e 100 (unidade:centímetros)

      F D
      1 0,04
      2 0,05
      5 0,08
      10 0,11
      20 0,16
      30 0,20
      40 0,23
      50 0,25
      60 0,28
      70 0,30
      80 0,32
      90 0,34
      100 0,36

    3. Além destas dicas, Caso não encontre: – Procure funileiros em seu bairro(vai ter), Mecânicas, lojas de maquinas e ferramentas, Soldas, Tornearias, em geral todos tem máquinas de solda e consequentemente, tem os vidros das máscaras.

        1. A questão é que já tentaram antes, com configurações mais modestas, e não rolou. Será que com a entrada do ALMA vai dar? Ou ainda vai faltar muque? A conferir… 😉
          (Ouço essa promessa desde os idos de 2002, 2003… por isso espero com cautela o resultado, que tem o potencial para ser sensacional.)

  8. 1-Salvador, você é grato a alguma coisa nesse universo? A ele próprio? Deus? Deuses? Ou é pessimista mesmo?
    2- Todos sabemos que você curte astronomia pra caramba. Teria alguma outra questão que te intriga tanto quanto?

    1. 1- Como assim? Sou muito grato! Acho que a existência é a coisa mais fantástica que existe. Mas não personalizo essa gratidão. Não saberia exatamente a quem ou a que agradecer. O Universo? Deus? O programador da simulação em que podemos estar vivendo? São coisas diferentes? São a mesma coisa? Não perco muito tempo com essa dúvida. Seja lá a quem for devida essa gratidão, ela existe, e isso deve bastar.
      2- Eu acho que astronomia é só um pedaço (importante) dessa coisa de que falei na pergunta 1 — a existência. A astronomia coloca a nossa própria existência no contexto do Universo — e, para mim, com isso, ela engloba todo o resto. Mas tudo relacionado à existência e à percepção me fascina. Desde nossa natureza como animais sociais (que exerço com muito entusiasmo aqui no blog, no bar, com a minha família, com meus amigos etc.) até nossa capacidade de nos entretermos (gosto de cinema, futebol), passando pela gama de emoções que podemos experimentar (das boas às ruins), tudo isso faz parte dessa coisa incrível chamada existência, pela qual sou fascinado. É isso. rs

      1. Eu agradeço a meu pai e minha mãe, que um dia resolveram satisfazer seus instintos primais e me geraram… 🙂

        1. Claro, tenho essa gratidão também. Mas ela se estende a todos os ancestrais numa cadeia de 4 bilhões de anos, então a gratidão é bem diluída aí… rs

  9. Salvador, esse é mais um evento mortadelesco alardeado pela esquerdalha liberal.
    O Sol e Lua devem ser conservados cada qual em seu devido lugar.
    Essa situação avilta os preceitos morais e imprimi aos eventos cósmicos uma lógica ateísta baseada nas leis da física.
    Esse evento não deveria ser divulgado, mas sim cabalmente ignorado.

    Vamos tesouros, não se misturem com essa cientifistalha!

    1. Amigo, não escreva nesse seu celular ou micro, eles funcionam baseados numa lógica ateísta baseada nas leis da Física! Não coma alimentos cozidos, fritos ou assados, não use roupas, não ande de ônibus ou carros, não tome remédios! Jogue fora esses instrumentos do mal!! Cuide-se!!!

      Sem ironia, é impressionante achar que um fenômeno natural como um eclipse (tão natural como a sombra de uma árvore) “avilta princípios morais”…

    2. Sabe qual é a série da TV que o Michel Temer mais gosta? “The Working Dead”. “The Walking Dead” é a série preferida do João Doria.

Comments are closed.