A Terra que não deveria existir

Astrônomos pela primeira vez conseguiram determinar tanto a massa como o diâmetro de um planeta de porte similar ao da Terra fora do Sistema Solar. E o mais interessante de tudo: sua densidade é praticamente idêntica à do nosso planeta, indicando uma composição similar.

Concepção artística do planeta Kepler-78b, de composição similar à terrestre

O que faltou para ser um gêmeo da Terra foi uma órbita similar. Na verdade, o mundo Kepler-78b gira tão perto de sua estrela que, em tese, nem deveria existir.

O Mensageiro Sideral já o mencionou previamente, no momento em que sua descoberta havia sido anunciada pela equipe responsável pelo defunto satélite Kepler. Mas a técnica usada pela espaçonave para detectar planetas — que mede a redução de brilho da estrela causada pela passagem de mundos circundantes à frente dela — só permite estimar o diâmetro deles.

Agora, dois grupos independentes obtiveram estimativas da massa. Andrew Howard, da Universidade do Havaí em Manoa, e sua equipe usaram o Hires, espectrógrafo instalado no Observatório Keck. Já Francesco Pepe, da Universidade de Genebra, e seus colegas usaram o recém-instalado Harps-N, uma réplica do Harps que está instalado em La Silla, no Chile, voltada para o céu do hemisfério Norte.

Esses instrumentos permitem medir o puxão que o planeta provoca em sua estrela pela ação gravitacional, o que dá a possibilidade de estimar a massa. O primeiro grupo estimou a massa em 1,69 vez a da Terra. O segundo, em 1,86 vez. Os dois números são suficientemente próximos para que um sirva como confirmação de outro. Ambos foram publicados em artigos separados que saem na edição da amanhã do periódico científico “Nature”.

DENSIDADE GÊMEA

Ao dividir massa sobre volume, os cientistas obtêm a densidade. Como já sabiam o diâmetro (1,2 vez o da Terra) e agora obtiveram a massa, puderam calculá-la. O primeiro grupo chegou a 5,3 gramas por centímetro cúbico. O segundo, 5,57 gramas por centímetro cúbico. A densidade da Terra é de 5,52 gramas por centímetro cúbico.

Moral da história: temos aqui um planeta muito similar ao nosso, rochoso e com um núcleo predominantemente composto por ferro, orbitando uma estrela muito similar ao Sol — Kepler-78 é uma anã amarela, tipo G.

O que nos deixa apenas com o gosto amargo da órbita curta. Kepler-78b completa um ano em apenas 8h30. Para que se tenha uma ideia do que isso significa, durante o dia, sua estrela ocupa metade do céu, do horizonte até o zênite. E o calor acachapante inviabiliza a presença de vida.

Aliás, a órbita é tão curta que os astrônomos nem sabem explicar como o planeta pode ter ido parar lá. E estimam que ele não vá durar para sempre. As forças de maré produzidas pela estrela continuarão a encurtar sua órbita e a estressá-lo fisicamente, até que ele seja engolido pela estrela.  Os especialistas estimam que isso vá levar uns 3 bilhões de anos. A Terra, para efeito de comparação, tem 4,7 bilhões de anos de idade.

Kepler-78 fica a 400 anos-luz da Terra, na constelação de Cisne, e apesar de ser um planeta infernal traz boas notícias consigo: planetas com o mesmo perfil de composição da Terra devem ser bem comuns no Universo. O que anima os pesquisadores a buscar mundos similares em órbitas mais largas, que permitissem temperaturas amigáveis à vida.

Eu não duvidaria se até o final da década tivéssemos um punhado desses candidatos prontos para ter sua atmosfera sondada pelo Telescópio Espacial James Webb, o sucessor do Hubble, que deve ser lançado em 2018.

O melhor ainda está por vir!

Acompanhe o Mensageiro Sideral no Facebook

Comentários

  1. A expressão “…temperaturas amigáveis à vida…” diz bem da condicionante preestabelecida: para q abrigue vida, o planeta tem de ser “terrestre como a Terra é”. O argumento é autocentrado, autorreferenciado e outros “autos”, sempre tomando “a vida como ela é” em nosso planeta.

