Novas observações revelam segredos de como nascem os planetas

Salvador Nogueira

Incríveis imagens produzidas por um instrumento instalado num dos maiores telescópios do mundo, no Chile, estão revelando os segredos mais íntimos da formação de planetas.

As observações mostram o poder do Sphere, um câmera infravermelha originalmente projetada para fotografar diretamente a luz de planetas fora do Sistema Solar, mas que também é extremamente útil no estudo dos chamados discos protoplanetários — agregados de gás e poeira que se formam ao redor das estrelas durante seu processo de nascimento.

Foi num disco desses, 4,6 bilhões de anos atrás, que a Terra e os demais planetas do Sistema Solar se formaram, logo depois do nascimento do próprio Sol, instalado apropriadamente no centro do disco.

Previstos teoricamente muito antes de serem observados, os discos protoplanetários têm sido estudados desde os anos 1980, mas só agora os instrumentos atingiram a precisão necessária para revelar seus detalhes mais preciosos.

Além do Sphere, instalado no VLT (Very Large Telescope), do ESO (Observatório Europeu do Sul), outra instalação que está produzindo incríveis saltos no estudo dessas estruturas é a rede de radiotelescópios ALMA, também em solo chileno.

Planetas se formam a partir da colisão e agregação de grãos de poeira no interior desses discos — e esse processo já é bem entendido em seus princípios básicos. Mas o diabo está nos detalhes. Com que velocidade os planetas se formam? Qual é o ritmo de crescimento e o tamanho médio dos chamados planetesimais, os pedregulhos que servem de tijolos para a formação dos planetas? O que dita os processos de migração que fazem, por vezes, com que gigantes gasosos se aproximem radicalmente de sua estrela-mãe? Como tudo isso funciona em sistemas com duas ou mais estrelas? Essas são todas perguntas ainda sem resposta, e a chave para decifrá-las é o estudo de imagens como essas.

Colhidas por grupos independentes de pesquisadores, as novas imagens representam três estrelas diferentes. Duas delas — uma chamada RX J1615, localizada na constelação do Escorpião, a 600 anos-luz da Terra, e outra chamada HD 97048, localizada na constelação do Camaleão, a cerca de 500 anos-luz daqui — têm claros anéis concêntricos de poeira.

Ambas são muito jovens, mas uma delas, RX J1615, abusa da juventude, com idade estimada em “apenas” 1,8 milhão de anos. É uma ninharia, em termos astronômicos.

O terceiro disco, ao redor da estrela HD 135344 B, a 450 anos-luz daqui, apresenta braços espirais — forma mais comum nessas formações protoplanetárias — e a cavidade interna, somada aos braços, indica a presença de um ou mais protoplanetas ali, destinados a se tornar algo como o nosso gigante Júpiter!

Uma das coisas mais empolgantes desse disco em particular é que, em duas observações distintas com o Sphere, os pesquisadores notaram pequenas mudanças, revelando em tempo real o processo de formação planetária. É assim que, pouco a pouco, vamos destrancar todos os segredos de como nascem os planetas. E, com isso, estaremos em essência compreendendo de forma precisa como a nossa própria Terra deu as caras no Universo.

 

Acompanhe o Mensageiro Sideral no Facebook, no Twitter e no YouTube

Comentários

  1. Pela fé, alguns observam um agregado de gás e poeira é dizem ser o “nascimento” de uma estrela.
    Para outros, também pela fé, estes agregados é o nascimento de um Titã.
    Para mim, que sou cético a ambas crenças, agregado de gás e poeira é apenas o que a observação empírica demonstra: agregados de gás e poeira.
    😀

  2. Salvador,

    Há alguma idéia de quando na história do universo, os primeiros planetas começaram a nascer? Que idade tem a terra? E comparativamente que idade teria o planeta mais velho do universo?

    1. Bem cedo na história do Universo. Já vimos planetas em sistemas com mais de 11 bilhões de anos, dos 13,8 bilhões que o Universo tem. A Terra é relativamente nova, com 4,6 bilhões de anos.

      1. Quanto tempo levou para a Terra, desde sua formação, se tornar conveniente para o surgimento da vida?

        1. Não muito. Assim que parou a pancadaria cósmica, há uns 3,8 bilhões de anos, ela se mostrou habitável. Possivelmente até antes.