  2. Não entendo porque existe essa briga entre religião e ciência, nunca vi algo escrito na bíblia que vai contra a ciência e nunca vi a ciência comprovar que a bíblia está errada.
    Acho perfeitamente possível ser religioso e cientista como Lemaître.

    1. É verdade, e graças a muitos cientistas cristãos de ontem e hoje, que o mundo está bem melhor… haveria uma lista enorme.

      E a própria Bíblia profetizou que a ciência se multiplicaria – “…muitos correrão de uma parte para outra, e a ciência se multiplicará.” Dn 12:4.

      Além de vários eventos bíblicos terem confirmação cientifica, histórica e arqueológica.

    2. Não existe briga nenhuma, o problema está em pessoas que não respeitam os espaços, aqui é lugar de conhecimento empírico, no entanto existem pessoas que por dúvidas internas talvez(com certeza) sentem a necessidade de invadir outros espaços pra praticar autoafirmação, as pessoas que vem a esse blog estão interessadas em cosmologia, astronomia e outros conhecimentos interligados, não em obscurantismos, então um conselho aos religiosos: atentem a comentar sobre o assunto em questão e deixem suas pregações para os templos ou a outros espaços desejados a isso.

      Acho que religiosos podem sim se interessar pelos temos debatidos aqui, só haja metáforas pra tornar isso possível.;p

  3. Salvador, tudo bem? Cara, queria te pedir uma coisa. Será que você poderia escrever uns 7 posts por dia, no mínimo? Sim, você vai ter que ficar o dia inteiro pesquisando assuntos e escrevendo… Valeu!

    Brincadeira meu caro. Mas que seria bom, seria. Este blog realmente agrada muito. Parabéns.

    Abs

    1. Cara, nem brinca. A vontade é esta mesmo. Mas aí faltam horas no dia. De toda forma, é legal ver esse entusiasmo todo! Vamos combinar assim. Eu penso em posts o dia inteiro, mas vou escrever no máximo um por dia. Fechou? 🙂

  4. Salvador, uma dúvida sobre planetas “irmãos”, vamos supor que encontremos um planeta rochoso tipo super terra, com 2 vezes a massa da terra, na zona habitavel, o telescopio webb detecta uma atmosfera com oxigenio e nuvens… ok.. potencialmente propicio a vida.. mas e a questão da gravidade que o planeta tenha, com 2 vezes a massa, teriamos então uma aceleração de 2G, nós humanoides nem conseguiriamos andar direito…. seria esse um fator “colonizavel” a ser levado em conta?

    1. Leonardo, não seria 2G exatamente porque você tem que levar em conta o fato de que um planeta 2 massas terrestres provavelmente é um pouco maior também. E a gravidade diminui com o quadrado da distância para o centro do planeta. Então, um planeta com 2 vezes a massa da Terra pode ser muito bem ser tolerável — pelo menos para os humanos que estiverem em melhor forma… rs

  5. Salvador e os outros dois planetas que existem nesse sistema que estariam em zona habitável, tem algo de novo sobre eles, ei li a algum tempo atrás que um deles pode ser totalmente coberto por água, tam algo de novo?

    Outra dúvida, sem que vejo notícias sobre sistemas planetários, percebo que os mais próximos da estrela são rochosos e os mais distantes ou errantes(sem sistema planetário) são gasosos, isso é uma regra?

    P.s.:esse excesso de comentários “engraçados” vem depois que o UOL posta um feed do blog, aí eles vem em peso pra cá.

    1. Que eu saiba, não há outros mundos descobertos nesse sistema. Sobre os mais próximos serem rochosos, e os mais distantes gasosos, é o que se esperaria. Mas já vimos muitas maluquices lá fora, como os Hot Jupiters. Abraço!

      1. Obrigado Salvador!

        É eu fiz confusão com outras descobertas desse satélite.

        Eu espero que se um dia os cientistas conseguirem acha um planeta habitável, seja algo bem parecido com a Terra, de preferência um verão beeeem longo com praias e tudo mais, porque viver am algo como Europa não vai levar nossa espécie muito longe não.


  6. “[…] os ETs já seriam capazes de adivinhar a presença de vida em 50% dos planetas potencialmente habitáveis em nosso Sistema Solar.”

    Ops, não entendi. Outros planetas potencialmente habitáveis em nosso Sistema Solar? Fala mais um pouco…

    1. Estávamos imaginando o que os ETs veriam, estudando nosso Sistema Solar de longe. Provavelmente anunciariam no UOL de lá a descoberta de dois planetas habitáveis, Terra e Marte. 😉

  7. Prezados,

    Gosto muito de ler os comentários, pois acredito que sempre temos a aprender um com os outros, porem estou vendo muitas criticas e certa agressividade em alguns comentários! Alguns comentários sugerem erros de interpretação e outros uma falta de conhecimento sobre o assunto.

    “A Terra que não deveria existir”, simplesmente é um planeta muito semelhante ao nosso em tamanho, rochoso, com núcleo de ferro, densidade e massa! NÃO SUA ÓRBITA !!!
    Temos pelo menos 200 bilhões de estrela em nossa galáxia, e procurar planetas em estrelas semelhantes ao Sol em zonas habitáveis não quer dizer que os cientistas descartam formas de vida tal como conhecemos. Só estamos procurando em lugares ao qual entendemos ser mais propicio a vida, o que também não quer dizer que é só achar o planeta e já cravar a existência de vida. Vamos nos lembrar que Venus também é um planeta gêmeo da Terra e se encontra em uma zona habitável que vai até Marte, não tem vida (tal como conhecemos) no inferno escaldante que é Venus e provavelmente também não tem vida em Marte.
    Não é como achar uma pessoa da mesma cor, peso, altura, numero de calçado, se tem olhos claros ou escuros, são dimensões astronômicas!

    Pensem comigo:
    200 bilhões de estrelas – estatisticamente mais da metade tem pelo menos 1 planeta em sua órbita – Temos 1028 Exoplanetas confirmados – Agora façam as contas!

    Estamos indo bem, e com o Telescópio Espacial James Webb teremos muitas descobertas incríveis na próxima década!

    Abraxxx….

  8. Salvador.

    A astronomia vive também de hipóteses, então me sinto livre para fazer uma pergunta esquisita: Se algum astrônomo de outro planeta pra lá de 500 anos-luz da Terra conseguisse detectar a presença da Terra E de Marte aqui no nosso sistema solar, (considerando a mesma precisão que temos hoje daqui pra lá sobre massa, atmosfera, translação e tals), acha que ele classificaria como iguais – e excelentes, as chances de haver vida em ambos?

    Ou seja, estamos procurando por algo parecido com Marte ou até Venus por aí?

    1. Acredito que sim, Eduardo. Infelizmente vivemos de inferências muito rudimentares para definir a habitabilidade de mundos. Mas se os alienígenas tivessem só uma mera década em nossa frente em tecnologia astronômica, analisariam espectroscopicamente as atmosfera de Terra e Marte, verificando um excesso importante de oxigênio e vapor d’água aqui, e uma atmosfera sem-graça e tênue de dióxido de carbono no planeta vermelho. E aí não teriam dificuldade em separar o joio do trigo.

      Mas, mesmo sem levar em conta essa capacidade (que deve chegar para nós a partir do fim da década, com o Telescópio Espacial James Webb, pelo menos para planetas em volta de anãs vermelhas), só com um chute calibrado, os ETs já seriam capazes de adivinhar a presença de vida em 50% dos planetas potencialmente habitáveis em nosso Sistema Solar.

      A grande pergunta é: quão frequentemente planetas potencialmente habitáveis se tornam habitados. Uma estatística de 2 (levando em conta apenas o Sistema Solar) não responde muita coisa…

      Abraço!

  9. Salvador, não há como você moderar os comentários postados e publicar apenas os que são realmente relevantes? As pessoas têm postado absurdos piores a cada dia…

    1. Marcelo, não curto ficar censurando comentários, mesmo que sejam absurdos. Acho que todo mundo tem direito a manifestar opinião, e até palavrão eu tolero, se tiver contexto que justifique. O desafio é fazer os donos de comentários absurdos saírem daqui sabendo um pouquinho mais, e não despachá-los — o que seria mais fácil, mas menos gratificante. Não faz sentido o Mensageiro Sideral só pregar para convertidos… 😉


      1. Eu estava pensando nessas coisas qdo cheguei a este post. Realmente, deve ser f… ‘ouvir’ o baita amontoado de babaquices que aparecem no meio de alguns comentários lúcidos.