  3. Aos que duvidam da ciência do homem. Fica aqui uma pergunta: será que estaríamos aqui trocando idéias se todos pensassem como você?

    1. Nem haveria computador para trocar ideias… E a população mundial seriam excelentes um milhão de pessoas… só esses dois exemplos mostram o lado bom (telecomunicação) e o lado ruim (excesso de gente) da Ciência… 😉

  4. Atenção seus malditos crentes, formem fila, pois vim buscar vcs por estarem lendo essa matéria sobre a formação dos planetas em evidente heresia e desrespeito as leis do meu patrão, Deus.
    A kombi para o inferno parte em 20 minutos, tomem seus lugares.

  5. Alguem te disse sobre a existencia de um deus e vc acreditou…use um pouco desta massa de neuronios que esta dentro desta cabeça dura e pare de ser cega.

  6. Olá Salvador !

    Estamos lançando um jornal web com formato impresso, gostaria de pedir sua autorização para
    divulgar alguma coisa na página de ” Ciência e tecnologia” Previsão para lançamento
    dia 20 de novembro . Assim que for confirmado enviarei i link para você e toda sua nação nos prestigiar

    1. Eny, todo o conteúdo que eu publico aqui pertence à Folha por contrato. Infelizmente, não posso ceder os direitos sobre ele.

  7. Salvador, Há diferenças na qualidade das imagens.
    Oque diferencia tanto: – são as fases de formação?
    As distâncias, parecem não ser tão discrepantes(mas são diferenças!): 450; 500; 600 anos/luz.
    Neste caso, fizeram a diferença na obtenção das imagens?

    1. Os discos mesmo são diferentes entre si, em razão de sua massa e composição original, a presença de estrelas vizinhas etc. Isso por sua vez exige o uso de regulagens diferentes (tanto na coleta quanto no processamento) para a obtenção do melhor resultado científico.

      1. Salvador,

        Uma curiosidade: Por que a incidência deste formato discóide é tão comum no universo, especialmente para o nascimento de planeta. Muitas galáxias também tem esse formato…alguma razão física para tal?

  8. Sem palavra! maravilhozo e lindo só assitindo pra acreditar.
    muitas gente se preocupando com outras coisas inutes como dezavenças e guerras.

    1. Acho que nunca ninguém fez essa conta. Mas um número convencional para o número de estrelas que nascem por ano na Via Láctea está entre 7 e 10. Supondo que, na média, com cada estrela, nasçam, sei lá, 6 planetas. Teríamos 60 novos planetas por ano na galáxia.

  9. Salvador, excelente texto. Tenho uma dúvida: É possível q um buraco negro, causando a deformidade do espaço tempo, faça surgir um ambiente onde o tempo não passa, ou pelo menos seja muito lento? Caso nós vivêssemos lá, contaríamos q o tempo não passa lá dentro?

    1. Sim. Quanto mais próximo dele, mais devagar o tempo passa. E em alguns casos, na borda do horizonte dos eventos, o tempo pode parecer “congelado” para quem estiver lá. Uma demonstração desse efeito aparece no filme Interestelar.

    2. Com o tempo não passando, como nasceríamos, cresceríamos e engravidaríamos? É a passagem do tempo que nos permite passar por todas as fases da vida. Escrever aqui seria impossível sem a passagem do tempo, a primeira letra jamais apareceria, mesmo que eu pudesse tentar teclá-la.

  10. Quando aqui na Terra uma poeira é levantada ela vai acabar caindo pelo efeito da gravidade. Então qual a força de equilíbrio (talvez um campo magnético) para manter essas poeiras orbitando estrelas sem serem atraídas?

      1. Como assim? A matéria gira tão rápido a ponto de não ser “puxada” pela gravidade da estrela?

    1. Valmir, lembre-se que a Terra está caindo no Sol, sempre e sempre… Sua velocidade angular é que impede que sejamos torrados na sua superfície.

      Em termos de Universo, a Terra e o próprio Sol são grãos de poeira.

  11. Saudações, Salvador

    Uma grande curiosidade : O que determina o movimento (esquerda e ou direita) de rotação e translação em uma determinada “massa” estelar ?

    1. A formação, em linhas gerais. Aparentemente, na galáxia, não há um alinhamento preferencial do eixo de rotação. É aleatório.

  12. Não me dei ao trabalho de ler a matéria. Já basta o titulo para responder que os planetas nascem pelo poder de Deus Pai todo poderoso, criador de tudo, absolutamente tudo.
    Fiquem com Deus.