        Mas o ‘Savador’ (rs) é mei qui messiânico… A pregação (cruzes!) tem que ser mesmo para os ‘gentios’, pois pregar para os convertidos é muito fácil.

        E por falar pregação, tá ficando cada vez mais difícil encontrar esse pequenino Deus dos cristãos (dos filhos de Alá, menos ainda) com todas suas esquisitices e sua indiscutível violência (basta ler a bíblia!) – além da sua humana vaidade de querer sempre ser adorado – no meio de toda essa grandeza de milhões e bilhões de anos-luz.

        Fiat lux.

        1. Caro Elcio,
          “E por falar pregação, tá ficando cada vez mais difícil encontrar esse pequenino Deus dos cristãos (dos filhos de Alá, menos ainda) com todas suas esquisitices e sua indiscutível violência (basta ler a bíblia!)”

          Exatamente por isso a Bíblia é a poderosa Palavra de Deus, não escondendo nada os erros, falhas, pecados da natureza humana decaída.
          Se falasse só em coisas bonitinhas, certinhas e histórias de final feliz, seria um livro altamente tendencioso, duvidoso e adulterado. Mas justamente, esta singularidade já é evidência de sua veracidade.

          1. Singular mesmo, afinal estórias como: de uma mulher violenta tendo seu corpo partido em doze pedaços um pra cada tribo; crianças recebendo como castigo serem despedaçadas por ursos, mulheres autofecundas, profecias falando que desastres naturais antecessores em milhares de anos aqueles acontecimentos seriam o “prelúdio do fim”, realmente SINGULAR.

          2. Jonas,
            1. Obviamente a violência contra aquela mulher, mostra quão hediondo pode ser a maldade humana servindo para nossa advertência e aviso que a bíblia expõe.
            A tribo de Benjamim pagou um preço caro depois, por aquele ato.

            2. A questão das ursas, não eram “crianças”, as bíblias dizem rapazes ou rapazes pequenos o que é bem diferente, estavam cientes afrontando e debochando maldosamente de Deus na pessoa do profeta. Eram jovens maus comparaveis a gangues de rua hoje e a vida do profeta estava em perigo devido ao grupo numeroso. (alguns foram poupados).
            Se eles não temessem zombar abertamente de um honrado homem de Deus seriam uma ameaça p/toda nação.

            3. A descrição de inúmeros milagres na bíblia é notório.
            Certamente eventos sobrenaturais acontecem, apesar de raros. Por isso são denominados milagres. E como podemos saber que todas as menções sobre milagres são falsas? a não ser que soubermos que nunca ocorrem. Mas isso não podemos confirmar.

            Se são reais (muitas sem explicação pela medicina), logo seria tão difícil o sobrenatural no real? Por que ou quais provas que o materialismo terreno seria único?

            Leis naturais não são responsáveis pela origem de todos os eventos, assim como as leis da física em si mesmas não são responsáveis pela origem de um carro.
            Se um Deus criou o universo e cuida dele, não é irracional esperar que ele opere certos eventos especiais não-naturais.

            4. Ninguém sabe quando Cristo voltará, mas pelas profecias e sinais ocorrendo, o “tempo do fim” parece estar bem próximo!

          3. 1′ você cria ligações entre eventos, but ok.

            2′ está escrito nas bíblias que eu li a palavra “criança”,mas como hoje em dia cada um traduz como melhor lhe convém … Mesmo assim não dava pra deus só fazer uma abertura no chão pra espantar os rapazes (como você fala) com medo naum? Tudo tem que ser com sangue,morte e terror.

            3′ no aguardo da cura de um amputado no programa do Silas Malafaia…/objetividade

            4′ Em uma de suas cartas Paulo se empolgou, profetizou demais e deixou claro que não haverá a volta de “quem não foi”.

          4. Jonas,
            1. Foram cruéis e depois colheram o que plantaram. É uma lei!

            2. Deus não se deixa escarnecer e não dá sua Glória a ninguém. Se fossem poupados, seriam mais atrevidos depois, mesmo sabendo dos sinais e milagres dos profetas anteriores; pondo em risco várias pessoas tementes a Deus e a própria nação.

            3. Há casos de membros mirrados e até de ressurreições e paralíticos que já ouvi de pessoas idôneas que não ganhariam nada mentindo sobre isso. (paralítico eu conheço).

            Mas é uma questão complexa e pessoal, exclusiva da vontade de Deus que às vezes cura e às vezes não. Seu interesse é tratar, trabalhar com a pessoa muitas vezes e não SEMPRE curar.
            A fé em Jesus pode fazer grandes milagres em nossa vida, no dia a dia, não precisando ser sobrenaturais. Como este incrível caso de Nick Vujicic sem braços e sem pernas! mas serve a Jesus: http://www.youtube.com/watch?v=O-bPWzl0khY&feature=related
            ESTE SIM É UM VERDADEIRO MILAGRE!!

            4. ?? que passagem??

          5. 1* Eles seguiam ordens cruéis isso sim;

            2* É bem difícil mesmo amar os inimigos ainda que sejam crianças, mas ainda bem que deus MUDOU de idéia elas ganharam o bônus de entra no céu direto né! Graças a Deus;

            3* Vamos apresentar esses casos a comunidade científica? Se comprovados os milagres Jesus teria teria uma aceitação em massa, e ei estaria lá.

            4* Vá atrás! eu achei lendo a bíblia sozinho, ignore um pouco as interpretações do seu pastor e pense por conta própria.

            ps: sou a favor da leitura integral bíblia, o número de ateus triplicaria.

          6. 1. Seguiram sua próprias inclinações e desejos pessoais. Mas toda escolha tem um preço.

            2. Esses jovens ou adolescentes, pecaram conscientemente. Se deu tempo pra se arrependerem e ir pro céu, não sei. Só Deus sabe!

            3. Obviamente a mídia científica e geral não tem interesse nesses assuntos; pois amaram mais a glória dos homens que a Deus. Contudo, negar algo por desejo não faz desse algo inexistente.

            4. O ônus é seu meu caro! Quem fala precisa provar. Como não citaste, penso que já usas de desonestidade…

            Pela leitura da bíblia não só ateus, mas hindus, muçulmanos, budistas estão se convertendo!

      2. Salvador, por isso curto tanto seu blog!
        Tem conteúdo e liberdade de expressão, tudo bem que as vezes encontramos alguns exagerados mas é muito bom ter um ambiente assim.
        Obrigado!

  10. SALVADOR, BOM DIA!!!…Seu dia deve ser maravilhoso, de tanta risada que VC dá dessas respostas. É uma verdadeira terapia. A diversidade do pensamento humano é hilariante. Curto muito os comentários.

    1. Jorge, obrigado pela visita! Às vezes é engraçado, às vezes é enriquecedor, às vezes é enervante. Tem de tudo. 🙂

    1. Acho que não. Sou eu que aprovo tudo. Eles não devem ter entrado por falha do sistema.

  11. ESTE PLANETA NÃO SERÁ EXTINTO EM LUGAR ALGUM, MAIS EXISTE VIDA EM OUTROS PLANETAS E ISTO IMPLICA DIZER QUE ALGUNS SERES NÃO SÃO VISTOS POR TODOS DA HUMNIDADE TERRENA.

  12. Os cientistas estão de olho nas estrelas, o povo está de olho em uma vida
    melhor e feliz, os políticos estão de olho no nosso dinheiro e em mais poder, e poucos
    estão tentando parar de olhar e realmente agir.
    Temos que arrumar “nossa casa” primeiro, para depois explorarmos “nosso(?) jardim”!

  13. A questão não é encontrar gente decente noutros planetas. A QUESTÃO É COMO DAR FIM AOS INDECENTES DO LADO DE CÁ, NA TERRA! Esse é o problema mais imediato!