    1. mais é nescessario mostrar que estao todos errados, é oficio dos instruidos de DEUS, advertir orientar e ensinar e mostra o caminho.

    2. Não me dei ao trabalho de ler a matéria.

      Claro que não. É só mais uma analfabeta funcional crentelha evanjegue. Errou de blog, o da IURD é outro.

  13. pois, o propio DEUS tornou a ciencia dos homens em loucura, quanto mais eles procuram mais DEUS confunde suas visoes, tornando-as nulas, veem mais nao entende, ouçe mais nao compreendem, hoje eles afirma uma coisa daqui a 50 anos vam dizer que nao era o que pensavam ser, rsrsrsrsrsrsrs,

  14. quanta, eresia por mais que os homens inventem historias so aumentara, suas loucuras, nada mais, quanto mais eles inventam, mais DEUS ri deles.

    1. Próxima vez que te receitarem um antibiótico, não tome, apenas confie em deus que ele te guiará. Certeza.

  15. Salvador,

    Como está o CHARIS (Coronagraphic High Angular Resolution Imaging Spectrograph).
    Aumentará muito a capacidade de observação de discos protoplanetários?

    1. Charis tem o potencial similar ao do Sphere, e instalado no Subaru, pode ver o céu do hemisfério Norte.

  16. Salvador,
    Sou fã do seu blog e da astronomia! E com os vestibulares chegando (ja passando, na verdade), talvez fosse uma boa ideia fazer um post sobre: “Porque escolher a astronomia como curso?” (ou algo assim). Uma tentativa/esforço para atrair os jovens para essa profissão.
    Falar quais universidades oferecem o curso, sobre materias, mercado de trabalho, o presente/futuro da profissão e etc…
    Tudo no sentido de atrair mais jovens. Aumentar e elevar o nivel da comunidade brasileira de astronomia.
    Sei la… Talvez um texto seu (que são sempre excelentes e empolgantes) sobre o assunto, antes das inscrições dos vestibulares, faça a diferença sim!!

    1. É uma ideia! Agora, como você disse, já foi! Mas para o ano que vem, quem sabe? (I’m not going anywhere… rs)

      1. O Enem ainda não entrou no processo de escolha de curso (SISU), que só começa no meio de janeiro, é uma boa ideia incentivar cursos com foco na Ciência.

  17. Mestre Salvador meu cordial boa tarde.
    Este tema é fascinante ver o nascimento de planetas. Significa que estamos cada hora desenvolvendo mais nosso entendimento das dos astros. Há muito tempo já temos teoria bem solidificada sobre nascimento de estrelas, entretanto falta uma coisa mais ampla sobre galáxias. Tanto quanto sabemos, todas elas possuem estrelas de população Tipo II o que me causa estranheza pela homogeneidade. Assim, me ocorreu com estes protoplanetas. Coisas que eu gostaria de saber: Já conseguimos calcular quanto tempo demora até ele virar planeta de fato?
    Já sabemos calcular em que estágio ele está da linha de formação. Já vimos um planeta recém-formado? O lançamento do JWST vai melhorar nossa observação sobre isso? Obrigado pela coluna. Salva, vamos começar a filtrar baboseiras que aprecem por aqui. Talvez você pudesse abrir dois tipos de comentários. Uma opção seria sobre o assunto. A outra seria fora do assunto. O idiota que fosse escrever zoeira deveria clicar no fora do assunto,ou ainda, talvez uma classificação interna desviasse automaticamente o post para fora do assunto. Nossa vida ia mudar. Todos os dias o sol nasceria sorrindo.

  18. Grande Salvador!

    O tema da super lua é interessante. Estou também interessado em comprar um telescópio. Algum modelo que voces poderiam indicar para observações da Lua, que seja bom e acessível?

      1. Edinaldo,

        Excelente site! Muitíssimo agradecido! Se alguém mais tiver alguma dica, é bem vinda!

    1. Pegue um telescópio refletor de abertura média, um Celestron de 100mm, 115mm, 120mm ou 150mm é uma boa pedida. Se quiser observar galáxias o ideal são de diâmetros maiores tipo de 150mm para cima, um 200mm fica de bom tamanho.