  14. \o/\o/\o/\o/\o/\o/\o/\o/\o/\o/\o/\o/\o/\o/\o/\o/Genki Dama por um blog de astronomia sem seção de comentários. Meus olhos doem.

  15. Eu fico impressionado como tem gente que tem a necessidade de afirmar suas convicções.

    Pros idiotas que falaram que esse planeta esta “sendo construído” pra ser um “segundo céu”, se o “fã clube de jesus” sabe ler, o que vai acontecer a esse astro é justamente o oposto.

  16. estes cientistas são fantásticos mesmo ,achar um planeta tão distante eu não acho nem meu celular

  17. Alguém aí comparou os ETs com os políticos brasileiros. Nada disso. Os ETs são seres decentes.

  18. Gente! a sonda viajou no tempo a tempo de nos mostrar que o planeta em questão é a própria terra sendo atraída direto para o sol.

  19. Me espanta a quantidade de comentários bisonhos atacando a ciência por parte desses pobres coitados que acreditam e deuses onipotentes e em “superherois” que ressuscitam mortos e curam cegos e aleijados. A inclusão digital no Brasil comprova que é a involução humana é possível. Espero que muito em breve, esses “radoradores de versos biblicos”, abandonem os computadores e celulares (criados pela ciência) e retornem as cavernas de onde não deveriam ter saído…

      1. E vc sabe quem foi?
        Tem certeza?
        Tem provas?
        Nada e por acaso. Abra sua mente reduzida, olhe ao seu redor. Vc ja se deu conta a quantos anos o planeta existe? Se nao fosse pela propria evulucao das especies, o planeta tinha apenas algumas horas de vida e tudo o que se ve e tudo o que sabe, teria aparecido instantaneamente, do nada, tudo prontinho pra um otario como vc desfrutar!

        1. JB,
          Nunca foi provado empiricamente que uma espécie evoluiu para outra diferente com evidente mudança morfológica – macroevolução vertical. No máximo que há, são adaptações restritas à mesma espécie, gênero, família.

        1. Jonas,
          Vc se refere à estrutura literária do Gênesis e do relato da Criação?
          Ademais, a bíblia não segue uma ordem cronológica rígida e precisa de seus eventos; algo comum em seus livros.
          Contudo em Gn 1:1 todos os astros já estavam criados.

          1. Primeiro dia:…
            Segundo dia:…
            Terceiro dia:…
            Quarto dia:…
            Quinto dia:…
            Sexto dia:…
            Sarturday:… ZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZzzzzzzzzzzzzz

          2. Jonas,
            Entendi sua posição. Mas veja:

            “E disse Deus: Haja luminares na expansão dos céus, PARA haver separação entre o dia e a noite; e sejam eles PARA sinais e PARA tempos determinados e PARA dias e anos. E sejam PARA luminares na expansão dos céus, PARA iluminar a terra; e assim foi. E fez Deus os dois grandes luminares: o luminar maior PARA governar o dia, e o luminar menor PARA governar a noite; e fez as estrelas. E Deus os pôs na expansão dos céus PARA iluminar a terra, E PARA governar o dia e a noite, e PARA fazer separação entre a luz e as trevas; e viu Deus que era bom.” Gn 1:14-18.

            A citação “PARA” não indica criação; e sim localização geográfica espacial final dos astros e finalidades específicas.

            Foram colocados em seus lugares designados como mostra o verso; para funcionar como indicadores de tempo: sinais, estações, dias, anos determinados e mais funções de: alumiar, governar.

          3. Cícero a palavra “haja” no começo tem sentido de ação na língua portuguesa ela é quase sempre antecedida por “que”, isso conota a uma ação(fazer,construir),note aliás outro probleminha aí, o luminar feito pra noite as vezes parece “pifar” já que nem sem “ele acende”, mas eu sei que essa interpretação a que você está recorrendo é a mesma que foi divulgada a poucos dias por uma cientista holandesa, em mais uma tentativa de “ressuscitar” o moribundo cristianismo nas Europa desenvolvida e combater a o aumento nos outros países( principalmente no continente americano).