    2. Recentemente comprei um skywatcher de 70mm para iniciar a brincadeira (paguei cerca de R$400,00). Comprei pelo site armazem do telescópio. E recebi sem problemas.
      Por enquanto estou gostando muito da brincadeira e já estou pensando em investidor em equipamentos melhores.
      Este de 70mm me possibilita enxergar todos os planetas (Urano e Netuno é complexo de achar pois não são visíveis a olho nu), estrelas duplas e até mesmo ver braços de espirais de algumas galáxias (também é difícil de mirar pois não são necessariamente visíveis a olho nu).
      Dado o tamanho pequeno, não é possível ver muitos detalhes de planetas (não dá pra distinguir o red spot de Júpiter e os anéis de Saturno não ficam muito bem aquela Brastemp), porém dá pra ficar babando com detalhes da nossa Lua e é sempre muito divertido apontá-lo aleatoriamente na direção da via Láctea e se maravilhar com a quantidade de estrelas que aparecem.
      Boa diversão!

      1. Thiago, parece que o Armazém do Telescópio fechou, infelizmente. Eu estava de olho em umas peças deles, esses dias fui checar o preço é não abre mais o site.

        1. Poxa… como diria o glorioso Marinho: “Que M…!” Eu já tinha visto que eles estavam trabalhando somente por encomenda, sem estoque, agora lascou de vez.

  19. Assunto: “Astronomia”. Excelente.
    Fantástico a comunidade científica estar mais e mais unida para abrir as portas destes segredos.
    – Vamos falar, perguntar, discutir sobre “Astronomia”.
    Chega de: Religião, nibirutas, bate bocas, mimimimi, política, falta de educação, ranço…
    Parabéns, Salvador.
    Entrevista do Gleiser no Canal Livre, ótimo.

      1. Ôpa! Esse não sou eu. Nem, creio, Eu™ (hehehe… na “crise”, a gente faz piada).

        Ao tarado imbecil que fica clonando nicks: deixa de ser babaca. Cresça um pouco, panaca.

        Salva, realmente a coisa ficou complicada, pois vc pode ver que o cara mandou um comentário qualquer somente pra causar, pra mostrar que ele pode enganar o seu “filtro” antibabacas.

        Suspendo, por enquanto, minhas participações no blog. Volto depois com outro nick, quando esse palhaço já tiver desistido de ser tão… palhaço!

        Deve ser um daqueles babaquinhas com os quais trocamos farpas esses dias. Voto no panaca do Eufake. É bem ele. Devo ter postado algo que o “machucou”, tadinho.

        1. mc, tenho acompanhado a discussão e a “troca de farpas” dos outros artigos e voce e o Eu pegaram pesado. Isso voces tem que assumir. É no fundo uma lição, monstrando que ninguém aqui tem o direito de chacotear ninguém. Respeito é uma das coisas mais importantes do mundo, seja ele real ou virtual e vocês dois pisaram na bola também. O Eufake também não é flor que se cheire. Já vimos o conteúdo psicopático da figura. Agora por quê vocês dois foram o alvo? Voce mesmo admite que provavelmente disse algo que “machucou” o cidadão. Esse cara ai deve ser até hacker. Passem um antivirus nas suas máquinas, verifiquem se não tem algum “tag” invisível plantado ai no seu pc, de repente é um malware que o cara usa pra roubar informação, porque o cara roubou seu nick e seu email, e vai saber o que mais? Se fosse voces pensaria 10 vezes antes de atacar e chacotear mais alguém, seja em qual fórum for. Tudo isso é muito chato, e acho que mesmo voce mudando de nick e email, ainda corre risco de estar com seu pc infectado. Boa sorte.

          1. Acho improvável isso.

            Sim, Salva. Praticamente impossível. O que ocorre é um problema no sistema de comentários do blog, com a configuração dos cookies, que as vezes faz com que o usuário e o email de alguns apareçam preenchidos automaticamente no formulário da página. Muito provavelmente tem a ver com as últimas atualizações do Chrome, tanto que já não acontece há um tempo. Acontecia direto no e-farsas também.

            Eu não teria esse medo todo, não.

            Eu trabalho com isso. Pode ter certeza que vou dormir na pia, de tanta preocupação! Hahahahaha…. “Hacker”… HAHAHAHAH

        2. Ôpa, que história é essa de acusar alguém sem provas?

          Deixa de chororô, mimimi, seja homem. Assuma sua cagada.

          Alías mc fake, obrigado por dar um susto nesse trouxa.