            Eu poderia ficar aqui colocando “n” motivos pra você refutando os argumentos bíblicos para a existência, mas eu sei que por mais que se fale, mas sei que fé é uma profunda necessidade de acreditar, muito mais do que aceitar os fatos como eles são.

          4. Pra fazer sentido o que você fala, o verbo haver teria que estar no passado “havia”, você se apegou a palavra errada pra justificar mais um furo bíblico, sim, por que a bíblia tem tantos outros que nem vale a pena continuarmos esse debate.

            Té mais e bom sorte com sua saga pra fazer coesa a incoerência.

            ps.: Você ressaltou tanto essa palavra “PARA”, que agora tá martelando na minha cabeça um “música”diabólica de uma certa “cantora”, SAI DA MINHA CABEÇA SATANÁS! rsrs.

          5. Jonas,
            “No princípio criou Deus oS céuS e a terra.” Gn 1:1

            Criou – passado já estavam formados com todos os elementos.

            Na verdade é uma introdução, um prefácio do capítulo explicando o significado de Gênesis, como é comum nos livros. Segue-se então a descrição da criação; com suas características. Ali diz inclusive oS céuS; incluindo todo o cosmos universal e seus astros.

            “E disse Deus:…”
            Disse – passado.

            O 4º dia simplesmente os posicionou e deu funções, finalidades aos astros.
            Certamente esses astros já existiam tendo aparecido ou se feito visível (com a dissipação da poeira cósmica) no 4º dia.

          6. Nada disso, “céus” se refere ao azul, nada de astros, está muito claro.

            Ele disse: haja luminares …

            Ele disse: existam luminares …

            Jesus era um mágico poderoso fazia as coisas só falando….”tudo foi feito pela palavra”… Lembra dessa frase né?!

            Mesmo assim um dos luminares foi feito com defeito, não acende sempre ;p

          7. Se fosse apenas nosso céu azul, haveria referência a céu no singular, ou nuvens ou azul ou abóboda celeste juntamente.
            Gn 1:8 diz: firmamento CéuS e não céu (que seria nosso céu azul atmosférico). CéuS é todo o universo.
            “Haja luminares no firmamento doS céuS para…” – indicando a posição correta e depois as funções.

            Ora, a Lua é perceptível mesmo com nuvens, e nem todos os lugares ao mesmo tempo teriam nuvens para encobri-la.
            A função de “governar” como citado inteligentemente na Bíblia é atributo da Lua para equilibrar a órbita da Terra, senão nosso planeta tomaria outra órbita e seria nosso fim!

  20. Maravilhosa descoberta. Com certeza com a tecnologia cada vez mais aprimorada vamos encontrar um ou mais planetas semelhantes ao nosso.

  21. Que pena que os cientistas ainda duvidam das muitas moradas além do infinito.É muita pretensão achar que só existe nós neste mundo de meu Deus.

      1. Kd o link onde tu fala sobre esse suposto planeja gigante que estaria entrando no SS?

          1. Alguma relação entre Nibiru com Tique (ouvi falar desse no episódio de Nemesis da Série “O Universo”, que passa do History Channel) ?

          2. Nenhuma. Um é pseudociência. O outro é uma hipótese científica ainda sem nenhuma confirmação.

  22. Não sei porque todos os astrônomos acham que só pode haver vida onde houver água, temperatura amena, ar com oxigênio, nitrogênio e demais gases em proporções similares às da Terra. Por que não acreditar que pode haver vida em outras condições físico-químicas?

  23. Vão descobrir quem é que manda depois que fizerem contato com os alienígenas.
    Dizem que o Lula dá palestra pra eles, preço justo e com buchada de bode por conta.

  24. o númeor de coincidencias para que surgisse a vida na Terra: 2 milhoes. Se faltar apenas uma, não ha vida. Mas voce lê e fica com a sensação de que o planeta em questao é semelhante ao nosso. Erro crasso.

  25. A vida está por toda parte no universo, só não somos capazes, ainda, de compeende-la em toda sua essência.

  26. Ilusão! a Terra é um planeta ímpar no universo. Tem todos os indícios que foi projetada para abrigar vida a despeito dos que dizem os proponentes da evolução. Pelo menos o grande Carl Sagan, ele mesmo um ferrenho evolucionista, mas que eu admiro pela sua honestidade intelectual, não desprezou essa possibilidade quando disse em seu livro Cosmos: “As evidências fósseis podem ser consistentes com a idéia de um Grande Projetista.” Cosmos, de Carl Sagan, p. 29.

    1. Concordo.
      Existem mais de 100 constantes físicas que não poderiam se formar aos poucos, proporcionando uma fina sintonia e harmonia no universo e nosso sistema solar.

      E ainda só a Terra possui metais pesados, campo magnético, e vida abundante ao contrário de seus vizinhos, o que torna nosso planeta muito peculiar e especial.

      1. Gente mas vida na Terra já sofreu vários “resets”, e nós so estamos aqui por causa disso, fora que o sistema solar não é tão perfeitinho assim não hein! O vida tá aqui a bilhões de anos, mas é certo que ela não vai chegar mais nem meio bilhão de existência, procurem se informar, é difícil aceitar, mas tudo indica que foi pura “coincidência” a vida na terra,e os mamíferos tiveram sorte, pelo menos é o que se sabe até agora.

        1. Jonas,
          Essa “pura coincidência” exigiria muito mais que isso;… e sim uma fé descomunal e formidável, notadamente dos crentes ateus darwinistas que acreditam nesta mágica bizarra:

          NADA criando EXPLOSÃO e depois matéria, energia, espaço, tempo, a SORTE e ACASO criando-se a si mesmos e os finos mecanismos antrópicos universais, ACASO criando informação, ordem e direção. E depois SORTE e ACASO gerando LAMA inorgânica em ambiente estéril e hostil criam a VIDA-DNA!! com mais ACASO E SORTE virando amebas e estas em milhões de anos, virando girafas, cavalos e GENTE!!…
          tudo regido pelas forças cegas do ACASO e SORTE, sem direção, sem intenção, sem ordem, sem inteligência…HAJA FÉ!! 🙂

          1. Coincidência não exige nada colega rsrs, só acontece,o problema é que o ser humano “se acha demais” pra deixar de existir, nisso eu concordo com o Chico Anísio quando ele disse que “… Não tinha medo de morrer, só achava um desperdício…”, e quanto ao fato de até sermos os “únicos, exclusividade do planeta Terra para o universo”, vamos aguardar cenas do próximo capítulo…

          2. Colega,
            O nada, coincidência, acaso, sorte, caos são entidades inexistentes; e elas não tem poder criativo de gerar e organizar coisa alguma.
            Pergunto: qual a origem do hidrogênio e todos os outros elementos? vieram do inexistente deus nada-acaso?

            O descobridor da radiação pós-explosão (big-bang), o astrônomo Robert Wilson ganhador do Nobel disse:
            “Certamente houve alguma coisa que fez tudo funcionar. Se você é religioso, é certo que não posso pensar numa teoria melhor da origem do Universo do que aquela relatada no Gênesis”!

          3. “… Se você é religioso…” /preciso interpretar isso pra você?

            De fato não sabemos tudo, mas tudo que sabemos é o suficiente pra refutar todo o obscurantismo de que se tem notícia, seria interessante se a bíblia citasse desse uma pista “de onde vem o hidrogênio”, mas se já foi difícil a “classificação do animais” imagina buscar a origem de um elemento.

  27. “Se não houver vida lá fora, seria um grande desperdício de espaço”, Carl Sagan. A descoberta de outros mundos corresponde apenas aos primeiros passos de uma longa jornada na direção do encontro com outras espécies cósmicas. A questão agora é saber se a elas — ou a algumas delas, pelo menos — também ocorre de querer encontrar seus semelhantes. Estaríamos em sua mira?

  28. Se o Hubble, com 2.4 metros de diâmetro, faz o que faz, o James Webb, com 6 metros de diâmetro, e cobrindo mais da banda do infravermelho, e com instrumentos muito mais refinados (os microshutters são fantásticos) é de arrepiar ! Posso dizer que é uma das façanhas que mais anseio na vida, poder viver até o lançamento, e as primeiras fotos do Webb. E o Mensageri, é claro, está mais uma vez de parabéns.

Comments are closed.