          Assim ele e seu companheiro aprendem a não encher mais o saco de ninguém.

          Aproveita e formata o pc desses caras.

    1. Raf, desculpe-me fugir de sua sensata sugestão justamente no seu comentário, mas tive que responder ao psicopata que está clonando nicks e empesteando o blog do Salvador.

      Note que o cara faz isso apenas para causar, o que, além de lamentável, é covarde e doentio. E sobrecarrega o Salvador.

      Obrigado e desculpe.

      1. mc, estamos juntos, meu amigo. Com Salvador e os nossos amigos sérios.
        Mas os últimos Posts, ficaram impossíveis de manifestar. Passaram do limite.
        Minha sugestão é, não responder.
        Sei que é difícil, entendo o Eu™, tb não tenho paciência, mas está na hora de mudar, ignorar.
        Abraços a todos e contem comigo.

        1. Eu também acho que a seção de comentários chegou a um ponto dramático. Peço um retorno à civilidade do pessoal bacana, até para facilitar para a moderação. Esse recado é especialmente para o EuTM, que adora distribuir tabefes. Merecidos ou não, devíamos nos conter. Ficaria mais fácil para eu moderar abusos, como os que aconteceram recentemente, sem achar que estou privando alguém da liberdade de expressão.

          1. Salva, aceito a sugestão, e vou moderar. Vou me abster de chinelar religiosos, apedeutas, nibirutas e outros espécimes da fauna que aparece por aqui, até mesmo aqueles imbecis rasos que conhecemos tão bem.

            Nem mesmo vou responder ao Euzinho que me achincalhou ali embaixo. Não merece.

            BTW, não me preocupo com acesso à minha máquina; se alguém fez spoofing do meu email, como vc informou antes, deve ter sido por outro meio, talvez até na plataforma que vc usa para publicar o blog, que confesso não conhecer. Abandonei os SO mais sensíveis há algum tempo, depois que minha filha andou pegando uns virus no Windows©. Hoje rodo um Linux enxutinho que não me dá problema (e nem “pede” máquina nova).

      2. Quem fez, fez bem feito!

        Assim voce aprende a respeitar os outros leitores.

        Chamar as pessoas de lesmoso, voce acha que é legal?

        Voce acha que é um cara legal?

        Voce é um lixo.

        Vaza.

      3. Ehh agora que a porca torceu o rabo pro seu lado fica mansinho, pede até desculpa.

        Mas na hora de dar risada, e fazer comentários perniciosos contra as pessoas que não pensam como você, lá está o bonitão todo empolgado e risonho.

        Cara, sinceramente, vc aqui ou não, é irrelevante. Não acrescenta nada de bom mesmo para a discussão!

        Vaza!

      4. Ahh, ia esquecendo, o seu amiguinho cumpadi de ofensas mil, o tal de Eu™ também tá cagando nas calças de medo.

        Parou de postar. (Se eu fosse voces ficava com muito medo mesmo…)

        Que ótimo. Assim dois tontos param de ofender as pessoas que simplesmente discordam deles.

        Excelente para todos nós!

    1. 27,3 dias. Mas, somado com a translação da Terra, a distância entre duas luas cheias é de 29,5 dias.

  20. Excelente matéria mestre Salvador, no entanto ainda tenho dúvidas se os discos protoplanetários se formam apenas durante o processo de “nascimento” das estrelas ou se pode ocorrer também quando as estrelas se expandem e posteriormente voltam a encolher, deixando “anéis” para trás. Espero que você possa esclarecer minha dúvida. Obrigado.

    1. Essa é uma pergunta ainda sem resposta segura. Já vimos discos em torno de anãs brancas e discute-se a possibilidade de que eles formem planetas.

  21. Gostaria de saber, se estao buscando vida em marte, porque enviar somente equipamentos de geologia, e não equipamento para buscas biologicas!

  22. Bom dia Salvador!

    Se tiveres material e tempo, por favor discorra um pouco sobre porque as nuvens no nosso sistema solar não resultaram em mais planetas; seria porque os “pais” já estariam muito velhos para conseguirem gestar novos corpos. Obrigado pelas matérias emocionantes.

    1. Tetsuo, por tudo que sabemos, o Sistema Solar tem um bom número de planetas. Claro que há um viés de observação, mas não vimos muitos sistemas com mais planetas até agora.

Comments are closed.